Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311246
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Cateterização percutanea da veia femural no atendimento inicial ao politraumatizado
Author: Capone Neto, Antonio
Advisor: Mantovani, Mário, 1940-
Mantovani, Mario
Abstract: Resumo: Desenvolveu-se este estudo para avaliar a eficácia e segurança da cateterização da veia femoral no atendimento inicial ao politraumatizado. Estudou-se estudados prospectivamente 67 casos nos quais tentou-se este procedimento. O tempo necessário para executá-lo e as complicações imediatas eram anotadas. Em todos os casos obteve-se o "Trauma Score" e o "Injury Severity Score" para comparação com outros estudos e determinação da gravidade dos casos estudados. Houve sucesso na cateterização em S9 casos (88%) que foram seguidos, em média, por 10 dias. O tempo médio para executar o procedimento foi de 2,2 minutos e a cateterização foi mantida por 2 dias em média. Investigou-se as possíveis complicações venosas através de exames clínicos, de Doppler venoso e ultrassonográfico, realizados de modo seriado. Estudou-se a incidência de infecção através da cultura semi-quantitativa das pontas dos cateteres. Ao final, observou-se que não ocorreram complicações venosas, que houve um caso' de cateterização arterial inadvertida sem outras conseqüências e que três cateteres tiveram cultura positiva. Concluiu-se que a cateterização da veia femoral oferece uma alternativa rápida, segura e adequada de acesso venoso, no atendimento inicial de pacientes politraumatizados

Abstract: This study was undertaken to assess the efficacy and safety of femoral venous catheterization for initial management of multiple trauma patients. During a one-year period there were 67 insertion attempts of a large-bore catheter (8Fr) into the femoral veins. Fifty-nine of them were successful. Ali immediate complication was noted. In order to provide a method for comparing this study with other ones and for determining what kind of patients were studied, the Trauma Score and the Injury Severity Score were obtained in each case. The patients who underwent a femoral vein catheterization were followed up until discharged from the hospital (mean time = 10 days). The femoral cannulation was mantained for two days (mean duration). For monitoring venous complications, besides clinical-exams, Doppler venous and B-mode ultrassonography were made. Microbiological study of the catheters were done by semi-quantitative culture. No venous complications occurred. There were one inadvertent arterial catheterization without further consequences and three positive catheter tip cultures from patients without septic manifestations. It was concluded that the femoral vein catheterization offers a suitable, safe and rapid alternative of venous access In the severely injuried patient
Subject: Cateterismo
Veia femoral
Trauma
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAPONE NETO, Antonio. Cateterização percutanea da veia femural no atendimento inicial ao politraumatizado. 1992. [73]f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311246>. Acesso em: 19 jul. 2018.
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
CaponeNeto_Antonio_M.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.