Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311185
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação neuropsicologica e de qualidade de vida em crianças submetidas a cirurgia para epilepsia
Author: Guimarães, Catarina Abraão
Advisor: Guerreiro, Marilisa Mantovani, 1955-
Abstract: Resumo: Uma parte da população pediátrica com epilepsia não se beneficia do tratamento farmacológico e, para essas crianças, existe a possibilidade do tratamento cirúrgico, cujo objetivo é obter o controle das crises epilépticas com menor seqüela neurológica possível e consequentemente, a melhora da qualidade de vida do paciente e sua família. Para que o objetivo seja atingido, a avaliação pré-cirúrgica deve ser exaustiva, incluindo o exame neuropsicológico e avaliação de qualidade de vida. A avaliação neuropsicológica visa complementar os achados médicos, auxiliando, quando possível, na localização e lateralização da lesão, além de avaliar o grau de déficit funcional existente e seu efeito no desenvolvimento. Serve, ainda, como parâmetro inicial, oferecendo uma linha de base para se comparar com os resultados pós-cirúrgicos. A avaliação de qualidade de vida objetiva apreciar a influência que a epilepsia tem na vida da criança e sua família, servindo também como parâmetro de comparação no póscirúrgico. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos a curto prazo advindos da cirurgia quanto aos aspectos neuropsicológicos e de qualidade de vida, propor uma bateria de instrumentos para essas duas avaliações, relacionar os achados neuropsicológicos e de qualidade de vida no pré e pós-cirúrgico, verificar se mudanças em um destes aspectos influenciam o outro e vice-versa, e relacionar os resultados póscirúrgicos neuropsicológicos e de qualidade de vida ao quadro clínico do paciente. Foram avaliadas nove crianças num período que variou de sete a 30 dias antes de serem submetidas à cirurgia e seis meses após o procedimento. Os resultados mostraram que: mudanças significativas no QI, no geral não ocorreram; dois sujeitos com epilepsia de lobo temporal esquerdo apresentaram na avaliação pré-cirúrgica desempenho rebaixado predominantemente na área de linguagem; o sujeito que obteve maiores ganhos na avaliação neuropsicológica e de qualidade de vida no pós-cirúrgico foi aquele submetido à hemisferectomia esquerda devido à síndrome de Rasmussen instalada abruptamente com progressão rápida e evidente da doença no pré-cirúrgico; dois sujeitos, cuja etiologia da epilepsia era lesão neoplásica, tiveram importante alteração comportamental na avaliação pós-cirúrgica apesar do controle de crises; a cirurgia para epilepsia levou à melhora dos aspectos sociais, ambientais, efeitos de medicação, percepção de controle de crises e do nível geral de qualidade de vida do grupo estudado; foi possível estabelecer direta correlação entre a percepção dos pais quanto à melhora da qualidade de vida e o controle de crises epilépticas; diferentemente da avaliação de qualidade de vida, na qual houve melhora imediata com o controle de crises, as repercussões neuropsicológicas na infância dependeram de vários fatores (tipo de epilepsia, etiologia e tipo de cirurgia)

Abstract: Some children with epilepsy do not obtain control with antiepileptic drug treatment and surgical treatment is a possibility. The aim of the surgery is to alleviate seizures without provoking further intolerable neurological damage and improve quality of life of the patient and family. To achieve this goal, the pre-surgical evaluation should be comprehensive, including neuropsychological and quality of life assessments. Neuropsychological testing complements medical findings helping to localize or lateralize the lesion, evaluate previous functional deficits and monitor surgical outcome. Quality of life assessment allows understanding the impact of epilepsy in child and family's lives. It may be a parameter to compare with post-surgical outcome as well. The objectives of the present study were: to evaluate the effect of surgery in a short-term follow-up; to assess neuropsychological and quality of life data in pre and post-surgical conditions; to verify the interaction between both assessments; and, to correlate clinical findings with these parameters. Nine children were investigated through a comprehensive neurosychological battery and quality of life questionnaire seven to thirty days before surgery and six months after the surgical procedure. The results showed that: IQ changes did not occur; two children with left temporal lobe epilepsy had low language performance ; the child that showed most improvement in the neuropsychological assessment and in quality of life after surgery was the one Rasmussen's encephalitis at the left cerebral hemisphere whose the progression ot the disease was very fast betore surgery ; two children with tumor had important behavior modification after surgery, despite complete seizure control; social and environmental aspects, medication side-effects, perception of seizure control and level global ot quality of life improved after surgery. Quality ot life improvement was directly correlated with seizure control; nevertheless, neuropsychological improvement depended on severa I factors (etiology, type of epilepsy and surgery)
Subject: Neuropsicologia
Qualidade de vida
Epilepsia em crianças
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUIMARÃES, Catarina Abraão. Avaliação neuropsicologica e de qualidade de vida em crianças submetidas a cirurgia para epilepsia. 2001. 232p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311185>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_CatarinaAbraao_M.pdf39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.