Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310914
Type: TESE
Title: Estudo da tarefa motora de fala alternada em idosos e suas relações com medidas temporais de deglutição
Title Alternative: Correlation study of speech alternating motion rate and temporal measures of swallowing in the elderly
Author: Dias, Debora Aviz Bastos
Advisor: Guariento, Maria Elena, 1955-
Abstract: Resumo: O processo de envelhecimento do corpo está relacionado às mudanças orgânicas e funcionais, envolvendo a deterioração das estruturas laríngeas, faríngeas, e os articuladores ao nível de sistema estomatognático, diminuindo assim a capacidade das funções, como, a deglutição e articulação. Há relato sobre as características da deglutição na população idosa, porém, observa-se carência de estudos que descrevam valores de referência quanto à velocidade e duração do movimento motor de fala. Objetivo: Caracterizar medidas de tarefa motora de fala alternada em idosos e correlacionar tais medidas com os intervalos de duração obtidos em fases oral e faríngea da deglutição. Métodos: Participaram desta pesquisa um total de 53 indivíduos, sendo 28 adultos com faixa etária entre 18 e 59 anos (Grupo I), 14 idosos com idade entre 60 e 79 anos (Grupo II), e 11 idosos com idade maior que 80 anos (Grupo III). Foram obtidas as medidas da tarefa motora de fala alternada (TMFA) e analisados os parâmetros de duração média do período (AVP), taxa média de sílabas por segundo (AVR) e coeficientes de variação da produção articulatória (CVP e JIT), em programa computadorizado de análise de voz e fala Multi-speech. Dos 25 idosos, 15 com faixa etária de 60 a 89 anos foram submetidos à videofluoroscopia da deglutição, em que foram ofertados aos indivíduos alimentos na consistência néctar, mel e pudim, sendo calculado a duração das fases da deglutição, quadro a quadro, por meio do software VirtualDub. Resultados: Os resultados permitiram concluir que os idosos apresentaram valores maiores de duração de emissão e valores menores de taxa de sílabas por segundo, quando comparados com o grupo dos adultos. Além disso, os coeficientes de variação da TMFA diferenciaram-se, de forma estatisticamente significante, entre os grupos. Analisando a relação entre as medidas de fala e de deglutição, observa-se correlação positiva e significante (p < 0.05, r = +0.62254) entre os parâmetros de AVP da emissão /A/ e o aumento da duração da fase faríngea durante a deglutição da consistência pudim. Ao mesmo tempo em que se constata correlação negativa e significante (p <0.05; r= -0.56630) entre os parâmetros de AVP da emissão /KA/ e a duração do movimento motor de dorso de língua durante a deglutição para a consistência pudim. Conclusão: Os dados obtidos de TMFA são diferentes em indivíduos idosos, em comparação aos adultos, e não parecem apontar para progressões quanto à habilidade de produção para cada tipo de emissão. Para melhor investigação e definição sobre as diferenças entre os grupos II e III no que se refere à facilidade de produção das sílabas, torna-se interessante analisar amostras maiores de idosos. Além disso, pelos resultados encontrados, não é possível determinar se a agilidade motora, necessária durante a TMFA, esteja diretamente relacionada ao grau de força muscular exigida nas fases da deglutição. Estes resultados iniciais requerem definição e confirmação desta correlação em estudos longitudinais e com amostras maiores de idosos

Abstract: The aging process of the body is related to organic and functional changes, involving the deterioration of the laryngeal, pharyngeal and articulation systems and reducing some functional abilities, such as swallowing and speech. There are studies of characteristics of swallowing in the elderly, however, there is a lack of studies that describe the reference values of rate and duration in the speech alternating motion rate (AMRs). Objective: describe measures of speech alternating motion rate in the elderly and correlate these measures with temporal measures obtained in oral and pharyngeal phases of swallowing. Methods: Participants were 28 adults aged between 18 and 59 years (Group I), 14 elderly patients aged 60 to 79 years (Group II) and 11 elderly patients older than 80 years (Group III). They performed alternating motion rate with emissions /PA/, /TA/, /KA/ and /A/. The collected samples were analyzed through appropriated software, namely KAYPENTAX Motor Speech Profile. The investigated parameters were the average consonant-vowel period (AVP) and the average syllables per second rate (AVR). In total, 15 elderly individuals, aged between 60 and 89 years, were underwent videofluoroscopy of swallowing. Researchers offered to individuals in food consistency thin liquid, honey and pudding. Next, the duration of various phases, were calculated, frame by frame (ms) by the software Virtual Dub. Results: The results showed that the elderly had higher values of emission duration and lower values of rate of syllables per second, compared with the group of adults. Moreover, the coefficients of variation of AMRs were different and were statistically significant between the groups. It was observed a positive and significant correlation (p < 0.05) between the AVP and AVR parameters of the /A/ and the increasing of the duration of the pharyngeal phase during swallowing pudding consistency, which was not observed in the liquid. The AVP and AVR measures for /PA/ were correlated in a positive way with the oral phase duration. Conclusion: Data from AMRs are different in the elderly compared to adults, and not seem to indicate progression of the ability of production for each type of emission. To further research and definition of the differences between groups II and III with regard to ease of production of syllables, it is interesting to analyze larger samples of elderly. Although there is correlation between the duration of the vocal folds movement for /A/ and the duration of the pharyngeal phase of swallowing in the pudding consistency, it is not possible to determine the glottal motor agility, needful in the AMR, is directly related to the required muscle strength in the pharyngeal phase of viscous consistency. These initial results require confirmation and definition of this correlation in longitudinal studies and with larger samples of elderly
Subject: Fala
Medida de produção da fala
Deglutição
Idosos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_DeboraAvizBastos_M.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.