Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310760
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação dos parâmetros antropométricos e metabólicos de pacientes em acompanhamento ambulatorial com diagnóstico de proteinúria glomerular
Title Alternative: Assessment of anthropometric and metabolic parameters of patientes in outpatient follow up diagnosed with glomerular proteinuria
Author: Filiponi, Thais Pinheiro, 1986-
Advisor: Alves, Maria Almerinda Vieira Fernandes Ribeiro, 1953-
Abstract: Resumo: Introdução: A síndrome nefrótica é uma condição clínico-laboratorial caracterizada por proteinúria maciça, hipoalbuminemia, hiperlipidemia e edema. O edema é uma manifestação clínica comum e dificulta a avaliação e monitoramento do estado nutricional. A maioria das técnicas de aferição, utilizadas rotineiramente para avaliar o estado nutricional, tem limitações na sua aplicação. Objetivo: O objetivo desse estudo foi monitorar a avaliação corporal em pacientes com diagnóstico de proteinúria glomerular em acompanhamento ambulatorial, comparando os resultados obtidos por meio de parâmetros antropométricos e correlacionando-os com o estado clínico e dados laboratoriais. Métodos: Foram incluídos, entre 2008 e 2011, 47 pacientes adultos (>18 anos), em acompanhamento ambulatorial com proteinúria e doença glomerular comprovada por biópsia renal. Os pacientes foram avaliados no início do acompanhamento (T0) e após 6 meses (T6 n=25) de acompanhamento. Para avaliar os efeitos do nível de albumina sérica nos parâmetros avaliados o grupo foi dividido em pacientes normoalbuminêmicos (n=14) e hipoalbuminêmicos (n=11) de acordo com a presença de albuminemia<3,0g/dL. Todos os pacientes passaram por avaliação antropométrica e cálculo de composição corporal (% gordura corporal, CB=circunferência de braço, CBM=circunferência muscular do braço e AMB=área muscular do braço), Fórmula de Watson (estima água corporal total), Índice de Forma Corporal (ABSI - A body shape index) e avaliação de exames bioquímicos durante o acompanhamento. A função renal foi estimada através das equações de Cockroft-Gault corrigido pela superfície corporal, MDRD simplificada e CKD-Epi. Resultados: Os pacientes que iniciaram o acompanhamento com hipoalbuminemia após 6 meses evoluíram para uma situação de normoalbuminemia (p<0,05). A maioria dos pacientes não apresentou diferença no volume total estimado de água, mesmo entre os pacientes com hipoalbuminemia que evoluíram com albumina normal. Em relação à avaliação corporal, não houve alteração do IMC durante o estudo. Os pacientes do grupo hipoalbuminêmico, independente do gênero foram classificados como sobrepeso tanto no início do estudo quanto após 6 meses de acompanhamento. No grupo normoalbuminêmico, os pacientes foram classificados como obesos. Podemos observar que existe um risco cardiovascular tanto no grupo hipo quanto no normoalbuminêmico quando foram avaliados pelo ABSI (p<0,05). Como esperado, a porcentagem de gordura corporal foi maior no gênero feminino do que masculino. Nenhuma alteração foi observada durante o período de acompanhamento. A estimativa da TFG realizada por CG, MDRD e CKD-Epi manteve-se inalterada durante o período de acompanhamento (T0 x T6). Como esperado em comparação com MDRD e também CKD-Epi houve um aumento significativo na taxa de filtração glomerular estimada pelo Cockcroft Gault. Não houve alteração nos parâmetros avaliados em relação a ingestão alimentar calculada pelo recordatório de 24 horas. Conclusão: Os dados deste estudo demonstraram que a avaliação antropométrica realizada por pregas cutâneas utilizadas em conjunto com outras medidas simples de avaliação corporal como risco cardiovascular (ABSI) em pacientes proteinúricos, mesmo em níveis nefróticos, com pouco ou sem edema em acompanhamento ambulatorial em uso de diuréticos, hipotensores e dieta, mostrou-se satisfatória

Abstract: Introduction: The nephrotic syndrome is a clinical and laboratory condition characterized by massive proteinuria, hypoalbuminemia, hyperlipidemia and edema. Edema is a common clinical manifestation and complicates the assessment and monitoring of nutritional status. Most measurement techniques that are routinely used to assess nutritional status, has limitations in their applications. Aim: The aim of this study was to monitor the body evaluation in patients with proteinuria nephrotic in outpatient follow-up, comparing the results obtained from anthropometric parameters and correlating them with clinical status and laboratory data. Methods: We included between 2008 and 2011, 47 adult patients (>18 years), in outpatient follow-up with proteinuria and renal biopsy-proven glomerular disease. Patients were evaluated in the first assesment (T0) and after 6 months (T6 n=25) for the monitoring. To assess the effects of serum albumin on the evaluated parameters, the group was divided into normoalbuminemic and hypoalbuminemic patients in accordance with the presence of albumin <3,0g/dL. All patients underwent anthropometric evaluated and body composition calculation (% body fat, MAC= mid-arm circumference, MAMC= mid-arm muscle circumference and MAMA = mid-arm muscle area), Watson Formula (estimate total body water), Body Shape Index (ABSI - The body shape index) and biochemical examinations during follow-up. Renal function was estimated by the Cockroft-Gault equation corrected by the body surface simplified MDRD and CKD-Epi. Results: The patients who started up with hypoalbuminemia after 6 months evolved into a normoalbuminemia situation (p<0.05). Most patients showed no difference in the total estimated volume of water, even among patients with hypoalbuminemia that evolved with normal albumin. In relation to body evaluation, there was no change in BMI during the study. Patients in the group hipoalbuminemic, regardless of gender were classified as overweight both at baseline and after 6 months of follow-up. In normoalbuminemic group, patients were classified as obese. We can see that there is a cardiovascular risk in both group when they were valued at ABSI (p<0.05). As expected, the percentage of body fat was higher in females than males. No changes were observed during the follow up period. The estimated GFR held by CG, MDRD and CKD-Epi remained unchanged during the follow up period (T0 x T6). As expected compared to MDRD and CKD-Epi also a significant increase in the glomerular filtration rate estimated by the Cockroft Gault. There was no change in the parameters evaluated in relation to food intake. Conclusion: Our data showed that the anthropometric assessment by skinfold used in conjunction with other simple measures of body assessment as a cardiovascular risk (ABSI) in proteinuric patients, even in nephrotic levels, with little or no edema in attendance in use diuretics, hypotensive and diet, was satisfactory
Subject: Avaliação nutricional
Proteinúria
Hipoalbuminemia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Filiponi_ThaisPinheiro_M.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.