Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311339
Type: TESE
Title: Estudo do cortisol salivar e ciclo vigilia-sono em trabalhadores da area da saude do turno noturno
Author: Perdomo, Celia
Advisor: De Martino, Milva Maria Figueiredo, 1947-
Martino, Milva Maria Figueiredo de
Abstract: Resumo: Esta pesquisa teve como objetivos verificar a presença do ritmo circadiano do cortisol salivar e correlacionar o cortisol salivar nos diferentes turnos de trabalho, além de estudar os padrões de sono através das variáveis: horários de deitar, dormir e acordar, tempo de latência do sono, quantidade de sono diurno e noturno, qualidade do sono diurno e noturno e sensação ao acordar após o sono diurno e noturno, maneiras de acordar, hábitos de cochilo e comparação do sono atual com o habitual em trabalhadores de enfermagem. Foi realizada no Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Participaram, voluntariamente 41 enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, sadios, com idade entre 21 e 47 anos, de ambos os sexos que responderam um questionário sobre o ciclo vigília-sono e outro questionário para classificar os sujeitos. As coletas de saliva para dosagem do cortisol foram efetuadas pelo próprio trabalhador, duas vezes por dia, a primeira às 8:00 horas e a segunda amostra às 23:00 horas, os registros no diário de sono foram preenchidos na manhã seguinte, diariamente, por 30 dias por todos os sujeitos. Os resultados mostraram que os indivíduos do turno matutino, vespertino e noturno apresentaram níveis de cortisol salivar às 8:00 horas semelhantes e valores maiores do que os níveis de cortisol salivar obtidos às 23:00 horas; com exceção do turno noturno, onde não há diferença entre os valores das 8:00 e 23:00 horas, indicando perda de ritmo circadiano nos indivíduos do turno noturno. Quanto ao padrão de sono o grupo do turno noturno apresentou tempo de sono noturno maior do que os demais; houve diferença significativa para a qualidade do sono diurno, quando comparada ao sono noturno, no grupo do turno noturno, quando utilizamos o Teste de Wilcoxon (p=0,002)

Abstract: The objectives of this study were: to analyze the cortisol salivary levels; and verify the presence of a circadian rhythm; and to study the sleep pattems of nurses based on the variables- bedtimeand wakingup time, period of sleep latency,quantityof daytimeor nighttime sleep, waking up routine, napping OObits,present sleep compared with habitual sleep. This study was conducted at the Hospital das Clinicas, State University of Campinas, Sao Paulo. The study consisted of 41 healthy voluntary of both sexes, nurses and nursing assistant, aged between 21 and 41 years. They answered a questionnaire on personal data. Each subjectcollectedthe salivasamplesfor cortisolmeasurement- at 8 hours and at 23 hours. The sleep diary recordings were filled in daily every morning for a period of 30 days. The results of the cortisol analyses demonstrated tOOtthe morning, evening and night shifts presented higher cortisol levels at 8 hrs than at 23 hours however, the night shift presented higher salivary cortisol levels when compared to values of the other shift. In relation to the sleep pattem, the nightshift group presented a longer sleep period than the others and there was a significant difference (p=0.002- Wilcoxon Test) between the quality of daytime sleep when compared with nighttime slee
Subject: Ritmo circadiano
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Perdomo_Celia_M.pdf15.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.