Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311753
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Exposição ao ruido ocupacional e saude dos trabalhadores
Title Alternative: Occupational noise exposure and worker's health
Author: Dias, Adriano
Advisor: Cordeiro, Ricardo Carlos, 1957-
Cordeiro, Ricardo
Abstract: Resumo: O objetivo deste estudo foi verificar se a exposição ocupacional ao ruído é um fator de risco relevante para acidentes do trabalho. O resultado desta pesquisa foram três artigos científicos. O primeiro teve por objetivo promover uma revisão da literatura nacional de acesso eletrônico livre divulgada pelo SciELO Brasil desde o início de suas atividades até março de 2006, acerca da exposição ocupacional ao ruído e de seus efeitos sobre a saúde dos trabalhadores. Dos 50 artigos obtidos na revisão apenas 19 deles tratavam do ruído de origem ocupacional como exposição possivelmente causadora de algum dano na saúde de trabalhadores, que foram analisados no tocante ao seu delineamento, objetivos e resultados. O segundo artigo resultou de um estudo caso-controle de base hospitalar, desenvolvido no município de Piracicaba, estado de São Paulo, Brasil, com 600 casos e 822 controles, todos trabalhadores, que estimou o risco de sofrer acidente do trabalho cerca de 2 vezes maior entre trabalhadores expostos ao ruído. O terceiro artigo estimou a fração de acidentes do trabalho atribuível à exposição ocupacional ao ruído, a partir do estudo caso-controle desenvolvido no segundo estudo. e nele obtiveram-se os odds ratio de acidentes do trabalho relacionando trabalhadores expostos ao ruído em três níveis, bem como da prevalência destas exposições. Com estes resultados estimou-se a fração atribuível como 0,3041 (IC95% = 0,2341-0,3676), o que equivale a dizer que mais de 30% dos acidentes do trabalho ocorridos nesta localidade são estatisticamente associados à exposição ocupacional ao ruído. Discute-se a causalidade desta relação e suas implicações para a prevenção dos acidentes do trabalho

Abstract: This study aimed at assessing whether occupational noise exposure is a significant risk factor for work-related accidents. The investigation yielded three scientific papers. The first consisted of a review of the national literature on the effects of occupational noise on the health of workers available for free-access at SciELO Brasil from its beginning through March/2006. Of the 50 articles obtained, only 19 reported exposure to occupational noise as a probable cause of health damage among workers, and were analyzed in terms of design, objective and results. The second paper resulted from a hospital-based case-control study conducted in the municipal district of Piracicaba, state of São Paulo-Brazil that included 600 cases and 822 controls (all workers). The risk of work-related accidents was found to be two-fold higher in workers exposed to noise. The third article reported the fraction of work-related accidents attributable to occupational noise exposure, based on the case-control study mentioned above. The odds ratio of work-related accidents was obtained by relating workers exposed to noise with three noise levels, and the prevalence of such exposures was determined. Thus, the attributable fraction was estimated to be 0,3041 (IC95% = 0,2341-0,3676), i.e., over 30% of the work-related accidents that occurred in the study area are statistically associated with occupational noise exposure. The causes of this relationship are discussed, as well as its implications in the prevention of work-relatedaccidents
Subject: Exposição ocupacional
Ruído Ocupacional
Acidente de trabalho
Riscos ocupacionais
Risco atribuivel
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_Adriano_D.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.