Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311158
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Atividade física em adultos de regiões do Estado de São Paulo
Title Alternative: Physical activity among adults from areas of São Paulo State, Brazil
Author: Zanchetta, Luane Margarete
Advisor: Barros, Marilisa Berti de Azevedo, 1948-
Abstract: Resumo: A inatividade física e as doenças crônicas que a ele se associam apresentam prevalências elevadas na atualidade. A prática regular de atividade física é uma das formas de prevenção e controle de inúmeras doenças crônicas não transmissíveis.Esta pesquisa teve por objetivo analisar prevalências de atividade física global, no domínio do lazer e caminhada, e a associação com variáveis demográficas, socioeconômicas, de entorno, de comportamentos relacionados à saúde e presença de morbidades, em população de 18 a 59 anos, residente em áreas do Estado de São Paulo. Foram utilizados dados do "Inquérito Multicêntrico de saúde ISA", que se trata de um estudo transversal, de base populacional, com amostra por conglomerados, estratificada e em múltiplos estágios. A atividade física foi aferida com o uso do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) versão curta e por pergunta existente no questionário sobre a prática regular de atividade física no domínio do lazer. A análise dos dados levou em conta as ponderações relativas ao desenho amostral. Os resultados desta pesquisa apontaram diferenças nos padrões de atividade física entre homens e mulheres, e desigualdades sociais na prática de atividades físicas, especialmente relacionadas à escolaridade e idade. Além desses fatores, o domínio da prática também deve ser levado em consideração no planejamento de políticas públicas e intervenções para a promoção da atividade física, buscando-se focar especialmente os subgrupos mais vulneráveis à inatividade física.

Abstract: Physical inactivity and associated chronic diseases have demonstrated high prevalence nowadays. Regular physical activity is one important way to prevention and control of several chronic diseases. The aim of this study was to determine prevalence of global and leisure-time physical activity, among people 18 to 59 years of age, residing in areas of the state of São Paulo (Brazil), according to the variables: demographic, socioeconomic, environmental, health-related behaviors, weight satisfaction, and presence of morbidities. Also, walking was analyzed according to these variables. Data analyzed was based on the "Inquérito Multicêntrico de saúde ISA", a population-based cross-sectional study, with a stratified sample of clusters performed in multiple stages. Physical inactivity was determined using the short version of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) and by a question on the regular practice of leisure time physical activity. Data analysis took the sample design into account. This study showed gender differences in the prevalence of physical activity and social inequalities especially related to the schooling and age. Beyond these factors, the physical inactivity domain should be taken into account in the planning of public policies and interventions for promoting physical activity, with special focus on the sub-groups more vulnerable to Physical inactivity.
Subject: Atividade física
Lazer
Inquéritos de morbidade
Promoção da saúde
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zanchetta_LuaneMargarete_D.pdf612.71 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.