Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311814
Type: TESE
Title: Utilização de um sistema de informações geográficas (SIG) na organização de ações em programas de saúde da família
Title Alternative: The use of a geographic information system (GIS) in the organization of measures in family health programs
Author: Fonseca, José Eduardo da
Advisor: Lourenço, Roberto Wagner
Abstract: Resumo:As técnicas de geoprocessamento vêm sendo utilizadas cada vez mais no planejamento, monitoramento e avaliação das ações de saúde, além de contribuir como uma ferramenta para análise das relações entre o ambiente e eventos relacionados à saúde. No campo da Epidemiologia, o geoprocessamento tem sido utilizado na análise, na avaliação da situação de saúde de populações e na identificação de áreas e grupos sob alto risco de adoecer. Entre os sistemas que se utilizam das técnicas de geoprocessamento, atualmente tem se observado um acelerado desenvolvimento dos denominados Sistemas de Informações Geográficas (SIG), que permitem a captura, o armazenamento, a manipulação e a análise de dados referenciados geograficamente. Na área da saúde, diversos bancos de dados passaram a ser estruturados de forma a permitir acesso e análise através do georreferenciamento. Os resultados advindos de estudos relacionados ao georreferenciamento podem contribuir para a construção de um "modelo de análise" da saúde, utilizando o espaço como referência, apresentando dessa forma um modelo que tem um maior potencial explicativo, por expressar diferentes acessos aos bens e serviços de infra-estrutura urbana. O Programa de Saúde da Família (PSF), enquanto estratégia para reorganizar a Atenção Básica, prioriza as ações de proteção e promoção à saúde dos indivíduos e da família, exigindo dos profissionais de saúde a incorporação de novas tecnologias para identificar os problemas e as situações de risco aos quais a população atendida está exposta. Para que essa prática se concretize, é necessário conhecer a família, a comunidade e o território que a equipe do PSF atende. O objetivo principal deste trabalho é a aplicação de uma metodologia que permita a integração de dados requeridos pelo PSF, com informações espaço - territoriais para identificação e mapeamento de áreas e populações de risco, para planejamento e atuação mais direta dos serviços de saúde. Os resultados obtidos demonstram que a utilização de um Sistema de Informações Geográficas pode contribuir para a construção de um "modelo de vigilância", que possa dar subsídios para propor e planejar ações de intervenção e monitoramento mais seletivo, com base em uma metodologia científica, buscando fatores de risco ou proteção não disponibilizados nos sistemas de informações de rotina, voltados para a saúde

Abstract: The geoprocessment techniques have been widely used in the planning, monitoring and assessment of health actions, besides of contributing as a tool for the analysis of the relations between the environment and the events related to health. In the fields of Epidemiology, the geoprocessment has been used in the analysis, in the assessment of the health condition of the populations and in the identification of areas and groups of high risks to become ill. Among the systems that use the techniques of geoprocessment, it has been observed a fast development in the Geographic Information System (GIS), that allows the capture, storage, manipulation and analysis of data geographically related. In the health field many data base have been estructured to allow the acess and analysis through the geoprocessment. The results from the studies related to the geoprocessment can contribute to a health "analysis model" using the space as a reference, creating therefore a model with a greater potencial, able to convey different access to public wealth and services. O Family Health Program (FHP) as an strategy to reorganize the Primary Attention, focus on the actions of protection and promotion of the individuals' health, demanding from the health professionals na upgrade in new technologies to identify the health problems and the situations of risk in which the target population is exposed. It is necessary to know the family in order to achieve this practice, a community and the territory that the PSF reaches. The main objective of this research is the application of a methodology that allows na integration of data required by the PSF that brings information about terrestrial distribution for the identification and to map the areas and populations of risk, in order to plan and focus on public health service. The final outcome showed that the use GIS can contribute in the creation of a "surveillance model" that can provide subsidize and plan interventions and monitoring with a more selective based on a scientific methodology searching for risky factors or protection not available in routine Information systems focused on public health
Subject: Atenção basica á saude
Sistemas de informação geográfica
Estratégia Saúde da Família
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fonseca_JoseEduardoda_D.pdf3.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.