Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311131
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Doença cerebrovascular na infancia : caracterização do desempenho auditivo e fonologo
Author: Ronchi, Claudia Maria Sedrez Gonzaga
Advisor: Moura-Ribeiro, Maria Valeriana Leme de, 1935-
Abstract: Resumo: Em crianças acometidas por doença cerebrovascular isquêmica (DCVI) nosso objetivo foi caracterizar do ponto de vista .evolutivo, o desempenho da habilidade auditiva e do processamento fonológico na faixa etária de 7 a 13 anos de idade. O grupo experimental (Gl) foi fonnado por 5 crianças, sendo 4 meninos e uma menina avaliados no ambulatório de Neurologia Infantil do Departamento de Neurologia da FCM-UNICAMP. As 5 crianças foram avaliadas do ponto de vista clínico e de neuroimagem. O grupo controle (G2), foi composto por 5 crianças (4 meninos e uma menina), nonnais. Para este estudo foram utilizadas as seguintes avaliações: 3 testes dicóticos que avaliam as habilidades de integração sensorial auditivas: staggered spondaic word test (SSW), teste dicótico de dígitos (DD) e teste consoante vogal (CV), e duas prova que avalia o processamento fonológico, a prova de consciência fonológica (PCF), que avalia a consciência da estrutura fonológica das palavras e a prova de Nomeação Automática Rápida, que avalia a rapidez de acesso ao léxico. Supõe-se que a organização temporal acústica dos segmentos da fala dificultou o uso de habilidades de codificação, decodificação, organização e integração da informação, aumentando o tempo de acesso ao léxico mental e conseqüentemente apresentando falhas no processamento fonológico da informação recebida. A pesquisa trouxe contribuição relevante para o estudo da DCV, no referente às habilidades auditivas e no processamento fonológico, sendo necessário avaliar sempre estes processos nas crianças que apresentarem em diferentes momentos de sua vida, DCV

Abstract: In children with cerebral vascular ischemic disease (CVDI), our aim was to characterize from the developed point: the auditory ability performance and the phonologic processess within the age trom 7 to 13 years old. The intention group was formed by 5 children, 4 boys and 1 girl assessed in the Infantile Neurology Subject of the Department of Neurology ofthe FCM-UNICAMP.The 5 children were assessed trom the clinical point and from the neuroimage.The intention group was formed by 5 children (4 boys and 1 girl), perfects.For this study the had been used the following evaluations: 3 dichotic tests that evaluate the auditory abilities of sensorial integration: staggered spondaic word test (SSW), dichotic test of digits (DD) and consonant vowel test (CV), and two test that evaluates the phonologic process, the phonologic conscience test, that evaluates the phonologic structure of the words and the test of fast automatic nomination (RAN), that evaluates the rapidity of access to the lexicon.It is assumed that the secular organization acoustics of the segments of speech made it difficult the use of codification abilities, decoding, organization and the information integration, increasing the time of access to mentallexicon and consequently, presenting failures in the phonologic processing of the received information.The research brought excellent contribution for the study of the CVDI, in referring to the phonologic processing and the abilities of integration of the auditory sensorial information, being necessary to always evaluate these processes in children who present, at different moments of their lives, cerebral vascular ischemic disease
Subject: Traumatismos encefálicos
Avaliação
Capacidade de aprendizagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ronchi_ClaudiaMariaSedrezGonzaga_M.pdf7.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.