Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310840
Type: TESE
Title: Adesão de mães de lactentes a um programa de monitoramento do desenvolvimento auditivo e de linguagem
Title Alternative: Membership of mother of infants for a monitoring program development hearing and language
Author: Frederico, Michele, 1985-
Advisor: Lima, Maria Cecilia Marconi Pinheiro, 1955-
Abstract: Resumo: O monitoramento do desenvolvimento auditivo e de linguagem, no primeiro ano de vida, possibilita a identificação precoce de uma perda auditiva e o encaminhamento da criança para os serviços especializados, caso o problema se confirme. Os objetivos do presente estudo foram os de analisar a utilização de estratégias de comunicação com mães de crianças com indicadores de risco para perda auditiva na adesão a um Programa de Monitoramento do Desenvolvimento Auditivo e de Linguagem, conhecer o perfil das mães que retornam para o monitoramento e a concepção que as mães possuem sobre as conseqüências de uma perda auditiva na infância. Os participantes do estudo foram mães encaminhadas de um hospital público, que compareceram para a realização da triagem auditiva do lactente realizada no seu primeiro mês de vida. Os lactentes que na triagem auditiva tiveram resultado normal, mas que possuíam algum indicador de risco era agendado para o Programa. As mães receberam informações, por meio de folder explicativo, sobre o desenvolvimento auditivo e as consequências de uma perda auditiva tardia, além de ligação telefônica dois dias antes da data agendada. A pesquisa caracterizou-se do tipo prospectivo longitudinal com análise quantitativa e qualitativa. Os dados foram coletados no período de agosto de 2011 a fevereiro de 2012, obtidos por meio do número de comparecimentos no livro de registros dos lactentes e entrevista semi-estruturada com as mães. Foram utilizados dados dos anos de 2009 e 2010 para comparação da freqüência de retornos das mães. Em 2009, 121 (49,19%) mães aderiam ao Programa; em 2010, 148 (50,17%) e em 2011, com as estratégias do telefonema e do uso do folder explicativo, 195 (58,38%) mães aderiram. Foram entrevistadas 53 mães, sendo que 38 (71,69%) disseram não ter dificuldades em comparecer às avaliações, embora alguns fatores tenham dificultado o comparecimento, tais como: dispensa no trabalho e uso do transporte coletivo. As principais razões de adesão foram: preocupação quanto à audição, presença de indicador de risco e retorno agendado. Com relação ao perfil das mães, a maioria possuía ensino médio completo, se encontrava em união estável, procedentes da cidade de Campinas e não possuíam vínculo empregatício. Do grupo entrevistado, 39 (73,58%) mães demonstraram ter algum conhecimento sobre a deficiência auditiva. A maioria das mães se preocupa com a audição do lactente, com a questão do aprendizado escolar e fazem relação entre fala e audição

Abstract: The monitoring of auditory and language development in the first year of life, enables early identification of hearing loss and referral of children to specialized services if the problem is confirmed. The objectives of this study were to examine the use of communication strategies with mothers of children with risk factors for hearing loss in adhesion to a Monitoring Program of Development of Auditory and Language, knowing the profile of mothers who return to monitoring and design that mothers have about the consequences of hearing loss in childhood. Study participants were mothers referred from a public hospital, who attended the hearing screening of infants performed in their first month of life. Infants with hearing screening results were normal but had some risk indicator, were booked into the program. Mothers received information through explanatory folder on auditory development and the consequences of hearing loss late addition to phone call two days before the scheduled date. The research was characterized with a prospective longitudinal quantitative and qualitative analysis. Data were collected from August 2011 to February 2012, obtained by the number of appearances in the book of records of infants and semi-structured interviews with mothers. Data from 2009 and 2010 to compare the frequency of returns of mothers. In 2009, 121 (49.19%) mothers adhered to the program, in 2010, 148 (50.17%) and in 2011, with the strategies of the call and the use of explanatory folder, 195 (58.38%) mothers joined. 53 mothers were interviewed, of which 38 (71.69%) said they had difficulties in attending assessments, although some factors have hampered attendance such as waiver at work and use of public transport. The main reasons for membership were: concern about hearing, presence of indicator of risk and return scheduled. Regarding the profile of mothers, the majority had completed high school, was in stable, coming from the city of Campinas and had no employment. The respondent group, 39 (73.58%) mothers were found to have some knowledge about hearing impairment. Most mothers worry about hearing the infant, with the issue of school learning and make the relationship between speech and hearing
Subject: Desenvolvimento da linguagem
Audição
Perda auditiva
Perda de seguimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Frederico_Michele_M.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.