Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311716
Type: TESE
Title: Efeitos da hiperoxigenação hiperbarica na sepse por ligadura e punção cecal em ratos : aspectos microbiologicos, hematologicos e imunologicos
Author: Iazzetti, Paulo Eduardo, 1956-
Advisor: Terzi, Renato Gouseppe Giovanni, 1937-
Terzi, Renato Giuseppe Giovanni
Abstract: Resumo: Foi avaliado o efeito da hiperoxigenação hiperbárica (OHB) na sepse, utilizando-se o modelo de ligadura e punção cecal (LPC) em ratos. Realizaram-se estudos microbiológicos, hematológicos e dosagens plasmáticas dos seguintes mediadores: TNF, "Tumor Necrosis Factor", (imunoensaio tipo ELISA); nitrato e nitrito, catabólitos do óxido nítrico, (HPLC, "High Performance Liquid Cromatography") e corticosterona (radioimunoensaio), até doze horas de pós-operatório. Duas sessões (2 ATA, 120 min) efetuadas uma e seis horas após a cirurgia, permitiram uma diminuição significativa da taxa de mortalidade, de 75 % (LPC em ar ambiente) para 25 % (LPC tratado com OHB), em 24 horas. A OHB não alterou os tipos de bactérias identificadas em hemoculturas, nem a proporção de animais com culturas positivas. As bactérias mais freqüentes foram a Escherichia coli e Bacteroides sp. O número de animais com bacteremia positiva, a maioria doze horas pós-LPC, não se revelou um fator prognóstico consistente. Seis horas pós-LPC ocorreu considerável trombocitopenia e leucopenia, verificando-se redução nos neutrófilos e linfócitos circulantes, sem alterações nos monócitos, sugerindo um seqüestro de leucócitos específicos. Doze horas pós-LPC, houve recuperação significativa na contagem de neutrófilos no grupo exposto à OHB, apesar da maioria dos animais aprese~tarem-se bacterêmicos. O nível plasmático de TNF mostrou considerável variação individual, não havendo diferenças significativas entre os grupos, incluindo-se animais SHAM. A corticosterona apresentou-se elevaaa em todos os grupos, mantendo um ~lto e estável patamar entre seis e doze horas, com um valor de cinco vezes o normal, também sem diferenças expressivas entre os grupos. A sepse não justificou este aumento, uma vez que, animais SHAM também apresentaram doses elevadas do corticóide, indistinguíveis dos grupos sépticos. Houve um aumento do óxido nítrico plasmático em animais sépticos não tratados, o que não ocorreu naqueles expostos à OHB. Os resultados sugerem maior competência imunológica no grupo exposto à OHB, manifestada por menores níveis de mortalidade, seqüestro de neutrófilos e catabólitos do óxido nítrico, após doze horas de infecção. Como mecanismo protetor mais provável neste modelo, reforçaram-se as evidências de uma ação bacteriostática da OHB. Por outro lado, não foram verificados efeitos deletérios da OHB sobre os fatores analisados. Evidenciam-se a cinética dos neutrófilos e a dosagem de óxido nítrico sangüíneos como fatores importantes na fisiopatologia da sepse, neste modelo. A literatura recente destaca o papel da adesão e ativação de neutrófilos no desenvolvimento de disfunções de órgãos e, ainda, do óxido nítrico, na hipotensão refratária que determina o choque séptico. Embora este trabalho experimental não pretenda comprovar o uso da OHB em pacientes sépticos, seguramente é uma referência que permitirá novos estudos experimentais e clínicos, com o intuito de entender-se melhor a fisiopatologia da sepse e os mecanismos que definem o papel da OHB nesta grave patologia

Abstract: The effects of hyperbaric oxygen (HBO) were evaluated in a sepsis model, utilizating the cecalligation and puncture (CLP), in rats. Six and twelve hours post-CLP, microbiological and hematological studies were done and the levels of immunologic mediators were dosed in plasma: TNF - Tumor Necrosis Factor (ELISA assay), nitrite and nitrate - nitric oxide catabolites - (HPLC, High Performance Liquid Chromatography method) and corticosterone (radioimunnoassay method). Two HBO sessions (2 ATA, 120 min) initiated at one and six hours after surgery, decreased the mortality in 24 hours, from 75 % (CLP controls in air) to 25 % (CLP treated with HBO). The most common types of bacteria found in the blood were Escherichia co/i and Bacteroides sp. and with twelve hours the majority of animais had bacteremia, HBO did not change this bacterial pattem. The number of animais with positive bacteremia did not correlated with mortality and ,prognosis. Six hours folIowing CLP, an important reduction in platelets and leukopenia ocurred, in both groups, with a significant reduction in circulating neutrophils and limphocytes, but no monocyÍes, thus suggesting a differential sequestration. Twelve hours post-CLP, a considerable recovery was observed in neutrophil count in the OHB treatment group and the nitrite-nitrate levels do not change, altough the air control group had an important rise in nitrite-nitrate. Corticosterone remained high in ali groups, about five times ~he normal leveI. Low TNF and high corticosterone levels did not differ between groups, including SHAM groups. The results suggest a more efficient immunologic response in HBO treated rats, considering lower mortality rate, lower neutrophil sequestration and lower nitric oxide catabolytes levels. The most probable mechanism, responsible for this improved outcome, was the bacteriostatic HBO effect, alIowing a less severe bacterial dissemination. None detrimental or harrnful effects were observed in the HBO group, considering the analysed factors and outcome. The results emphasize the neutrophil kinetics and plasma nitric oxide catabolites as important indicators in the sepsis development. The recent literature highlights the neutrophil activation and adesion as major factors in the organs disfunction in sepsis, and the nitric oxide as a leading cause of hypotension and septic shock. Although this work do not intend to indicate HBO in the clinical setting, it is certanly a reference to alIow new clinical and experimental studies, in order to establish more detailed informations in the sepsis pathophysiology and the role of HBO in this condition
Subject: Infecção
Óxido nítrico
Corticosteroides
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Iazzetti_PauloEduardo_D.pdf6.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.