Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310613
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Citomegalovirus em transplantados renais : diagnostico pela reação em cadeia da polimerase (PCR) e impacto clinico
Author: Costa, Sandra Cecília Botelho, 1951-
Advisor: Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes
Abstract: Resumo: As complicações devidas à infecção por citomegalovirus representam um dos maiores problemas infecciosos observados em pacientes submetidos a transplantes em geral. Com o objetivo de avaliar a incidência e o impacto clínico da infecção por CMV em uma população de transplantados renais no Brasil foram estudados prospectivamente 37 pacientes submetidos a transplante renal no Hospital das Clínicas da UNICAMP, no período de Outubro de 1990 a Setembro de 1992. A identificação da infecção pelo CMV foi levada a efeito pela detecção direta de partículas virais na urina através da reação em cadeia da polimerase (PCR) e por reações soro lógicas - ELISA e imunofluorescência indireta. A PCR foi realizada com 3 pares de iniciadores ("primers"). O material amplificado foi fixado em filtros de nylon como "dot-blot" e as partículas virais foram identificadas por hibridização com oligonucleotídeos específicos para a região amplificada (sonda), marcados com 32P por meio da T4 polinucleotídeo quinase. O material para análise foi obtido antes e em intervalos mensais após o transplante. Os resultados globais, agrupando sorologia e PCR mostraram 32 pacientes com evidências de infecção ativa pelo CMV entre 37 estudados (86,48%). Em 6 pacientes, só a PCR foi capaz de identificar infecção ativa. O diagnóstico foi mais precoce pela PCR do que pelas técnicas sorológicas. 10 pacientes já apresentavam virúria antes do transplante. A maior incidência de infecção ocorreu nos primeiros 4 meses que se seguiram ao transplante. Dos 32 pacientes com infecção ativa pelo CMV, 16 (50%) apresentaram manifestações clinicas sugestivas de serem secundária à replicação viral (doença por CMV). Os 5 pacientes que não apresentaram, por nenhum dos testes, evidências de infecção ativa pelo CMV, não tiveram problemas clínicos relevantes no seguimento e mantiveram boa função renal. Em seu conjunto, nossos resultados sugerem que a infecção pelo CMV é uma complicação frequente em transplantados renais no Brasil e que poderia estar associada à maior frequência de complicações clínicas nesses pacientes. Adicionalmente, comprovou-se que a PCR é um método eficaz de detecção precoce dessa infecção.

Abstract: Cytomegalovirus (C.M.V.) is the single most important infections agent affecting recipients of organ transplant. To evaluate the incidence and the clinical impact of cytomegalovirus infection on renal transplant in Brazil, 37 patients who underwent renal allograft transplants were periodically screened for the presence of C.M.V. virus DNA in urine by lIsing polymerase chain reaction (P.C.R.) and for the presence of IgM and IgG cytomcgalovirlls antibodies (ELlSA and I.F.I.). The P.C.R. amplificd prodllcts werc detected by gel electrophoresis and by dot blot hybridization with oligonucleotide probes. 32 out 37 patients (86.48%) were found to be positive by at least one of the three methods. In 6 patients, P.C.R. was the only test to detect the C.M.V. infection. 10 patients had a positive result by P.C.R.Qefore the transplantation. The diagnosis was made earlier by P.C.R. than by serologic tests. Active infection occured more frequently in the first 4 months after transplantation. 16 out 32 patients (50.00%) with active infection by C.M.V. presented clinical manifestations of C.M. V. disease. 5 patients without evidences of active infection by the 3 tests have only minor clinical complications during followup. Our results sugest that C.M.V. infection is a frequent problem in renal transplant patients in Brazil, with significant clinical complications. Moreover, we confirmed that P.C.R. is a very sensitive procedure to early detection of C.M.V. infection.
Subject: Transplante de rim - Infecção
Vírus
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Costa_SandraCeciliaBotelho_D.pdf3.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.