Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310753
Type: TESE
Title: Perfil psicossocial de pacientes com insuficiencia respiratoria cronica, usuarios de oxigenoterapia domiciliar
Author: Vassoler, Rogerio João
Advisor: Mac Fadden, Maria Adelia Jorge, 1946-
MacFadden, Maria Adelia Jorge
Abstract: Resumo: Este trabalho pretendeu traçar o perfil psicossocial de pacientes com insuficiência respiratória crônica, usuários de oxigenoterapia domiciliar, do Ambulatório de Reabilitação Pulmonar do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. A pesquisa propôs investigar as características psicossociais dos pacientes e o grau de ansiedade e depressão presentes ou não na amostra. A amostra estudada constituiu-se de dezoito pacientes do ambulatório, todos usuários de oxigenoterapia domiciliar. Os instrumentos utilizados foram o roteiro de entrevista, o teste projetivo da personalidade Pfister e a escala hospitalar de ansiedade e depressão para doentes orgânicos (HAD). Os dados revelaram um perfil psicossocial encontrado na amostra considerado como 67% de homens, com idade prevalecendo a faixa entre 51 a 60 anos, com 55,5% casado, com baixo nível de escolaridade, quase 80% aposentado e 72% adota a religião católica. Verificou-se através do teste Pfister que 78% dos pacientes possuem estrutura psicológica frágil, com imaturidade afetiva, baixo limiar para excitação, tendência a impulsividade com forte repressão. Quanto aos dados obtidos na HAD, observou-se que 17% dos pacientes encontram-se como possíveis ¿casos¿ de ansiedade e 11% como ¿casos¿ possíveis de depressão

Abstract: Este trabalho pretendeu traçar o perfil psicossocial de pacientes com insuficiência respiratória crônica, usuários de oxigenoterapia domiciliar, do Ambulatório de Reabilitação Pulmonar do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. A pesquisa propôs investigar as características psicossociais dos pacientes e o grau de ansiedade e depressão presentes ou não na amostra. A amostra estudada constituiu-se de dezoito pacientes do ambulatório, todos usuários de oxigenoterapia domiciliar. Os instrumentos utilizados foram o roteiro de entrevista, o teste projetivo da personalidade Pfister e a escala hospitalar de ansiedade e depressão para doentes orgânicos (HAD). Os dados revelaram um perfil psicossocial encontrado na amostra considerado como 67% de homens, com idade prevalecendo a faixa entre 51 a 60 anos, com 55,5% casado, com baixo nível de escolaridade, quase 80% aposentado e 72% adota a religião católica. Verificou-se através do teste Pfister que 78% dos pacientes possuem estrutura psicológica frágil, com imaturidade afetiva, baixo limiar para excitação, tendência a impulsividade com forte repressão. Quanto aos dados obtidos na HAD, observou-se que 17% dos pacientes encontram-se como possíveis ¿casos¿ de ansiedade e 11% como ¿casos¿ possíveis de depressão
Subject: Insuficiencia respiratoria
Oxigenio - Uso terapêutico
Doenças - Aspectos psicossomáticos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vassoler_RogerioJoao_M.pdf584.85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.