Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311440
Type: TESE
Title: Proposta de uma entrevista semi-estruturada para autopsia psicologica em casos de suicidio
Author: Werlang, Blanca Susana Guevara
Advisor: Botega, Neury J. (Neury José), 1958-
Botega, Neury José
Abstract: Resumo: Pela literatura, sabe-se que a avaliação retrospectiva parece ser uma maneira científica de colher dados. Nos casos em que é necessário investigar o modo de morte, a avaliação retrospectiva costuma ser denominada autópsia psicológica, realizando a coleta de dados necessários através de entrevistas com pessoas que conheciam a vítima. Os pontos chaves de uma autópsia psicológica para casos de suicídio são: precipitadores e/ou estressores, motivação, letalidade e intencionalidade. Os autores, ainda que salientem a importância da experiência clinica para autópsia psicológica, não mencionam estratégias definidas, mas tão somente algumas listas, sugerindo áreas ou tópicos de investigação. Um instrumento para autópsia psicológica deveria fornecer informações adequadas e suficientes para permitir um grau razoável de concordância entre avaliadores. A Entrevista Semiestruturada para Autópsia Psicológica proposta neste trabalho ficou constituída por quatro módulos para avaliação dos temas chaves associados ao suicídio. Critérios para inclusão dos sujeitos na pesquisa foram identificados através de um estudo-piloto. Para avaliar a aplicabilidade do instrumento, foi utilizada uma amostra de 42 sujeitos, de alguma forma associados com 21 casos de suicídio, sendo realizadas 25 entrevistas, gravadas em áudio e posteriormente transcritas. O material correspondente, bem como os dados do inquérito policial, foram apresentados a quatro juízes. A avaliação das informações foi realizada com o auxílio de um formulário para a tomada de decisão, em quatro módulos: precipitadores e/ou estressores, motivação, letalidade e intencionalidade. O processamento dos dados, sempre que possível, foi feito através da estatística kappa do programa STATA. Quando não foi utilizada a estatística kappa, foi examinado o percentual de concordância. Os resultados deste estudo demonstraram que: é possível usar um instrumento semi-estruturado para autópsia psicológica, em casos de suicídio; a Entrevista Semi-estruturada para Autópsia Psicológica (ESAP) para casos de suicídio, elaborada com base teórica em quatro temas chaves, é aplicável, porque fornece informações que permitem um grau marcante de concordância entre avaliadores, verificado em 120 mensurações de julgamentos de quatro juízes, isto é: a) em três módulos do esquema decisório, houve concordância entre os juízes, em grau estatisticamente significante em todos os passos, exceto em um em cada módulo, mas que não comprometeu a concordância final sobre a avaliação de precipitadores e/ou estressores, motivação e intencionalidade; b) no módulo relativo à avaliação da letalidade, houve 100,0% de concordância entre juízes; c) os julgamentos dos quatro avaliadores, nos quatro módulos, permitiu chegar à concordância final quanto ao modo de morte como suicídio

Abstract: From the literature, it is well known the retrospective evaluation seems to be a scientific way to collect data. In cases that require mode of death investigation, the retrospective evaluation is usually called psychological autopsy. Data collection has been done through interviews with people who knew the victim. The key items to a psychological autopsy for suicide cases are: precipitants and/or stressores, motivation, lethality, and intentionality. Although the authors point out the importance of the clinic experience for psychological autopsy, they do not mention definite strategies, but just some lists, suggesting areas or topics of investigation. An instrument to evaluate psychological autopsy should provide enough, and suitable information in order to allow a reasonable degree of agreement among evaluators. The Semi-Structured interview for Psychological Autopsy proposed in this paper consists of four evaluation modules to evaluate key topics associated to suicide. Criteria for choosing the subjects for the research have been identified through a pilot study. In order to evaluate the instrument applicability, a sample formed by 42 subjects related to 21 suicide cases has been used. Twenty-five (25) interviews have been tape recorded first, and then transcribed. The related material as well as the police inquiry data investigation have been presented to four judges. Evaluation of information has been carried out with the help of a four-module formulary for decision taken: precjpitants and/or stressores, motivation, lethality, and intentionality. Data processing, whenever possible, has been done through kappa statistics, from STATA software. Every time when kappa statistics was not possible to beutilized, agreement percentage has been used. The results of this study have shown that: a) it is possible to use a semi-structured instrument for psychological autopsy, in suicide cases; b) the Semi-Structured Interview for Psychological Autopsy (SSIP A) in suicide cases, theoretically based on four key topics, is applicable because it provides information containing a significant degree of agreement among evaluators, found in one hundred twenty measurements of judgements made by four judges. That is to say: a) there has been significant statistics agreement among the judges three modules of the model for decision, except in one step ftom each module, which did not interfere in the final agreement on the present evaluation; b) in the lethality evaluation module, there has been a 100% agreement among judges; c) the judgements made by four evaluators on the four modules have allowed to reach a final agreement related to suicide mode
Subject: Suicídio
Avaliação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Werlang_BlancaSusanaGuevara_D.pdf7.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.