Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311699
Type: TESE
Title: Identificação de um metodo estatistico como instrumento da qualidade : tempo da presença do doente na sala de operação
Title Alternative: Identification of a statistical method of quality as a tool : patient in the presence of oeprating rooms
Author: Aranha, Guiomar Terezinha Carvalho
Advisor: Vieira, Reinaldo Wilson, 1941-
Abstract: Resumo: Introdução: A organização do trabalho científico através da lógica e experimentos, a estrutura do estabelecimento de pesquisa individual ou aos diferentes aspectos da vida da comunidade científica foram o eixo de mudanças na relação ciência e tecnologia. A Universidade, dentro deste contexto, se constitui em uma fonte de criação permanente, sistematização e difusão do conhecimento científico e tecnológico. A estatística como instrumento da qualidade se constitui em apoio às ações que visem à otimização dos recursos disponíveis e melhoria da prestação de serviços com qualidade. Objetivo: O estudo proposto, junto à especialidade de Cirurgia Cardíaca/Hospital de Clínicas/Unicamp tem como objetivo identificar um método estatístico que expresse o tempo da presença do doente na sala de operação e construir uma "matriz de relação" de otimização deste tempo, o tempo exato e real da operação. Método: O método de análise de sobrevivência aplicada utilizando o estimador não paramétrico de Kaplan-Meier, permite calcular as curvas de sobrevivência para os tempos em estudo, e com o resultado obtido criar uma "matriz de relação" da otimização do tempo da presença do doente na sala de operação por meio de dez hipóteses que auxiliam na escolha da nova operação, e melhor ocupação da sala. Este estudo tem como parâmetro de referência para o tempo de limpeza da sala de operação, o que a literatura estabelece em aproximadamente 30 minutos, além do tempo de cada tipo de procedimento cirúrgico. A amostra aleatória simples para estimar a curva de sobrevivência constitui-se de 71 pacientes, das operações eletivas de adultos da Cirurgia Cardíaca/Hospital de Clínicas/UNICAMP, durante o ano de 2008. Resultados: Nos resultados encontrados observou-se que os tempos que sobram das operações em média estão em um intervalo de 140 minutos a 200 minutos e excedem de 5 minutos a 90 minutos, para realização de novas operações. No geral, realizou-se em média diariamente uma operação dentro de 520 minutos, para um tempo disponível de 720 minutos. No ano de 2008 foram suspensas 39% das operações, sendo que 81% dos motivos foram "fatores hospitalares extrapacientes" e 19% "relativos ao paciente". Em suma com os resultados obtidos pela metodologia de análise de sobrevivência, metodologia tradicional, e metodologia de gestão da qualidade, é possível cruzar informações e construir passo a passo o conhecimento científico e tecnológico. Conclusão: (1) O tempo do doente na sala de operação é um tempo que tem nele incluso, o tempo de aprendizado pelo aluno, em um hospital escola, universitário. (2) Com o tempo máximo disponível de 720 minutos não é possível realizar outra operação, a não ser utilizando da "matriz de relação", sendo que o tempo máximo disponível varia entre 660 minutos e 690 minutos, considerando-se intervalo de limpeza da sala. (3) Ao otimizar o tempo do doente na sala de operação, através da "matriz de relação", mais doentes serão beneficiados, acarretando uma diminuição da fila de espera para novas operações, garantindo uma eficiente relação custo benefício. (4) A "matriz de relação" fornece dados que permitem visualizar, opinar e decidir qual é a melhor operação a ser realizada e se há tempo disponível para tal

Abstract: Introduction: The science and technology evolution were made by the scientific literature and the scientific methodological theory. The Academy with this background is the continuing source of sistematization and difusion of scientific acknowledge. Statistics as a tool for a quality control might support actions that may promote the available resources optimization and improvements on services with higher quality. Objective: The present study, carried out with the Cardiac Surgery Discipline at Hospital de Clínicas/Unicamp had the aim to identify the best statistical method for patient time at operation room by fitting and bulding up a model for predicted operation room time, and observed operation room time measurements. Method: The method of survival analysis performed using the nonparametric estimator of Kaplan-Meier allows to calculate the survival curves for time to study. Using this analysis was possible to build up a "relationship matrix" for operation room time optimization, predicted operation room time, and observed operation time by choosing ten different hypotheses which assisted for the next operation type to be performed increasing the operation room time availability. The "relationship matrix" took into account as parameters: time period for operation room disinfection that the consulted literature reports to be around 30 minutes; and surgery procedure type performed. This study included 71 patients underwent open-heart surgeries by Discipline of Cardiac Surgery at Hospital de Clinicas/Unicamp randomly sampled during 2008. Results: The remaining mean operation time after the first surgery in the day ranged from 140 to 200 minutes and the exceeding mean operation time after first surgery in the day ranged from 5 to 90 minutes. The average surgeries performed every day were one procedure spending 520 minutes within 720 minutes available for every day. In 2008, 39% of the procedures were postponed, such that 81% of those due to "hospital related" reasons and 19% to "patient related" reasons. In summary, the results showed above using Kaplan-Meier statistical method, traditional methodology, and managing of quality methodology it was possible to build up a scientific acknowledge. Conclusion: (1) The patient time at the operation room inclued a students learning time a school hospital. (2) With the maximum available time (i.e.720 minutes) it is not possible to perform another operation, nonetheless employing the "relationship matrix", with a maximum available time between 660 and 690 minutes, taking into account were inclued in this interval the disinfection room time. (3) By optimizing the patient time at operation room, more patients will be benefit shorting the wating list time for operations and increasing the cost/benefit ratio. (4) The "relationship matrix" gave data that provided valuable information for choosing next operation type based on remained time
Subject: Coração - Cirurgia
Análise de sobrevida
Controle de qualidade
Salas cirurgicas
Gerenciamento do tempo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aranha_GuiomarTerezinhaCarvalho_D.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.