Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311173
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Fatores de risco para deficiencia de altura em pre-escolares: Cosmopolis-SP, 1995
Author: Guimarães, Lenir Vaz
Advisor: Barros, Marilisa Berti de Azevedo, 1948-
Abstract: Resumo: A altura das crianças é um indicador sensível das condições de vida e saúde de grupos populacionais, e tem sido recomendado como uma das medidas do estado nutricional delas. Objetiva-se neste estudo, analisar a associação entre algumas características; biológicas, maternas, da família, do domicílio e sócio-econômicas e a deficiência de altura dos pré-escolares de Cosmópolis, São Paulo. A investigação foi realizada em duas etapas, de novembro de 1994 a junho de 1995. A primeira fase consistiu no levantamento antropométrico em todas as pré-escolas da rede municipal de ensino. Nesta fase, foram examinados 1205 pré-escolares e a avaliação nutricional foi feita segundo escore de desvios padrão utilizando a população de referência do NCHS para os indicadores: altura/idade, peso/altura e peso/idade. A segunda fase, correspondeu a um estudo tipo caso controle com 307 crianças. As informações foram obtidas por meio de entrevistas realizadas com a mãe ~u responsável pela criança. A primeira parte da pesquisa indicou que a distribuição dos indicadores antropométricos, altura/idade, peso/altura e peso/idade, assemelham-se aos da população de referência - NCHS. No estudo caso-controle verificou-se odds ratio brutos estatisticamente significativos para as seguintes variáveis: biológicas (sexo, peso ao nascer, comprimento ao nascer e altura dos pais), maternas (número de filhos, intervalo interpartal), da família (número de pessoas que moram no domicílio, número de irmãos, número ~e crianças menores de cinco anos), domicílio (tipo de casa, número de cômodos, número de quartos), sócio-econômica (escolaridade materna, renda familiar per capita, remuneração do pai, tempo de ocupação do pai e número de empregos). Na análise multivariada as variáveis que permaneceram como significativas em sua associação cqm deficiência de altura nos pré-escolares foram: comprimento ao nascer, altura dos pais e renda familiar per capita. As variáveis consideradas "biológicas" apresentaram forte associação com a deficiência de altura, mas a interpretação das variáveis biológicas não pode omitir a determinação sócio-econômica

Abstract: The children' s height is a sensive indicator of life and health conditions of population groups, and has been recommended as a measure of their nutritional state. This study aims to analyse the association among some characteristics (biological, motherlike, family, residence and social-economic) and the height deficiency of preschorars in Cosmópolis, São Paulo. The investigation was realised in two stages, from November, 1994 to june, 1995. The first consisted of the antropometric survey in all preschools of the teaching municipal net. In this phase, 1205 prescholars were examined and a nutritional evaluation was done, according to satndard-deviation scores, using the NCHS reference population for the foUowing indicators: height/age, wight/height and weight/age. The second phase corresponded to a case-control type study, with 307 children. The information was obtained through interviews realised with the child' s mother ou responsible. The first part of I the research indicated that the antropometrics indicators (height/age, weightlheight and ; weight/age) distribution are similar to that ofthe reference population - NCHS. Statistically I I significant rough odds ratio were veritied in the case-control for the following variables: biological (sex, weight at birth, lenght at birth and parent's height), motherlike (number of children, interparturiton interval) farnily (number ofpeople who live in the residence, number of brothers, number of children under the age offive), residence (residence type, number of rooms, number of bedrooms), social-economic (school atendance motherlike, family income per capita, father's income, father's ocupation time an number of employments). In the anlysis the variables that remained significant in their association with height deficiency in prescholars were: lenght at birth, parent's height and family income per capita. Th~ variables considered "biological" presented strong association with the height deficiency, but the interpretation of the biological variables connot omit the social-economic determination
Subject: Corpo - Tamanho
Crianças - Nutrição
Crescimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_LenirVaz_M.pdf4.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.