Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311807
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.identifier(Broch.)pt_BR
dc.descriptionOrientadores: Roberto Benedito de Paiva e Silva, Maria Ines Rubo Nobrept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicaspt_BR
dc.format.extent93f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃOpt_BR
dc.titleDiagnostico de baixa visão em crianças : sentimentos e representação de mãespt_BR
dc.title.alternativeDiagnosis of low vision in children : feelings and representation of motherspt_BR
dc.contributor.authorFigueiredo, Mirela de Oliveirapt_BR
dc.contributor.advisorPaiva e Silva, Roberto Benedito de, 1954-pt_BR
dc.contributor.advisorSilva, Roberto Benedito de Paiva ept_BR
dc.contributor.coadvisorGomes, Maria Inês Rubo de Souza Nobre, 1960-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescentept_BR
dc.subjectCrianças com deficiencia visualpt_BR
dc.subjectComportamento maternopt_BR
dc.subject.otherlanguageChildren visual deficiencyen
dc.subject.otherlanguageMaternal Behavioren
dc.description.abstractResumo: A forma como a família representa a deficiência visual pode influenciar na sua adaptação ao diagnóstico de baixa visão do filho. Desta forma, objetivou-se estudar a relação entre a representação que as mães têm a respeito da baixa visão e a vivência que tiveram perante o diagnóstico. Para isso, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 11 mães de crianças com baixa visão atendidas pelo Setor de Estimulação Visual do Serviço de Visão Subnormal Infantil (SVSNI) do Ambulatório de Oftalmologia do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O estudo caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa, tendo como referencial teórico a representação social. Para a análise dos dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo, na qual se estabeleceram três categorias temáticas: vivência do diagnóstico, estimulação visual, representação da baixa visão: a busca pela cura e expectativas quanto ao futuro. Na discussão dos dados ficou evidenciado o medo das mães de que o filho fique cego e a não compreensão clara do que é a baixa visão, interpretando o diagnóstico médico de acordo com a sua subjetividade. Constatou-se também, que existe uma relação entre como a mãe representa a baixa visão/cegueira e como consegue vivenciar o diagnóstico do filho. A maioria das mães tem uma representação negativa e não aceitam a deficiência visual do filho e três mães demonstraram ter uma representação positiva, mesmo admitindo as dificuldades inerentes à baixa visão. Percebe-se que é a representação positiva que contribui para a adaptação da mãe à realidade do filho com baixa visão. Cabe ressaltar, a importância da maneira como o diagnóstico é transmitido para as famílias, sendo necessário que o médico leve em consideração as condições culturais, econômicas e emocionais dos pais, pois, na maioria das vezes, tais situações podem impedir a compreensão clara do diagnóstico e criação de expectativas reais em relação ao futuro do filhopt
dc.description.abstractAbstract: The way in which the family members face the visual deficiency may influence on their adaptation to the child¿s diagnosis of low vision. Thus, the objective of this paper was to study the relation between the mothers¿ attitude about low vision and their experience before the diagnosis. Therefore, semi-structured interviews were conducted with eleven mothers of low vision children received at the Visual Stimulation of Low Vision Service of State University of Campinas Teaching Hospital. This study was characterized as a qualitative research, having the social performance as a theoretical reference. The content analysis technique was used for data analysis, establishing three thematic categories: diagnosis experience, visual stimulation, low-vision performance ¿ the search for the cure and future expectancy. During the data discussion, the mothers showed concern about the possibility of their children become blind, and it was evident that they did not have a clear comprehension about the meaning of low vision, interpreting the medical diagnosis in a subjective way. In addition, it was found that there is a relation between how the mother faces the low vision/ blindness and how she is able to accept her child¿s diagnosis. Most of the mothers reacted negatively and did not accept their children¿s visual deficiency, and three mothers reacted positively, even admitting the inherent difficulties related to low vision. It was observed that the mother¿s positive attitude contributes for adaptation to her low-vision child¿s reality. It is important to emphasize how the diagnosis should be transmitted to families, being necessary that the doctor considers the parents¿ cultural, emotional and economical conditions, which may avoid a clear comprehension of the diagnosis and a real expectancy regarding the child¿s futureen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.citationFIGUEIREDO, Mirela de Oliveira. Diagnostico de baixa visão em crianças: sentimentos e representação de mães. 2007. 93f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311807>. Acesso em: 10 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineSaude da Criança e do Adolescentept_BR
dc.description.degreenameMestre em Saude da Criança e do Adolescentept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameGuerra, Andrea Trevas Macielpt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameCarvalho, Fabio Bruno dept_BR
dc.date.defense2007-12-17T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-08-10T16:10:23Z-
dc.date.accessioned2018-08-10T16:10:23Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-10T16:10:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Figueiredo_MireladeOliveira_M.pdf: 891170 bytes, checksum: 2d16d8e148496b75b6dd82fbf5fdf8c5 (MD5) Previous issue date: 2007en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311807-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Figueiredo_MireladeOliveira_M.pdf870.28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.