Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311310
Type: TESE
Title: Custo-Beneficio da psicoterapia de Grupo na institutição de saude
Author: Viana, Wilton
Advisor: Knobel, Maurício, 1922-
Abstract: Resumo: Na medida que o adoecimento tem como processo de fundo a participação do ser humano em um grupo, como apontam diversos autores, sobretudo Bion e Perestrello, toma-se inevitavelmente indicativo que o seu tratamento deverá fundamentar-se no mesmo sistema mental que mobiliza o relacionamento grupal. Investigando a natureza desta relação patogênica/terapêutica e sua localização no psiquismo humano, o autor do presente trabalho admite a capital oportunidade da abordagem psicoterápica comprovando sua influência na melhoria das condições individuais de Saúde e, portanto merecendo um estudo de sua relação custo-benefício. Embora a prática das Psicoterapias, como procedimento médico, seja reconhecida em meios universitários e algumas outras instituições, ela tem sofrido restrições em outras áreas, sobretudo das empresas de Saúde, nas quais os administradores utilizam argumentos que enfatizam trata-se de tratamento economicamente inviável. Outro fator, como obstáculo, tem sido a dificuldade de intercâmbio de informações no diálogo entre psicoterapeutas, médicos não psiquiatras e administradores, porque estes se utilizam de dados objetivos e mensuráveis universalmente em suas observações e argumentos, ao passo que os psicoterapeutas se utilizam de fundamentos subjetivos em suas afirmativas. No presente trabalho, o autor busca fazer surgir um território onde tal diálogo possa tomar-se possível, mediante a correlação de dados numéricos, testemunhos e observações pessoais, abrindo-se um campo de 'compreensão comum para psicoterapeutas e outros profissionais da área de Saúde. A Psicoterapia Analítica de Grupo foi salientada, entre outras técnicas psicoterápicas, sem desmerece-las, de maneira a permitir que os custos e benefícios de sua atuação na atividade terapêutica pudessem ser considerados de conteúdo estatisticamente perceptível, na melhoria das condições de Saúde do paciente e favorecendo economicamente a Instituição de Assistência Médica. Considerando a espiral de integração grupal, desde a relação pacientesterapeutas, sua inserção na Instituição de Saúde e esta na comunidade, o autor realça a fenomenologia em questão, regendo o acolhimento e tratamento dos pacientes, levantando a hipótese de uma abordagem grupal mais ampla, com técnicas e fundamentos diversos, tomando os benefícios maiores e eficazes no que diz respeito ao binômio Saúde/Economia

Abstract: The benefits from Psychotherapy are largely reported in Psychology and Medical publications, independent of being psychoanalitic or not, individual or group therapy. By the way, generally, in our country and other regions, such benefits never comes related with their costs. That's a capital matter for managers in Health services and psychotherapists. Nevertheless, dialogue between them becames difficult when their reasons start from; in managers the economic point of view basically is important-- the cost-- and for psychotherapists is to get a better health conditions for theirs patients-- the benefit. More important; we could not find just one article about cost-benefit on Psychotherapy and medical practice. We have tried to open in the papers the development of a methodology and the search of ways to find a field of understanding, making clear the cost-benefits relationship here, considering the facts in two different Medical Institutes. In such medical organizations we found that inclusion of Psychotherapy as a procedure in treatments results as a cost-benefit relationship is remarkable as a signal, which reinforces economically the whole Institution. And in that one where Mental Health is realized with just a single psychiatric interview, without any psychotherapy approach, the cost-benefit relationship appears as negative factor in the economy of Medical Service, as the whole Institution. Group Analysis is elected in this search to produce numbers related with economical benefits from Psychotherapy. But that is not for any depreciation to others technical kinds of this procedure, also of goods results, economically for institution. Some group influences are registered, from institution and comunity, as factors needing to be investigated and treated in conection to medical assistance
Subject: Política de saúde
Saúde pública
Economia da saúde
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Viana_Wilton_M.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.