Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311009
Type: TESE
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da abordagem do protocolo MOVE em uma escola de educação especial na cidade de Paulínia - SP
Title Alternative: Assessment of the MOVE program in a Special Education School in the city of Paulinia - SP
Author: Reis, Carolina Trombeta, 1983-
Advisor: Gomes, Maria Inês Rubo de Souza Nobre, 1960-
Abstract: Resumo: Classicamente, no Brasil, crianças com disfunções neurológicas severas vêm se submetendo a métodos de intervenção para a melhora do desenvolvimento global em ambientes clínicos controlados. Questiona-se, entretanto, se o tratamento clínico de maneira isolada traz ganhos significativos às habilidades da criança em seus diversos ambientes (casa, escola e comunidade). O Programa Mobility Opportunities Via Education (MOVE®) é uma abordagem de avaliação e tratamento funcional para crianças com disfunções severas. O objetivo deste estudo de caso foi compreender a percepção dos professores e monitores referente à utilização da abordagem do MOVE em uma escola de educação especial na cidade de Paulinia-SP. Foram aplicadas entrevistas semi-estruturadas, que visaram qualificar a percepção dos profissionais sobre o MOVE na escola. Verificou-se que a aplicação do MOVE na instituição resultou em uma visão mais humanitária dos profissionais, enfatizou a importância do trabalho em equipe e da promoção do aprendizado motor em ambientes naturais, aumentou a expectativa dos profissionais em relação aos alunos e fez com que os profissionais percebessem mais motivação nas crianças. As principais dificuldades encontradas na adaptação do programa para a realidade brasileira, foram: a falta de tempo dos profissionais; número insuficiente de funcionários; falta de materiais e equipamentos e necessidade de orientações sistemáticas referentes à aplicação do MOVE

Abstract: Classically, in Brazil, children with Cerebral Palsy are still being submitted to methods of intervention to improve overall development in controlled clinical environments. However, it has been questioned if the isolated clinical treatment results in important gains in the child's performance in various environments (home, school, community). The Mobility Opportunities Via Education (MOVE®) program is a functional approach designed to assess and treat children with severe disabilities. The aim of this case study was to understand the perception of the teachers and assistants regarding the MOVE approach in a special education school in the city of Paulinia-SP. A semi-structured interview was conducted, in order to qualify the perception of the professionals about the MOVE program in the school. It was verified that the MOVE program resulted in a more human view from the professionals, enfatized the importance of team work and motor learning in natural environments, increased the expectations of the professionals regarding the students and made it possible for the professionals to notice more motivation in the children. The main difficulties found in the adaptation of the program to the brazilian reality, were: lack of time of the professionals, insufficient number of workers, lack of materials and equipment and the need of systematic orientations regarding the MOVE program
Subject: Avaliação de resultado de intervenções terapêuticas
Transtornos das habilidades motoras
Atividades cotidianas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: REIS, Carolina Trombeta. Avaliação da abordagem do protocolo MOVE em uma escola de educação especial na cidade de Paulínia - SP. 2011. 91 f. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311009>. Acesso em: 18 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Reis_CarolinaTrombeta_M.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.