Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311703
Type: TESE
Title: Resultados hemodinamicos e eletrofisiologicos da correção cirurgica do aneurisma pos-infarto do ventriculo esquerdo
Author: Sgarbieri, Ricardo Nilsson
Advisor: Vieira, Reinaldo Wilson, 1941-
Abstract: Resumo: O aneurisma pós-infarto do ventrículo esquerdo é uma das mais sérias e mais freqüentes complicações após o infarto agudo do miocárdio. Sua presença influencia negativamente a sobrevida e a qualidade de vida dos pacientes com sintomas de angina do peito, insuficiência cardíaca e arritmias ventriculares. Desde a década de 50 a cirurgia tem sido uma opção terapêutica para o tratamento dos casos mais graves de aneurisma pós-infarto do ventrículo esquerdo. Os resultados apresentaram melhora ao longo dos anos porém somente na década de 80 com modificações conceituais na forma de correção cirúrgica desta doença é que os resultados realmente se tornaram satisfatórios, principalmente em relação à mortalidade hospitalar e melhora funcional. Poucos são os trabalhos com avaliação de parâmetros hemodinâmicos pós-operatórios para confirmar a melhora clínica observada. Por esta razão nos propusemos a estudar variáveis hemodinâmicas e eletrofisiológicas no período pós-operatório precoce (um mês) e tardio (um ano) de 206 pacientes submetidos a cirurgia para correção de aneurisma pós-infarto do ventrículo esquerdo. As variáveis hemodinâmicas revelaram melhora significativa dos indicadores de função sistólica do ventrículo esquerdo porém não mostraram modificação no índice cardíaco ou nas pressões de artéria pulmonar. Os resultados eletrofisiológicos mostraram eficácia do tratamento na prevenção de novas arritmias em cerca de 90% dos pacientes. Os resultados foram comparados com os existentes na literatura e demonstraram superioridade do conceito de reconstrução geométrica com exclusão septal empregada sobre a cirurgia de aneurismectomia convencional. No seguimento tardio houve, de modo geral, uma piora nas variáveis hemodinâmicas quando comparadas com as do pós-operatório precoce, mas o resultado final continuou mostrando melhora significativa em relação aos valores pré-operatórios. Os pacientes foram divididos .em três grupos de acordo com particularidades da técnica cirúrgica utilizada. Estes grupos tiveram suas variáveis hemodinâmicas e eletrofisiológicas comparadas entre si e mostraram uma melhora acentuada nos parâmetros eletrofisiológicos em todos os grupos. Nas variáveis hemodinâmicas teve melhor desempenho o grupo em que se utilizou um tecido inelástico na reconstrução ventricular. Procuramos ainda analisar variáveis clínicas e hemodinâmicas pré, intra ou pós-operatórias que pudessem influenciar o resultado cirúrgico. Neste contexto foi realizada uma análise estatística utilizando, um modelo de regressão logística univariada e multivariada para o resultado final "óbito" e "não melhora". A partir deste modelo encontramos a necessidade de assistência circulatória mecânica e a presença de insuficiência mitral pré-operatória como fatores de risco independentes para o "óbito" e que a presença de insuficiência mitral pósoperatória e volume diastólico final do ventrículo esquerdo no pré-operatório como tendo uma influência negativa na melhora pós-operatória

Abstract: Left ventricular aneurysm is one of the most frequent and most serious complications following acute myocardial infarction. When present it reduces long term survival and affects quality of life with symptoms related to angina, heart failure and arrythmias. Surgery has been a therapeutical option for the more severe cases of left ventricular aneurysm since the late 50's. The results have improved with time but only since the mid 80's, with conceptual modifications being introduced in the surgical correction of these lesions, have the best results been achieved, with low hospital mortality and good functional improvement. There are, however, few publications analysing hemodynamic variables for left ventricular function to substantiate the reports of clinical improvement. Therefore we decided to study hemodynamic and electrophysiologial modifications in the early postoperative (one month) and late postoperative (one year) period of 206 patients treated surgically for post-infarction left ventricular aneurysms. The hemodynamic variables of left ventricular function showed significant improvement with surgical treatment. H oweve r, cardiac index and pulmonary artery pressure.s remained unchanged. The electrophysiological data showed that surgical treatment was efficient in preventing ventricular arrythmias in 90% of the patients. Our -results compared favorably with those previously published, demonstrating that the concept of left ventricular reconstruction produces improved left ventricular function when compared to conventional aneurysmectomy. In the late postoperative period our hemodynamic data showed significant deterioration of ali parameters of left ventricular function when compared to the early postoperative period. H oweve r, they remained significantly improved in comparison to preoperative values. The study population was divided into three groups according to the surgical variant used for .Ieft ventricular reconstruction. Hemodynamic and electrophysiological data were analysed for each of the groups separately a,nd then the three groups were compared to each other. Electrophysiological data revealed similar and sígníficant improvement ín ali three groups. Hemodynamic data revealed a more significant improvement in the group where a Dacron@ path was used for left ventricular reconstruction. We also used logistic regresion analysis to look for preoperative, intraoperative or postoperative clínical or hemodynamic variables that could influence hospital mortality or long term left ventricular performance. We found that preoperative mitral valve insuficiency and the need for intra-aortic baloon pump for circulatory assistance were independent risk factors for mortality. Our model also showed that postoperatíve mitral valve insuficíency and largely increased preoperative left ventricular díastolic volume index were independent risk factors for poor long term left ventricular performance
Subject: Aneurisma
Coração - Ventriculo esquerdo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sgarbieri_RicardoNilsson_D.pdf3.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.