Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310793
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo de associação da fisioterapia por aumento de fluxo expiratório e episódios de refluxo gastroesofágico em recém-nascidos prematuros com displasia broncopulmonar
Title Alternative: Association of the physiotherapy by increased expiratory flow and acid esophageal exposure in preterm infants with bronchopulmonary dysplasia
Author: Camy, Lia Franco Serrou
Advisor: Mezzacappa, Maria Aparecida Marques dos Santos, 1956-
Abstract: Resumo: A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é considerada a doença esofágica mais comum no período neonatal, prolongando o tempo de internação de recém-nascidos (RN) nas unidades de tratamento intensivo neonatal. Apresenta-se frequentemente associada a todo tipo de manifestação respiratória, tanto em via aérea superior como no trato respiratório inferior. O efeito da fisioterapia respiratória sobre os episódios de refluxo, bem como a DRGE, é ainda um assunto não investigado em RNPT, e controverso nas demais faixas etárias. O objetivo do estudo foi determinar a associação da fisioterapia respiratória Aumento de Fluxo Expiratório (AFE) com episódios de refluxo ácido em prematuros com displasia broncopulmonar internados no Serviço de Neonatologia do CAISM. Os episódios de refluxo foram avaliados através da monitorização prolongada do pH esofágico e o diagnóstico de DRGE foi estabelecido pelas manifestações clínicas e pelo índice de refluxo ? 10%. Foram estudados os parâmetros da monitorização do pH antes e durante o procedimento da AFE em decúbito dorsal horizontal, na segunda e terceira horas de pós-prandial. Foram incluídos dezoito sujeitos randomizados em grupos de estudo, que receberam duas sessões de fisioterapia em dois momentos de pós-prandial Grupo 1 (n=9)-início do estudo pela segunda hora pós-prandial, Grupo 2 (n=9)- terceira hora de pós-prandial). O estudo foi experimental do tipo crossover. Para comparar as variáveis categóricas e as variáveis contínuas, entre os períodos (2ª e 3ª hora), foram utilizados, respectivamente, o teste exato de Fisher e o teste de U de Mann-Whitney. Para a comparação das variáveis numéricas entre os 2 períodos e entre as 2 avaliações (antes e durante a fisioterapia), foi utilizada a análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas, seguida do teste de comparação múltipla de Tukey para comparar os grupos em cada momento, e o teste de perfil por contrastes para analisar a evolução entre avaliações, em cada período. O nível de significância adotado para os testes estatísticos foi de 5%. No grupo 1, na 2ª hora de pós-prandial, ocorreu redução significativa dos parâmetros da monitorização do pH durante a fisioterapia comparando-se com os 20 minutos prévios. No grupo 2 não houve diferença significativa entre os parâmetros da monitorização do pH antes e durante a fisioterapia, em nenhum dos períodos de pós-prandial analisados. A AFE, em decúbito dorsal horizontal, em prematuros com displasia broncopulmonar, com e sem DRGE, não determina aumento significativo do número e duração dos episódios de refluxo ácido, na segunda e terceira horas após a alimentação

Abstract: The gastroesophageal reflux disease (GERD) is considered the most common esophageal disease in the neonatal period, extending the period of hospitalization of newborns (NB) in the neonatal intensive care units. GERD often appears associated with all sorts of respiratory manifestation, both in the upper airway and lower respiratory tract. The effect of physiotherapy on the episodes of reflux and GERD is still an issue not investigated in preterm infants, and controversial in the other age groups. The aim of this study was to determine the association of respiratory therapy Increased Expiratory Flow (IEF) with episodes of acid reflux in premature infants with Bronchopulmonary Dysplasia hospitalized in the Neonatology Service of CAISM. Reflux episodes were evaluated by the esophageal pH monitoring and diagnosis of GERD was established by clinical symptoms and the reflux index ? 10%. The study also evaluated and compared the parameters of pH monitoring before and during the procedure of IEF, performed in supine position, in the second and third hour post-prandial. Eighteen subjects were randomized to receive either two sessions of physiotherapy at two post-prandial moments (Group 1-initiated study by the second postprandial hour, Group 2 - by the third hour post-prandial). The study was experimental crossover. To compare categorical variables and continuous variables between the periods (2nd and 3rd hour) it was used, respectively, the Fisher exact test and the U test of Mann-Whitney. For the comparison of numerical variables between the two periods and between the two assessments (before and during physical therapy) it was used the analysis of variance (ANOVA) for repeated measures followed by multiple comparison test of Tukey for the groups inside each moment, and the profile test by contrasts to examine the evolution of ratings for each period. The level of significance for statistical tests was 5%. In group 1, by the 2nd hour post-prandial, there was a significant reduction of the parameters of pH monitoring during therapy compared to the 20 minutes prior period. In group 2 no significant difference between the parameters of pH monitoring before and during therapy in any of the postprandial periods was observed. The AFE, in the supine position in preterm infants with bronchopulmonary dysplasia, with and without GERD, does not cause significant increase in the number and duration of acid reflux episodes in the second and third hour after feeding
Subject: Displasia broncopulmonar
Refluxo gastroesofágico
Prematuro
Terapia respiratória
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAMY, Lia Franco Serrou. Estudo de associação da fisioterapia por aumento de fluxo expiratório e episódios de refluxo gastroesofágico em recém-nascidos prematuros com displasia broncopulmonar. 2010. 91 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310793>. Acesso em: 17 ago. 2018.
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Camy_LiaFrancoSerrou_M.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.