Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311433
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Informações sobre mortalidade infantil no ambito local : estudo na região noroeste de Campinas de 2000 a 2002
Author: Castro, Luciane do Vale Lacerda
Advisor: Silva, Eliete Maria, 1960-
Abstract: Resumo: A mortalidade infantil continua sendo um problema de saúde pública em todo mundo, principalmente em países em desenvolvimento. Buscam-se estratégias para otimizar as ações, a partir da realidade de cada população, ampliando o olhar para a coletividade e outros fatores que podem estar relacionados, visto que a mortalidade infantil é hoje um dos indicadores mais utilizados para avaliar a qualidade de vida e acesso aos serviços de saúde. Esta pesquisa visa estudar informações disponíveis nos Centros de Saúde (CS) sobre as crianças menores de um ano que foram a óbito de 2000 a 2002, e residiam na região noroeste de Campinas. As informações foram obtidas dos Registros de Declaração de Nascido Vivo (DNV), Relatório semestral de Óbitos, Declaração de Óbito (DO), Prontuário, disponíveis nos centros de saúde da região e analisadas a partir do referencial da Vigilância em Saúde, voltada para identificação e análise da situação de saúde e seus determinantes, através das informações e indicadores atualmente disponíveis. Observou-se que das 99 crianças que foram a óbito no período, 93 dos registros de óbitos e 56 das DNVs encol1travam-se nos CS. Evidenciaram-se que apenas em 14 dos casos, foi possível localizar o prontuário, em cinco desses a mãe fez pré-natal no CS e apenas uma criança que foi a óbito, tinha registro de atendimento no serviço. Em 13 dos casos havia referência ao óbito e as ações desencadeadas à partir da informação. A faixa etária da mãe predominante foi de 15 a 44 anos, das quais 36% poss_m 1 a 7 anos de estudos e. 48,5% não possuíam ocupação remunerada. A duração da gestação na maioria dos casos foi entre 22 a 36 semanas. O tipo de parto apresentou número semelhante entre o vaginal. e cesáreo, quanto ao número de consultas de pré-natal 21,5% fizeram menos que 6 consultas. Houve maior concentração dos óbitos no período neonatal, as principais causas estavam relacionadas as Infecções originadas no período perinatal. Concluiu-se que as informações sobre os óbitos estão disponíveis nos CSs e se revelam um instrumento adequado, mas subutilizado, para monitoramento da realidade local e planejamento das ações. A falta de informação sobre o óbito pode evidenciar dificuldades no preenchimento e fluxo das informações. Observou-se também que a disponibilidade da informação não garante o desencadeamento de ações de vigilância em saúde pelas equipes de saúde no nível local. O estudo levanta a necessidade de reavaliação das ações e maior envolvimento dos profissionais de saúde na atenção básica, principalmente no que se refere a efetivação da vigilância em saúde como modelo norteador, com o uso efetivo da informação em saúde na orientação de suas ações

Abstract: The infant mortality has been a worldwide health problem, mainly in developing countries. Strategies are searched in order to optimize the actions, focusing on the population reality, broadening the horizons to the social community and other factors that can be related, once the infant mortality is one of the most usual indicators to evaluate the quality of life and the access to health services today. This research seeks to study available information about children in the community health centers who are younger than one year old and who have died in the northwestem region of Campinas from 2000 to 2002. The information was obtained from the records of bom alive babies reports, bi-annual death reports, death certiticates, medical registers available at the health centers of the region and analized using the health vigilance as a reference, which is concemed with the identification and analysis of the health situation and its determinants, through the information and indicators available nowadays. We have observed that in the group of 99 children who had deceased in the period, 93 of the death registers and 56 of the records of the bom alive babies reports were found at the community health centers. It has become evident that only in 14 cases was possible to tind the medical reg i sters , in tive of those the mother had a pre-natal examination at the community health centers and only one child who had deceased, had an appointment register by the service. In 13 cases there were deceased references and the actions taken. The age of the mother was mostly 15 to 44 years old , 36% of whom had 1 to 7 years ofeducation and 48.5% were unemployed. The pregnancy was from 22 to 36 weeks in most of the cases. The type of delivery had similar figures in both cases, the cesarean section and the natural delivery. About the number of pre-natal appointments, 21.5% went to less than 6 appointments. There was a higher concentration of deaths during the neonatal período The first causes were related to infections originated in the perinatal período We have concluded that the information about deceased patients are available at the health centers and revealed themselves to be a suitable instrument, though subutilized, for monitoring the local reality and action planning. The lack of information about the death might offer evident difficulties in the action of filling out forms and in the flow of information. We have also observed that the availability of information does not guarantee the unleash of health vigilance actions by local health teams. The study surveys the necessity of a greater participation of health workers in the basic health attention, specially when related to the effectiviness of health vigilance as a guiding pattern with the effective usage of health information in the course of its actions
Subject: Sistemas de recuperação da informação
Vigilância epidemiológica
Mortalidade infantil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CASTRO, Luciane do Vale Lacerda. Informações sobre mortalidade infantil no ambito local: estudo na região noroeste de Campinas de 2000 a 2002. 2003. 89p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311433>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Castro_LucianedoValeLacerda_M.pdf3.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.