Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311085
Type: TESE
Title: Função de monocitos em crianças soro-reversoras apos exposição vertical ao virus da imunodeficiencia humana do tipo I
Title Alternative: Monocytes function in sero-reverter children after vertical exposition by human immunodeficiency virus type I
Author: Tani, Sergio Massayuki
Advisor: Vilela, Maria Marluce dos Santos, 1947-
Abstract: Resumo: O sistema complemento apresenta imaturidade funcional em crianças mais jovens, com o sistema imune inato mais ativado em recém-nascidos e lactentes jovens. Infecções crônicas e oportunistas concomitantes, como na Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA), causam disfunção na atividade fagocitária de células mononucleares. A atividade fagocitária de monócitos in vitro , por índice fagocitário (porcentagem de células com fagocitose efetuada em uma lâmina) e capacidade fagocitária (número de partículas fagocitadas em 100 células), foi estudada em 58 crianças soro-reversoras, separadas em faixas etárias, para zymosan não incubado, zymosan incubado com soro de doadores normais e do próprio paciente e com hemácias de carneiro incubadas com anticorpos de coelho antieritrócitos de carneiro, respectivamente para os receptores CR1, CR3 e Fc. Foram avaliados parâmetros hematológicos (hemograma completo), sistema T (TCD4+ e TCD8+), sistema B (níveis séricos de imunoglobulinas) e profilaxias com zidovudina e com sulfametoxazol e trimetoprima. Um grupo de crianças infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana do tipo I (HIV-1) foi utilizado como referência para comparações. A metodologia estatística constou de: análise descritiva com tabelas de freqüências, testes não paramétricos de Mann-Whitney e de Kruskal-Wallis, teste de correlação não linear com o coeficiente de Spearman. O nível de significância adotado foi de p<0,05. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Na comparação do índice fagocitário das crianças soro-reversoras para zymosan incubado com soro normal e do próprio paciente, pelas vias CR1 (CD35) e CR3 (CD11bCD18), foram observados valores menores (p=0,004 e p=0,001, no grupo total e p=0,027 e p=0,021, no grupo de crianças soro-reversoras maiores de 24 meses, respectivamente) em relação ao grupo de referência. Associações negativas: capacidade fagocitária de monócitos com zymosan não incubado, pela via das lectinas, com idade das crianças soro-reversoras (p=0,014); função fagocitária de monócitos para zymosan incubado com soro normal e do paciente, via receptores CR1 (CD35) e CR3 (CD11b CD18), pela ativação da via alternativa com zidovudina (Rs=-0,509; Rs=-0,344; Rs =-0,342; Rs=-0,328). Associações positivas: capacidade fagocitária de monócitos vias CR1 (CD35) e CR3 (CD11b CD18) e idade (p=0,026) e para níveis séricos de IgA (Rs=0,277). Valores de hemoglobina, leucócitos totais e TCD4+ foram menores (p<0,003, p<0,006 e p<0.004, respectivamente), e valores de TCD8+, IgA, IgG e IgM foram maiores (p<0,001) no grupo de referência. Nas crianças soro-reversoras, 55,2% receberam profilaxia com zidovudina e 79,3%, com sulfametoxazol e trimetoprima. O amadurecimento do sistema imune ocorreu com o aumento da idade e a atividade fagocitária de monócitos foi mais estimulada em crianças infectadas pelo HIV-1, na comparação com crianças soro-reversoras

Abstract: The complement system presents functional immaturity in young children and the innate immune system is more activated in newborns and infants. Chronics and opportunists infections, as well as Acquired Immunodeficiency Syndrome (AIDS), cause phagocytic activity¿s disfunction on the mononuclear cells. Monocyte function was evaluated in 58 exposed seroreverter children with an assay blood monocyte phagocytosis for zymosan and sheep red blood cells, mediated by the CR1, CR3 and Fc receptors, respectively. The zymosan assay was conducted with non-incubated zymosan and incubated zymosan with patient serum or serum from a normal blood donor pool. The phagocytic index (percentage of cells having phagocytosis on a slide) and the phagocytic capacity (number of phagocytes particles in a 100 cells counts) were determined. Complete blood count, lymphocyte subsets determination (TCD4+ and TCD8+), immunoglobulin levels (IgA, IgG and IgM) and prophylaxis with zidovudine and sulfametoxazol and trimetoprim were studied. The results were compared with the reference group (HIV-1 infected children). Seroreverter phagocytic index for incubated zymosan by CR1 (CD35) and CR3 (CD11bCD18) showed inferior results when compared to the reference group. Negative associations: phagocytic capacity with not-incubated zymosan, by lectin pathway activation with seroreverter children¿s age; and incubated zymosan on CR1 and CR3 receptors by activation of alternative pathway from complement system with zidovudine. Positive associations: phagocytic capacity by CR1 and CR3 receptors with seroreverter children¿s age and IgA serum levels. Seroreverter children presents higher values of hemoglobin, total leukocytes and TCD4+, and inferior values of TCD8+, IgA, IgG and IgM, when compared to the reference group. The immune system maturation occurred with age increased and the monocytes function was more stimulated in HIV-1 infected children
Subject: Fagocitose
Monocitos
HIV (Vírus)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tani_SergioMassayuki_M.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.