Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311445
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Representações sociais do meio ambiente em crianças de um centro urbano
Author: Silveira, Lourdes Mara Costa
Advisor: Botega, Neury José, 1958-
Botega, Neury José
Abstract: Resumo: Este trabalho tem por objetivo verificar as representações sociais que crianças residentes em um centro urbano têm do meio ambiente. A população estudada consistiu de 50 crianças, de 11 a 13 anos de idade, de nível sócio-econômico baixo, freqüentadoras de uma escola pública de periferia. Para a coleta de dados, utilizou-se um conjunto de instrumentos: solicitação de um desenho, estória, entrevista e aplicação de um questionário. As entrevistas foram norteadas por um roteiro semi-estruturado, gravadas em áudio-cassete e posteriormente transcritas . A análise de dados. foi norteada por um estudo, desenvolvido por REIGOT A (1990), sobre a representação social do meio ambiente e práticas pedagógicas de professores de ciências, bem como pela técnica de análise de conteúdo, onde a unidade temática foi uma palavra, uma frase, ou um conjunto de frases. Os resultados revelaram que 44% das crianças têm uma representação naturalista do meio ambiente (compreendem o meio ambiente como sendo apenas os recursos naturais). Demonstraram que 24% das crianças têm uma concepção que "se movimenta" de naturalista para antropocêntrica (quando compreendem a existência dos recursos naturais para suprir as necessidades humanas), essas crianças no desenho revelaram uma representação natur.alista; na estória e/ou entrevista, representação antropocêntrica. Outras 24% mostraram uma representação globalizante (compreendem a interação entre recursos naturais e recursos sociais). Do total, 8% das crianças revelam uma representação que se movimenta de naturalista para globalizante. Os dados possibilitaram a avaliação do movimento das representações, que se mostraram constantes nos desenhos e em evolução nas estórias e entrevistas. O conteúdo das categorias do questionário revelou a capacidade das crianças de fazer elaborações sobre a interação entre os recursos naturais e sociais, identificando suas preocupações e chamando a atenção para a necessidade de condições sociais favoráveis, como aspecto essencial para a saúde do meio ambiente

Abstract: Social Enviroment Representation by Children from an Urban Center. The objective of this work is to verfy the social representations that children living in an urban area in Campinas, SP, Brazil, have of the enviroment. The subjects studied were 50 (fifty) children, between 11 (eleven) and 13 (thirteen) years of age, from a low social economic background, attending a public school in the city periphery. The metodology of data collecting, used a set of instruments: request of a drawing, story, interview and a quiz. The interviwes were guided by a semi structured instructions, taped in audio-casset and later transcripted. The data analysis was guided by a study developed by REIGOT A (1990), about a social representation of the social enviroment and pedagogic practices of science teachers, as well as by the thecnic of analysis content where the thematic unity was a word, a sentence or a set of sentences. The results have showed that 44% of the children have a naturalistic representation ofthe enviroment (they understand the enviroment as being only the natural resources). These results showed that 24% of the children have a concept "that moves" from naturalistic to anthropocentric (when they understand the existence of natural . resources to supply human needs), those children showed in their drawings a naturalistic representation; in the story and/or interyiew an anthropocentric representation. Other 24% showed a global representation (they understand the interaction between natural resources and social resources). From the total, 8% of the children showed a representation that moves from naturalistic to globalized. The results made possible the evaluation of the moving representation that showed it to be constant in the drawings and in evolution in the stories and interviews. The quiz categories content showed an ability of the children to make elaborations about the interactions between the natural and social resources, identifying their preocupation and attention to the need of favorable social conditions, as an essencial aspect of a healthy enviroment
Subject: Ecologia
Psicologia
Psicologia social
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silveira_LourdesMaraCosta_M.pdf4.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.