Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311447
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Algumas vivencias de mulheres com esterilidade primaria por obstrução tubariae informações recebidas sobre o risco das infecções do trato reprodutivo
Author: Bahamondes, Maria Yolanda Makuch
Advisor: Botega, Neury José, 1958-
Botega, Neury José
Abstract: Resumo: A esterilidade por obstrução tubária decorrente de infecções do trato reprodutivo (ITRs) é um problema mundial, sendo mais grave nos países em desenvolvimento. Entre as mulheres atendidas no Ambulatório de Reprodução Humana da Universidade Estadual de Campinas por esterilidade primária, durante os últimos dez anos, o fator causal de 42% delas foi obstrução tubária,decorrente provavelmente de uma infecção do trato reprodutivo. Um dos objetivos deste estudo foi descrever as vivências de mulheres estéreis e conhecer as informações que elas lembravam ter recebido dos médicos por ocasião de consultar por ITRs.As mulheres entrevistadas foram selecionadas entre as pacientes do Ambulatório seguindo os critérios de uma amostra proposital. Foi realizada uma entrevista em profundidade com 16 mulheres Com esterilidade primaria por fator tubário.o outro objetivo foi o de descrever a informação que os médicos referem que dão às mulheres que consultam por ITRs. Foi realizada uma entrevista semiestruturada com 15 médicos que trabalhavam em 15 postos da rede pública de Campinas, escolhidos por sorteio. A análise das entrevistas mostrou que as principais vivências das mulheres foram a surpresa, o sentir-se diferentes, a tristeza e a dor, a culpa, a perda e o luto e que isso afetou as relações com o parceiro e a família.A análise dos relatos das mulheres a respeito das consultas por ITRs mostrou que elas não lembravam ter recebido nenhuma informação sobre a forma de prevenção das mesmas. Também,elas não relacionavam os sintomas pelos quais tinham consultado com um diagnóstico de ITR, assim como, desconheciam os riscos das ITRs para o seu futuro reprodutivo. Quinze das 16 mulheres entrevistadas, não mencionaram que este risco fosse colocado quando consultaram por episódios de ITRs. Ao analisar as entrevistas com os médicos, encontrou-se que a informação que referiam dar às mulheres que consultam por ITRs parecem insuficientes,incompletas ou pouco claras. Em geral,referem-se aos tratamentos, aos cuidados de higiene e, em alguns casos, ao uso do condom ou à abstinência sexual, durante um espaço de tempo. Entretanto, a informação relativa à forma de transmissão e ao risco destas infecções para o futuro reprodutivo das mulheres é pouco mencionada e isto é feito de uma maneira pouco clara ou incompleta. As informações que as mulheres lembram ter recebido e as que Os médicos referem dar por ocasião de ITRs Não diferem substancialmente. Desta forma, como estas mulheres não tinham uma informação adequada ou completa, isso levou provavelmente a que não fosse possível implementar medidas de prevenção, com o objetivo de que talvez as ITRs não fossem repetitivas e de, eventualmente,diminui responsabilidade de uma esterilidade tubária e das vivências decorrentes dela

Abstract: Infertility due to tuba 1 obstruction,as a consequence of Reproductive tract infections(RTIs)is aworldwide problem, particularly in developing countries. Among the women consul ting because of primary infertility at the Human Reproduction Unit of the Universidade Esta~ual de Campinas, during the last ten years tubal obstruction was thf~ main etiological factor identified (42%), probably after a RTI. Two objectives 01 this study were to describe infertile women's grasp of their J.ife experience resulting from infertility and to learn about the .nformation theyremembered having redeived from the physician, wh::;n they consul ted because of a RTI. The women interviewed were selected from among clients af the Unit, following purposeful sanpling criteria. In-depth interviews were conducted with 16 women presenting with primary tubal infertility.A third objective was to describe the information physicians provide to women consulting for RTIs. A semi-structured interview was carried-out with 15 physicians working in 15 clinics of the public health network, in the city of Campinas, selected at random. The analysis of the women's interviews showed that their main experience had been surprise, a feeling of being different, sadness and pain, and loss and mourning. This affected their relationship with their partner and family. The women's statements, related to previous medical consul t:ations because of RTIs, showed that they did not remember receiving any information on preventive measures. ~ In addition, they did not: establish a link between the symptoms for which they sought care and a diagnosis of RTI, nor between their symptoms and RTI's impact on their reproductive future. Fifteen out of the 16 women in the study did not remember that this risk being mentioned when th?y consulted for RTIs. The analysis of thE interviews' with physicians showed that the information they decland giving to women that consulted for a RTI was insufficient, incoJplete andjor unclear. In general, they talked about treatment, personal hygiene care and in some cases about the use of cond:m andjor Texutal abstinence for a time.Nevertheless, the inforrltion provided on the transmission and the risk of these infectior~ for the women's reproductive future was not clearly mentioned ald the information was not complete. The information women remembered recei ving and that physicians referred giving at the time of assisting a patient with an RTI were similar. Because of the fact that these women did not have adequate or complete information, prevention strategies, aimed at avoiding repeated RTIs, and ultimately minimimizing risk of tubal infertili ty and adverse vi vencias associated wi th this type af infertility, were probably not possible to implement
Subject: Infertilidade
Reprodução humana
Mulheres - Saúde mental
Mulheres - Entrevistas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BAHAMONDES, Maria Yolanda Makuch. Algumas vivencias de mulheres com esterilidade primaria por obstrução tubariae informações recebidas sobre o risco das infecções do trato reprodutivo. 1996. 130 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311447>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bahamondes_MariaYolandaMakuch_M.pdf3.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.