Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311032
Type: TESE
Title: Ações e dificuldades para o autocuidado em idosos com afecções onco-hematologicas
Author: Rusisca-de Toledo, Edegarda Helena
Advisor: Diogo, Maria José D'Elboux
Abstract: Resumo: As afecções onco-hematológicas, como leucemia, linfoma e mieloma são mais freqüentes com o avanço da idade. As alterações decorrentes da doença e do tratamento levam à necessidade de desenvolvimento de ações de autocuidado. Entretanto, o idoso pode apresentar limitações para o autocuidado, que podem interferir na sua recuperação. A identificação das ações e dificuldades para o autocuidado dos idosos portadores de afecção onco-hematológica pode ser uma alternativa para fundamentar a educação e orientação desta clientela com vistas ao controle e redução dos fatores de risco para a saúde e melhora dos seus conhecimentos sobre a afecção. Isso posto, este estudo tem os seguintes objetivos: identificar as afecções neoplásicas hematológicas e outras presentes nos idosos sob tratamento em um ambulatório de onco-hematologia; identificar as ações de autocuidado que estes idosos realizam com relação ao seu tratamento e as dificuldades para o autocuidado que os idosos relatam quanto ao tratamento. Pelos resultados foi observado que a afecção onco-hematológica predominante foi o mieloma múltiplo e a outra afecção prevalente é a hipertensão arterial A maioria dos idosos apresentou uma ou mais ações de autocuidado elencadas no instrumento. As dificuldades identificadas frente ao início do tratamento, sua continuidade e presença dos efeitos colaterais, na manutenção do tratamento e prevenção de complicações da doença foram: a demora/desconhecimento do diagnóstico, limitações financeiras e a presença dos sintomas

Abstract: Oncohematological diseases like leukemia, lymphoma and myeloma increase as age advances. Self-care activities have to be developed because these diseases and the treatment produce alterations. However, the elderly may have some restrictions regarding self-care activities that could interfere with their recovery. Identifying the self-care activities as well as the difficulties faced by individuaIs with oncohematological diseases could help in defining the education and guidance required to control and reduce the risk factors as well as amplify the information these individuals have about these diseases. This study, therefore, has the following objectives: identify the hematological neoplastic diseases as well as the other diseases present in elderly individuals being treated at the oncohematological outpatients unit; identify the self-care activities performed in relation to the treatment and the associated difficulties faced by these elderly individuais. The results demonstrated that the predominating oncohematological disease was multiple myeloma. The other common disease was arterial hypertension. Most of the elderly patients revealed one or more self-care activities. Diagnostic delay, lack of information in relation to the diagnosis, financial limitations and the manifestation of the symptoms were difficulties that most of the elderly patients faced at the beginning of the treatment, during the appearance and continuity of the side effects, as well in the prevention of complications
Subject: Enfermagem
Geriatria
Oncologia
Autocuidado
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rusisca-deToledo_EdegardaHelena_M.pdf25.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.