Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310740
Type: TESE
Title: Rastreamento bioquimico e molecular de portadores assintomaticos de neoplasia endocrina multipla tipo 2A
Author: Vieira, Alexandre Eduardo Franzin
Advisor: Castro, Margaret de, 1959-
Abstract: Resumo: A Neoplasia Endócrina Múltipla (NEM) tipo 2A é caracterizada pela presença de Carcinoma Medular de Tireóide (CMT), feocromocitoma e hiperparatireoidismo. Esta síndrome pode ser diagnosticada em portadores assintomáticos pertencentes a famílias de indivíduos acometidos pela síndrome utilizando-se testes periódicos de estimulação da secreção de calcitonina pela gastrina. Entretanto, a analise do DNA genomico permite a identificação destes indivíduos, possibilitando diagnostico mais precoce e tratamento preventivo. O objetivo deste trabalho foi analisar dois diferentes testes de rastreamento de CMT, com a finalidade de diagnosticar portadores assintomáticos de famílias com indivíduos com NEM 2 A: um teste bioquímico utilizando o omeprazol e a analise molecular do gene do protooncogene com NEM 2A foram submetidos ao teste de secreção de calcitonina induzida pelo omeprazol. Calcitonita e gastrina foram determinadas por imunoensaios. DNA genomico foi extraído de sangue total dos 15 indivíduos que concordaram com o estudo. Os exons 10 e 11 foram amplificados por PCR e os produtos analisados por seqüenciamento direto. O teste de estimulo da secreção de calcotonina pelo omeprazol não identificou nenhum portador assintomático. Entre os membros da família 1 encontramos três indivíduos afetados pela mutação germinativa TGC ->TAC (C634Y). Dois irmãos apresentavam CMT, sendo que na irmã associavam-se feocromocitoma e hiperparatireoidismo; o filho desta ultima, de nove anos de idade, apresentava status previamente desconhecido. O estudo da família 2 demonstrou a mutação TGC ->CGC (C634R) somente no caso-indice. Esta paciente apresentava alem do CMT, feocromocitoma, hiperparatireoidismo e líquen amiloidotico cutâneo. Seus pais e seus quatro irmãos, todos assintomáticos, não apresentaram esta mutação, sugerindo que a mutação C634R ocorreu de novo nesta paciente. Em conclusão, a especificidade do teste do omeprazol foi limitado e a eficácia deste teste permanece a ser estabelecida. As duas mutações mais freqüentemente encontradas no protooncogene RET na NEM 2A, estão presentes em famílias brasileiras. A analise molecular deverá ser o procedimento de escolha para o rastreamento de famílias com NEM 2A, desde que é preciso e dispensa testes bioquímicos repetitivos

Abstract: Patients with MEN type 2A are at risk for early medullary thyroid carcinoma (MTC), which might be diagnosed by periodical gastrin-induced calcitonin tests. However, direct DNA analysis permits the identification of asymptomatic mutant carriers in a family, providing an early and definitive diagnosis. We performed different screening tests for MTC, a recently reported biochemical screening test using omeprazole and DNA analysis. Fifteen members of two non-consanguineous Brazilian famílies with MEN 2A were submitted to the omeprazole-induced calcitonin stimulation test. Serum calcitonin and gastrin were determined by immunoassays. RET proto-oncogene analysis was carried out by direct DNA sequencing of PCR-amplified products for exons 10 and 11. Family 1 showed a TGC~ TAC (C634Y) germline mutation in three individuais. Two brothers with symptomatic MTC, one of them also associated with pheocromocytoma and hyperparathyroidism whose son was a nine-year-old boy of previously unknown status. Famíly 2 showed a TGC~CGC (C634R) mutation only in the index case, who presented cutaneous lichen amyloidosis in addition to MTC, pheocromocytoma and hyperparathyroidism. Neither her parents nor her four brothers showed this genetic mutation. The two most frequent RET protooncogene mutations in MEN 2A are present in Brazilian families. In addition, the specificity of basal and omeprazole-stimulated calcitonin is rather limited and the efficacy of the omeprazole test still remains to be systematically examined. Therefore, RET proto-oncogene analysis must be the first choice for a screening procedure to identify mutant gene carriers in MEN 2A family members and to permit early prophylactic treatment
Subject: Genética médica
Reação em cadeia da polimerase
Proto-oncogenes
Cancer
Calcitonina
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vieira_AlexandreEduardoFranzin_M.pdf19.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.