Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311644
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação clinico-funcional de trabalhadores expostos ao asbesto na atividade de mineração
Author: Chou, Li Tsun Yin
Advisor: Bagatin, Ericson, 1947-
Abstract: Resumo: Objetivo: Sendo a formação de poeiras inerente ao processo extrativo de minérios, a exposição à poeira se torna o principal risco a saúde destes trabalhadores. A mineração tem como característica estar longe de grandes centros urbano e consequentemente possuir dificil acesso a exames de alta tecnologia. A proposta deste estudo é a avaliação clínico-funcional de populações expostas a poeiras e a influência do tabagismo. Método. Os 3772 trabalhadores da mina de Cana Brava, Minaçu, GO, Brasil foram submetidos a avaliação clínica (sintomas respiratórios, hábito tabágico), a avaliação ocupacional (índice de exposição acumulada ao asbesto) e a avaliação funcional (espirometria). Resultados. Os achados evidenciaram a associação significativa entre tosse, catarro, chiado e dispnéia com o distúrbio ventilatório obstrutivo nos três níveis de exposição. O distúrbio ventilatório obstrutivo apresenta associação significativa com o tabagismo e não com o nível de exposição. Diferente do distúrbio ventilatório inespecífico que se associa ao nível de exposição. Os trabalhadores com exposição alta e intermediária apresentam risco aumentado para sintomas respiratórios em relação a exposição baixa. O tabagismo tem uma influência importante nos sintomas respiratórios dos trabalhadores com índice de exposição acumulado intermediário e baixo. Conclusões. Embora o fumo esteja significativamente associado aos sintomas respiratórios e aos distúrbios ventilatórios na análise espirométrica, a participação do asbesto nos sintomas respiratórios foi também observada principalmente nos níveis mais elevados de exposição

Abstract: Objective: Given tOOt the production of dust is intrinsic to the extracting process in mining sites, exposure to dust has become a principal hea1ter risk to mine workers. Mining sites are characteristically situated at long distances ttom urban centers and consequently, access to health examinations using advanced technologies is difficult. This study proposes to value clinic function assessment of populations exposed to dust. Method: 3.772 mine workers ttom the mining site at Cana Brava, Minaçu, GO, Brasil, were submitted to a clinical examination (respiratory symptoms, smoking OObits), an occupational exposure to asbesto dust (index of accumulated exposure to asbestos), and a lung function examination (spirometry). Results: The correlation between respiratory symptoms (cough, phlegm, wheezing, dyspnea) and obstructive ventilatory impairment was observed to three leveI of exposure. The smoking was significantly associated with an increased risk of obstructive ventilatory impairment. The leveI of exposure was associated with increased risk for non specmc ventilatory impairment but has no association with obstructive ventilatory impairment. The workers with high and intermediate leveI of exposure to asbestos presented more complaints of respiratory symptoms than those with low exposure. The smoking has important intluence with respiratory symptoms in workers with intermediate and low index of accumulated exposure (IAE) to dust. Conclusion: Although the smoking has significant association with respiratory symptoms and ventilatory impairment, the asbestos intluence in respiratory symptoms also were observed mainly in the workers with high leveI of exposure
Subject: Pneumoconiose
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chou_LiTsunYin_M.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.