Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310992
Type: TESE
Title: Capacidade para o trabalho entre trabalhadores de empresa metalurgica de uma cidade do interior paulista
Author: Ornellas, Thue Camargo Ferraz de
Advisor: Monteiro, Maria Inês, 1957-
Abstract: Resumo: A expansão do capitalismo em escala global está criando novos cenários econômicos e sociais ocasionando repercussões no mundo do trabalho. A metalurgia no agronegócio do Brasil é um setor que tem apresentado grande dinamismo e obtido resultados financeiros positivos nos últimos anos. Esta pesquisa tem por objetivo avaliar o índice de capacidade para o trabalho, traçar o perfil sociodemográfico e de estilo de vida entre trabalhadores de uma empresa metalúrgica do ramo de agronegócio, no interior paulista. Foram utilizados dois questionários: o índice de Capacidade para o Trabalho - ICT (Tuomi et ai, 1997); e outro, com dados sociodemográficos, trabalho e estilo de vida (Monteiro-Cocco, 1996). Estes estudos foram complementados através da Análise Ergonômica do Trabalho (Rhomert & Landau, 1983). É um estudo de caráter epidemiológico transversal com população de 200 trabalhadores e amostra composta por 142, com idade entre 18 e 66 anos; sendo a maioria (87,3%) do sexo masculino. A capacidade para o trabalho foi ótima para 66,9% dos indivíduos, boa para 29,6% e, moderada, para 3,5%. Foi encontrada associação estatisticamente significativa para as variáveis etilismo, movimento repetitivo, tabagismo e escolaridade. Os resultados demonstraram que pessoas que não fumavam tinham 2,3 vezes maior chance de ter um ICT melhor do que as que fumavam; as com maior escolaridade tinham chance 2,3 vezes maior de ter um ICT melhor do que as com menor escolaridade. Os principais resultados obtidos foram divulgados para os trabalhadores e diretores da empresa, visando a implementação de ações para a promoção à saúde no trabalho

Abstract: The capitalism expansion in global scale is creating new economic and social scenarios with effects on the working conditions. The metallurgy in the Brazilian agribusiness has showed great dynamism and positive financial results for the country in the last years. The aim of this study is to evaluate the working capacity, the socio-demographic profile, and the lifestyle of workers in a metallurgical industry in the agribusiness sector, located in inland São Paulo state. Two health survey questionnaires were used: the Work Ability Index - WAI (TUOMI et ai, 1977), and a questionnaire with socio-demographic, work and life style data elaborated by Monteiro-Cocco (1996). These surveys were complemented through the Ergonomic Work Analyses (RHOMERT ANO LANOAU, 1983). l1's a crosssectional epidemiological study with a sample of 142 workers out of a total population of 200 workers, with an average age of 34,04 years, most of them (87,3%) males. The work ability was considered excellent for 66,9% of the workers in the sample, good for 29,6% and moderate for 3,5%. Significant statistical association was found for the variables alcoholism, repetitive movement, tobacco addiction, and schooling. Results showed that non-smoking persons had 2,3 times more chances to have a betterWAI than the smoking ones, while those with higher number of school years attendance had a 2,3 higher chance of having a better WAI than those with less school years. The main results of the research were communicated to the workers and directors, aiming the implementation of actions to improve healthy working conditions
Subject: Saúde e trabalho
Metalurgicos
Medicina do trabalho
Enfermagem do trabalho
Qualidade de vida no trabalho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ornellas_ThueCamargoFerrazde_M.pdf8.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.