Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310767
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo da manifestação da Disfunção Temporomandibular (DTM) influenciada pelo estresse na população de uma universidade publica
Author: Manfredi, Ana Paula Sereni
Advisor: Silva, Ariovaldo Armando da, 1951-
Abstract: Resumo: Alguns estudos mostram que pacientes com DTM vivenciam maior ansiedade do que o grupo controle, podendo ser esta apenas uma das várias manifestações somáticas do estresse. Os pacientes apresentam uma ampla gama de manifestações sintomatológicas, nas quais causa e efeito se confundem, impossibilitando uma visão parcial das DTM, remetendo-se a uma observação e pesquisa global, não se fixando somente na área odontológica. Os objetivos deste estudo foram: a) identificar os sujeitos portadores de DTM dentro de uma comunidade fechada, composta por alunos, funcionários e professores de uma universidade pública do interior do Estado de São Paulo; b) investigar o nível do estresse ambiental desses sujeitos; c) verificar quanto este estresse participa na etiologia das DTM de origem muscular; d) realizar análises comparativas entre os sujeitos da amostra. Realizou-se um procedimento de amostragem probabilística estratificada proporcional nesta população, composta de 455 indivíduos, entre 17-63 anos. Os indivíduos foram abordados, por duas cirurgiãs-dentistas especialistas em Dores Orofaciais e Disfunção das ATM, na saída dos dois refeitórios existentes na instituição e também em todas as cantinas do Campus, entre os horários de 12 às 14 horas utilizando o questionário de triagem recomendado pela American Academy of Orofacial Pain e a Escala de Reajustamento Social (SRRS). Os testes estatísticos utilizados foram os de Kruskal-Wallis e Chi-quadrado e para a relação conjunta entre as variáveis, a Análise de Correspondência Múltipla (ACM). Verificou-se que a população feminina apresentou os maiores percentuais, em todas as faixas etárias, do perfil de portadores de DTM (p=0,0001) e também em 22,07% apresentaram os maiores níveis de estresse. A associação positiva entre DTM e o estresse esteve presente na população feminina com diferença estatisticamente significativa em relação à masculina (p=0.0001), sendo que 90,91% das portadoras de DTM apresentavam alto nível de estresse, e o subgrupo que apresentou maior correspondência entre DTM e estresse foram às funcionárias e alunas de pós-graduação, na faixa etária entre 25-44 anos. A etiologia das desordens temporomandibulares, ainda hoje parece ser fonte de controvérsia na literatura e desperta a curiosidade da comunidade científica. Desta forma, há a necessidade de se identificar um aspecto que seja mais atuante em um determinado momento para que protocolos terapêuticos possam ser estabelecidos. Também é indispensável que os pacientes sejam vistos do ponto de vista biológico, comportamental, ambiental e cognitivo para que seja possível obter a cura ou mesmo a remissão dos sintomas dolorosos. Os achados do presente estudo reforçam os diversos trabalhos que já evidenciaram que o sexo feminino é o mais acometido pelas DTM e também têm demonstrado associação positiva entre estresse e DTM. Existem diversas razões para identificar problemas psicológicos em pacientes portadores de DTM, pois quando estes estão relacionados ao estresse, as chances do paciente responder mal ao tratamento são altas

Abstract: The literature reports evidence that some patients with TMD suffer more anxiety than those from the control group, considering that one among several stress somatic manifestations. In general, patients present a large amount of symptomatic manifestations, in which cause and effect mix up. Such fact makes a partial view of TMD impossible, leading us to a global research considering not only the dental field.The aim of this study was to: a) identify individuals with TMD in the chosen population ¿ composed by students, employees and professors of a public university in the interior of the state of São Paulo, Brazil; b) investigate the environmental stress level of the subjects; c) verify how much the stress is an initialization or even modifying factor of TMD from muscular origin and d) make a comparative analysis of the results obtained among the subjects of the sample. A sample of 455 individuals, from both genders and ages from 17 to 63, was selected by a ratio study. The individuals were approached, by two dentists specialized on TMD and orofacial pain, at the exit of the cafeterias of the institute, between noon and 2 pm. A screening questionnaire recommended by the American Academy of Orofacial Pain (1996) and the Social Readjustment Rating Scale (SRRS) was used. The statistical tests utilized were the Kruskal-Wallis test and the Chi-Square; to analyze the conjoined relation among the variables, the Multiple Correspondence Analysis (MCA) was used. The results were as follows: the prevalence of TMD among women is significantly superior in comparison to men in the same age group (p=0.0001) and also through the analysis of the stress questionnaire, it was verified that 22.07% of women presented high level of stress. The analysis of the stress questionnaire of the individuals with TMD demonstrated that 90,91% of the subjects had high stress level and the subgroup that presented larger correspondence between TMD and stress was composed of women, employees and graduate students, between 25-44 years. The etiology of TMD is still controversial and rises interest in the scientific community. The identification of the most relevant aspect in a considered moment is required in order to establish therapeutic protocols. It is also essential to evaluate the patient under biological, behavioral, environmental and cognitive aspects allowing the healing or remission of pain symptoms. The findings of the present study suggest that women present more TMD and that there is positive association between TMD and the environmental stress.There are several reasons to identify psychologic problems in patients with TMD because if these problems are stress related, there is a high probability that the patient will answer badly to the treatment
Subject: Questionários - Metodologia
Dor facial - Diagnóstico
Estresse psicologico - Complicações
Transtornos da articulação temporomandibular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Manfredi_AnaPaulaSereni_M.pdf312.07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.