Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311004
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Capacidade para o trabalho em diferentes modalidades de inserção de um condominio empresarial de alta tecnologia
Author: Fernandes, Angela Cristina Puzzi
Advisor: Cocco, Maria Ines Monteiro
Abstract: Resumo:O trabalho em diferentes setores e na área industrial, em particular, tem sofrido importantes transformações nas duas últimas décadas, dentre as quais devem ser destacadas a criação de empresas focadas num único produto; a utilização de estudantes que trabalham através de bolsa-estágio e de mão-de-obra terceirizada para atividades menos qualificadas. Este estudo tem por objetivo avaliar a capacidade para o trabalho e traçar o perfil em relação a dados demográficos, estilo de vida e trabalho, de três diferentes grupos de trabalhadores que atuam em um condomínio de empresas de alta tecnologia. É um estudo de caráter epidemiológico transversal ou de prevalência. Foi utilizado o Índice de Capacidade para o Trabalho - ICT, instrumento desenvolvido por pesquisadores finlandeses e um questionário com dados demográficos e estilo de vida. De um total de 321 com 40,91% de perdas foram entrevistados 190 trabalhadores que atuavam em um condomínio empresarial de alta tecnologia, no período de junho a novembro de 2002. Houve exata igualdade na proporção entre os sexos, predominaram trabalhadores jovens (16 a 67 anos) e solteiros(63,2%) com grande proporção de experiência prévia com o desemprego (51,6%). Poucos eram tabagistas (13,2%) e muitos realizavam atividades fisicas (62,6%). Em uma escala de zero a dez a média da capacidade atual para o trabalho auto-avaliada foi nove; 44,2% tinham doença com diagnóstico médico, dos quais 16,8% ,tinham três ou mais doenças. O estudo de trabalhadores de empresas que se agregam a grandes empresas é de grande importância, tendo em vista a rotatividade dos mesmos e a ausência, em geral, de um serviço de saúde do trabalhador

Abstract: The work in different sectors and in the industrial area, in particular, has been suffering important transformations in the last two decades, among them it should be highlighted the creation of companies focused in a single product; the use of students who work in an apprenticeship basis and of out sourced labor for less qualified activities. The objective of this study is to evaluate the work ability and to trace the profile in relation to demographic data, lifestyle and work, of three different groups of workers that act in a condominium of high technology companies. It is an epidemiological cross-sectional or of prevalence study. The Work Ability lndex was used - WAI, instrument developed by Finnish researchers and a questionnaire with demographic and lifestyle data. From a total of 321 with the 40,91% of Iosses 190 workers who acted in an enterprise condominium of high technology in the period from June to November of2002. There was exact equality in the proportion between the genders, young workers (16 to 67 years old) and single (63,2%) prevailed with great proportion of previous experience with unemployment (51,6%). Few ofthem were smokers (13,2%) and many had some kind of physical activities (62,6%). ln a scale fromzero to ten the average self assessed current work ability was nine; 44,2% had disease with medical diagnosis, from that join to great companies is of great importance, regarding their turnover and the absence, in general, of a worker's health service
Subject: Estagiarios (Educação)
Terceirização
Promoção da saúde
Saúde e trabalho
Enfermeiros
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernandes_AngelaCristinaPuzzi_M.pdf17.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.