Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310637
Type: TESE
Title: Efeito do uso de palmilhas no tratamento de pes reumatoides
Title Alternative: The effect of foot orthoses in rheumatoid arthritis
Author: Magalhães, Eduardo de Paiva
Advisor: Bértolo, Manoel Barros, 1955-
Abstract: Resumo: Objetivo: Avaliar a eficácia de palmilhas em pacientes com artrite reumatóide (AR) utilizando o Índice de Função dos Pés (FFI) durante 6 meses. Estudar a alteração na distribuição da pressão plantar em pés reumatóides após 15 dias em uso de palmilhas. Material e Métodos: Foram avaliados trinta e seis pacientes com AR e dor nos pés e prescritas palmilhas conforme as necessidades individuais. Todos os pacientes foram reavaliados em 30, 90 e 180 dias da avaliação inicial. Em cada consulta foi aplicado FFI e verificados o tempo de utilização das órteses e eventuais efeitos adversos. O Health Assessment Questionaire (HAQ) foi verificado na consulta inicial para avaliar a influência da condição física na evolução do FFI. Quinze mulheres com AR e dor nos pés foram submetidas a avaliação da pressão na superfície plantar pelo programa F-SCAN em avaliação inicial e após 15 dias em uso de palmilhas. Resultados: Durante o estudo os valores do FFI reduziram em todas as sub-escalas (dor, incapacidade e limitação de atividade). Esta redução foi notada no primeiro mês e mantida durante todo o período de avaliação. Os pacientes que utilizaram palmilhas com EVA convencionais (n=28) apresentaram melhores resultados. Pacientes utilizando palmilhas sob molde de gesso (n=8) apresentaram valores mais elevados do FFI na consulta inicial e menor redução deste índice com resultados ainda significantes para as sub-escalas de dor e incapacidade, mas não para limitação de atividade. Efeitos adversos menores foram verificados sem resultar em interrupção do tratamento. Os pacientes utilizaram a palmilha durante um período médio de 7,14 horas por dia durante o primeiro mês sem diferenças significativas nas avaliações subseqüentes. Não foi verificada relação entre o HAQ e a evolução do FFI. Com o uso de palmilhas foi verificada significativa redução dos valores de pressão plantar em ante-pé e retro-pé. Conclusões: As palmilhas foram efetivas como adjuvantes no tratamento de pés reumatóides com redução dos índices de dor, incapacidade e limitação de atividade avaliados pelo FFI, com poucos efeitos adversos. Também proporcionaram melhor distribuição da pressão na superfície plantar com redução dos seus valores em ante-pé e retro-pé

Abstract: Objective: To evaluate the effectiveness of foot orthoses, using the Foot Function Index (FFI), in a group of patients with rheumatoid arthritis (RA) in a period of six months. To compare the foot pressures in rheumatoid patients after the use of foot orthoses during a period of fifteen days. Methods: Thirty-six rheumatoid subjects with foot pain were examined and appropriate foot orthoses were prescribed according to each patient needs. All the patients were evaluated in 30, 90 and 180 days after baseline visit. FFI values, daily wearing time and adverse effects were noted in each appointment. The Stanford Health Assessment Questionnaire (HAQ) was obtained in the initial visit and it was used to evaluate the influence of physical condition on FFI response. Fifteen women with RA and foot pain were also examined and their foot pressure values measured using the F-SCAN program in first appointment and after fifteen days using appropriate insoles. Results: After the use foot orthoses, FFI values decreased in all subscales (pain, disability and activity limitation) for the patients studied. This reduction was noted early, in the first month and maintained during all the trial. Those using EVA (n=28) orthoses presented similar results to the total group. Otherwise, patients with made to measure orthoses (n=8) exhibited higher initial FFI values and worse evolution during the trial, still significant for pain and disability, but not for activity limitation. Minor adverse reactions were noted and none of them required treatment interruption. Orthoses were worn on an average for 7.14 hours in the first month without significant differences in the others visits. There was no relation between HAQ and FFI evolution. The patients using the foot orthoses achieved a significant plantar pressure reduction in forefoot and hindfoot. Conclusions: Foot orthoses were effective as an adjuvant management of rheumatoid foot. They significantly reduced pain, disability and activity limitation accessed by the FFI, with minor adverse effects. They also promote a better plantar pressure distribution and relief in forefoot and hindfoot
Subject: Artrite reumatóide
Reabilitação
Aparelhos ortopédicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Magalhaes_EduardodePaiva_D.pdf4.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.