Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310766
Type: TESE
Title: Uma outra possibilidade para a reabilitação da flacidez facial e do bruxismo
Author: Jardini, Renata Savastano Ribeiro
Advisor: Moysés, Maria Aparecida Affonso, 1949-
Abstract: Resumo: O bucinador é um músculo mímico, que participa em atividades complexas da face, como sopro, sorriso, sucção e inclusive nas atividades do sistema estomatognático, uma vez que mantém os alimentos em contato com os dentes molares, evitando-se o acúmulo no vestíbulo. Por apresentar uma localização central e profunda na face está diretamente relacionado ao tono muscular, sendo sua hipoatividade associada à flacidez facial, presente em crianças, adultos e idosos. A etiologia da flacidez facial é multifatorial, destacando-se o processo de envelhecimento, as irregularidades das funções orofaciais e as alterações respiratórias e posturais. A parafunção oral bruxismo define-se como o contato dentário não funcional, caracterizado pelo apertamento ou rangido da dentição, podendo ocorrer durante o dia ou à noite, não sendo, ainda, definida a sua etiologia. O propósito do presente trabalho foi dividido em três partes: partindo da busca da localização externa na face para a fixação do eletrodo de superfície, uma análise quantitativa eletromiográfica (EMG) do músculo bucinador com a utilização do Exercitador Facial, idealizado pela autora para exercitar a musculatura facial, até culminar na correlação entre os músculos bucinador e masseter, com portadores de flacidez facial e bruxismo. O primeiro estudo pesquisou o ponto externo da face da localização do músculo bucinador para fixação do eletrodo de superfície, analisando 15 peças anatômicas. O segundo artigo avaliou eletromiograficamente 26 indivíduos, divididos segundo presença/ausência de flacidez facial, antes, durante e após o uso do aparelho por três meses de intervenção. O terceiro estudo correlacionou 39 indivíduos, divididos segundo presença/ausência de bruxismo, analisando-se eletromiograficamente a atividade muscular do bucinador e masseter, antes e após o uso do Exercitador Facial. Os indivíduos com flacidez apresentaram inicialmente valores de amplitude do sinal EMG, registrados em root-mean-square (RMS), do músculo bucinador, inferiores aos normais, e com o uso do aparelho obtiveram significativo aumento, aproximando-se do grupo controle a partir de 10 dias de uso, e após 70 dias de uso diário não se detectaram diferenças entre os grupos. A face dos indivíduos flácidos tornou-se mais fina, harmônica, minimizando significativamente o acúmulo de alimentos no vestíbulo após a deglutição. Constatou-se, ainda, que os indivíduos bruxistas apresentaram maior amplitude/EMG do masseter, em relação aos normais, e o grupo experimental diminuiu essa atividade, atenuando os sintomas do bruxismo. A análise espectral EMG do bucinador dos bruxistas passou a apresentar contrações assincronizadas ao masseter (abaixamento da mandíbula), após o uso do aparelho, equiparando-se aos indivíduos normais. Com os dados obtidos por meio da EMG, instrumento eficaz na avaliação e controle da reabilitação muscular facial, pôde-se constatar estatisticamente, para o grupo em estudo, a correlação entre os referidos músculos e, que o Exercitador Facial é eficiente e rápido como redutor da flacidez facial, equiparando o músculo bucinador flácido aos normais, restabelecendo suas reais funções e propiciando a atenuação do bruxismo

Abstract: The buccinator is a mimetic muscle, which participates in facial complex activities, such as blow, smile, suction, besides taking part in the stomatognathic system activities, since it leads food to be in touch with molar teeth, avoiding accumulation in the vestibule. For its position in a central deep site of the face, it is strongly related to muscle tonus, and its hypoactivity is associated with facial flaccidity, which is present in children, adults and elderly people. Facial flaccidity etiology is multifactorial, however, the aging process, irregularities in orofacial functions, along with respiratory and postural changes must be highlighted. The oral parafunction referred to as bruxism is defined as non-functional dental contact, characterized by tooth pressing or creak. It may happen during the day or overnight, and its etiology has not been established yet. The objective of this present study was divided in three parts: from the search for the facial external location for the surface electrode fixation, an electromyographic (EMG) quantitative assessment of the buccinator muscle with the use of the Facial Exerciser, which was developed by the author so as to exercise the facial musculature, ending up with the correlation of the buccinator and the masseter muscles with patients featuring facial flaccidity and bruxism. The first study researched the buccinator muscle facial external point for the surface electrode fixation, through the analysis of 15 anatomical study pieces. The second article evaluated 26 individuals electromyographically, divided according to presence/absence of facial flaccidity before, during and after the use of the device for three months of therapy. The third study correlated 39 individuals, divided according to presence/absence of bruxism through the electromyographic analysis of the buccinator and masseter muscles activity, before and after the use of the Facial Exerciser. The individuals featuring flaccidity initially showed EMG signal amplitude values of the buccinator muscle, recorded in root-mean-square (RMS), lower than the normal rates, and with the device use they obtained a significant rise, showing values near the control group since 10 days of use; after 70 days of daily use no differences were detected between the groups. The flaccid individuals' faces became thinner and more harmonic, significantly minimizing food accumulation in the vestibule after deglutition. It was also possible to verify that bruxers featured a higher masseter EMG/amplitude when compared to the normal group. Besides, the experimental group decreased this activity, attenuating the bruxism symptoms. The bruxers' bucinator EMG spectral analysis started showing assynchronous contractions related to the masseter (mandible lowering), which was equivalent to the normal group after the device use. With the data obtained by means of EMG, an efficient instrument for assessing and controlling the facial muscular rehabilitation, it is statistically possible to state that the quoted muscles correlated, and that the Facial Exerciser is efficient and fast as a facial flaccidity reducer for the experimental group, equalizing the flaccid buccinators to the normal muscles, reestablishing their real functions and providing bruxism attenuation
Subject: Eletromiografia
Fonoaudiologia
Bruxismo
Face - Músculos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jardini_RenataSavastanoRibeiro_M.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.