Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310969
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Polimorfismos dos genes HLA e regiões promotoras do TNF-'alfa'-238 e -308 como fatores de sucetibilidade a psoriase e gravidade da doença
Title Alternative: HLA and TNF-Alpha promoter regions -238 and -308 polymorphisms and marks of susceptibility to psoriasis and severety of the disease
Author: Magalhães, Renata Ferreira, 1972-
Advisor: Kraemer, Maria Helena Stangler, 1942-
Abstract: Resumo: Psoríase é uma dermatose inflamatória crônica, determinada por desregulação do sistema imune e associada a várias comorbidades. O marcador genético mais associado à psoríase em todas as populações é o HLA-CW06. Polimorfismos na região promotora do TNF-a, especialmente a troca de uma guanina por uma adenina nas posições -238 e -308 estão relacionados à alta produção de TNF-a e risco aumentado para psoríase nas populações caucasóides e não em asiáticos. Com o objetivo de determinar se polimorfismos destes genes podem ser fatores de risco para susceptibilidade ou gravidade da doença em pacientes brasileiros, foi realizado um estudo caso-controle com 69 pacientes com psoríase de início até 40 anos, com acompanhamento por dez anos para caracterização de sua evolução clínica em doença leve (grupo I) e grave (grupo II), e 70 indivíduos sadios. Foi feita a identificação dos alelos HLA classe I e II e SNPs da região promotora do TNF-a -238 e -308. Coletaram-se 10 mL de sangue periférico dos indivíduos e se realizou a extração do DNA através do método salting out. O DNA foi amplificado pela reação em cadeia da polimerase (PCR), com primers sequência-específica. As freqüências alélicas e gênicas foram estimadas por contagem direta e a comparação entre as frequências dos grupos foi efetuada por Teste de Fisher (programa GraphPad InStat 3.05). Dois métodos computacionais foram usados para determinar os haplótipos dos indivíduo: (1) o algoritmo ELB implementado pelo software Arlequin 3.1 e (2) um método de base coalescente implementado pelo software PHASE v2, e as freqüências de cada haplótipo foram comparadas por Teste de Fisher. No grupo II, observou-se maior associação com fatores desencadeantes como estresse, início na adolescência e predominância do sexo masculino. Pode-se sugerir que os alelos HLA-B*37, -Cw*06, -Cw*12 e -DRB1*07 foram associados ao curso mais grave da doença, enquanto - B*57 à doença mais leve. O aielo DRBT04 teve tendência a associação negativa. Ao se comparar o grupo I com o grupo II, o alelo HLA-B*37 pode ser interpretado como fator de mau prognóstico. Não houve diferença estatística entre polimorfismos da região promotora do TNF-a entre pacientes e controles. Este estudo apontou uma alta frequência do genótipo TNF-a -238 G/G {OFt 3,21; Cl:1,06-9,71; p=0,04), assim como do alelo -238 G, no grupo com doença mais grave e, ao contrário, o genótipo -238 G/A com frequência maior no grupo de boa evolução. O haplótipo -238A-308G mostrou frequência reduzida conferindo um efeito protetor. Estes dados não correspondem ao reportado para as populações caucasianas, considerando que a população brasileira é miscigenada. Polimorfismos dos SNPs do TNF-a não parecem ser um fator de susceptibilidade genética mais importante do que o já conhecido HLA-Cw*06 em pacientes brasileiros, mas podem ter relação com as manifestações e evolução da doença.

Abstract: Psoriasis is an erythematous, scaly inflammatory dermatosis with a complex immunologic basis. The strongest genetic marker for psoriasis is HLA-Cw*06. Polymorphisms in the TNF-a promoter region, especially replacement of guanine with adenine in positions -238 and -308 are related to higher TNF-a production and higher risk for psoriasis in Caucasoid populations, not found in Asians. We did a case-control study of 69 patients with psoriasis type I and 70 controls, characterized clinical progression along 10-years of follow-up in mild or severe disease and determined HLA class I, II and TNF-a SNPs -238 and -308 polymorphisms to demonstrate whether these polymorphisms may be genetic risk for susceptibility to psoriasis or severity of the disease in Brazilians. Peripheral blood (10 ml) was collected. Genomic DNA from both psoriasis patients and controls was isolated using a salting out procedure. Polymorphisms were identified by PCR/SSP. Alleles and genotypes frequencies were compared by Fisher's test (GraphPad InStat 3.05 software). Two computational methods were used to determine the haplotypes of each subject, without taking into account any prior information: (1) the ELB algorithm implemented by the ARLEQUIN 3.1 software and (2) a coalescence based method as implemented by the PHASE v2 software. The haplotype frequencies were compared between group pairs by Fisher's test. Severe disease was found more frequently in male patients, associated with environmental factors and onset at adolescence. It may be suggested that alleles HLA- B*37, -Cw*06, -Cw*12 and -DRB1*07 were associated with severe disease course, while -B"57 with mild disease. No statistical difference was found between the patients and controls regarding polymorphisms frequencies in TNF SNPs. This study pointed to a higher TNF-238 G/G genotype frequency (OR 3,21; Cl:1,06-8,71; p=0,04) in the group with severe disease and -238A-308G haplotype was found in reduced frequencies revealing a protective effect. These data do not correspond to those reported for the Caucasian population, considering that Brazilian population is admixed, and this is the first consideration about TNF-a SNPs in psoriasis in this population. Polymorphisms in the TNF-a SNPs do not seem to be a more important genetic risk factor for psoriasis than the already known Cw*06 in Brazilian patients, but these markers may be related to clinical manifestations.
Subject: Biologia molecular
Dermatologia
Imunogenetica
Fator de necrose tumoral alfa
Complexo principal de histocompatibilidade
Fatores de risco
Psoriase
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MAGALHÃES, Renata Ferreira. Polimorfismos dos genes HLA e regiões promotoras do TNF-'alfa'-238 e -308 como fatores de sucetibilidade a psoriase e gravidade da doença. 2009. 268 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310969>. Acesso em: 14 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Magalhaes_RenataFerreira_D.pdf44.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.