Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310928
Type: TESE DIGITAL
Title: Estudo do efeito de supressão do potencial evocado auditivo P300 em crianças com distúrbio de aprendizagem
Title Alternative: P300 suppression effect in children with learning disorder
Author: Ubiali, Thalita, 1984-
Advisor: Santos, Maria Francisca Colella dos, 1963-
Abstract: Resumo: Tema: influência da apresentação de ruído branco contralateral nas respostas do P300 auditivo em um grupo de crianças com distúrbio aprendizagem (DA) em comparação com um grupo de crianças com dificuldades escolares de origem pedagógica ou ambiental e um grupo de crianças sem queixas acadêmicas. Objetivo: comparar as latências e amplitudes do P300 de crianças com distúrbio de aprendizagem e crianças com dificuldade escolar em duas condições de avaliação - sem e com ruído branco contralateral ¿ a fim de verificar se ocorrerá o efeito de supressão no P300. Desenho do estudo: Estudo observacional descritivo-analítico de corte transversal desenvolvido no Centro de Estudos e Pesquisa em Reabilitação Prof. Dr. Gabriel O. S. Porto (CEPRE) da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Material e Métodos: foram avaliadas 37 crianças, de ambos os sexos, com idades entre 8 e 15 anos, divididas em três grupos: 10 crianças com diagnóstico interdisciplinar de distúrbio de aprendizagem segundo os critérios do DSM-V (GDA); 12 crianças com dificuldades escolares (de origem pedagógica ou ambiental) segundo avaliação interdisciplinar (GDE); e 15 crianças sem queixas auditivas e escolares (GC). Todas as crianças apresentaram audição periférica normal para inclusão na pesquisa. Foram excluídas da pesquisa as crianças que apresentaram alterações auditivas periféricas, diagnóstico interdisciplinar de TDAH ou de outras síndromes genéticas, neurológicas ou neuropsiquiátricas (realizado pelo DISAPRE/FCM/UNICAMP). Para a realização da avaliação do P300, todos os sujeitos foram submetidos à mesma tarefa de discriminação auditiva, identificando e contando todas as vezes que o estímulo infrequente aparecia. O exame foi realizado em duas condições de avaliação: sem e com a apresentação de ruído branco contralateral a 75 dBNA. Além da avaliação do P300, uma avaliação comportamental do processamento auditivo foi conduzida através dos testes: Teste Dicótico de Dígitos, Teste Padrão de Frequência e Gaps In Noise Test (GIN). Resultados: as crianças dos grupos GDE e GC apresentaram aumento de latência do P300 na presença de ruído contralateral. Não foi observada significância estatística entre as avaliações sem e com ruído no grupo GDA. Em relação à avaliação comportamental, houve diferença entre os grupos em todos os testes aplicados, com pior desempenho do GDA e GDE em relação ao GC. Conclusão: os resultados deste trabalho apontam para a necessidade de considerar as questões relacionadas ao processamento auditivo na avaliação e planejamento terapêutico de crianças com distúrbio de aprendizagem e dificuldade escolar

Abstract: Subject: White noise contralateral stimulation effects on Auditory P300 in children with Learning Disorder compared to children with Academic Difficulties (due to lack of stimulation, sociocultural or educational problems) and to children in typical development of the academic skills. Aim: To compare the latencies and amplitudes of P300 auditory event-related potentials in children with learning disabilities and children with academic difficulties in two assessment conditions: with and without white noise contralateral stimulation. Study design: observational cross-sectional survey carried out at the Centre of Research and Studies in Rehabilitation (CEPRE) - Faculty of Medical Sciences of the University of Campinas. Material and method: 37 children ranging from 8 to 15 years of age, both genders, who underwent auditory P300 assessment. Children were divided into 3 groups: LDG - 10 children with Learning Disorder as per interdisciplinary diagnosis, according to DSM-V criteria; ADG ¿ 12 children with academic difficulties (due to stimulation, sociocultural or educational problems, as identified by a multidisciplinary team at DISAPRE/FCM/UNICAMP); and CG ¿ 15 children in typical development without academic complaints. All subjects included in the study were normal hearing. Children with hearing impairments, attention deficit hyperactive disorder or any other genetic neural or psychological disease were excluded. To elicit P300 all subjects were submitted to the same auditory discrimination task: to identify and to count the target stimuli. P300 assessment was conducted in two recording conditions: with and without using contralateral white noise at 75 dB HL. Results: ADG and GC children demonstrated significant P300 latency delay in the condition with noise. No significant differences were observed between conditions with and without noise in the LDG group. LDG and ADG children performed significantly poorer on all applied auditory processing tests when compared to CG children. Conclusion: the present results points to the importance of considering the auditory processing aspects on the evaluation and intervention planning of children with Learning Disorder and Academic Difficulties
Subject: Audição
Transtornos de aprendizagem
Vias eferentes
Eletrofisiologia
Potencial evocado P300
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ubiali_Thalita_M.pdf2.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.