Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/31061
Type: Artigo de periódico
Title: Tipos polínicos encontrados em esfingídeos (Lepidoptera, Sphingidae) em área de Floresta Atlântica do sudeste do Brasil: uso da palinologia no estudo de interações ecológicas
Author: Avila Junior, Rubem Samuel de
Cruz-Barros, Maria Amélia Vitorino da
Correa, Ângela Maria da Silva
Sazima, Marlies
Abstract: (Pollen types found on hawkmoths (Lepidoptera, Sphingidae) in the Atlantic Rain Forest area of Southeastern Brazil: use of palinology in studies of ecological interactions). The species of the plants used by a hawkmoth community (Lepidoptera, Sphingidae) were recorded through pollen types collected on the bodies of specimens in an area of the Atlantic Rain Forest of Southeastern Brazil. A total of 63 pollen types of 27 families were recorded, which showed assimetrical temporal distribution during the study. Species of Rubiaceae, Bromeliaceae and Fabaceae predominated in the records. The Inga pollen type was present in almost all the recorded months and in many of the hawkmoths species. Pollen types of species that did not present sphingophilous traits were the most common in the samples, a fact that could be related with the generalist foraging pattern of this group of Lepidoptera. This study demonstrates the utility of palinology on ecological studies of plant-pollinator interactions in the tropics.
(Tipos polínicos encontrados em esfingídeos (Lepidoptera, Sphingidae) em área de Floresta Atlântica do Sudeste do Brasil: uso da palinologia no estudo de interações ecológicas). Foram determinadas as espécies de plantas utilizadas por uma comunidade de esfingídeos (Lepidoptera, Sphingidae) através da avaliação dos tipos polínicos que os espécimes apresentavam sobre seus corpos, em uma área de Floresta Atlântica do Sudeste do Brasil. Foram registrados 63 tipos polínicos de 27 famílias distribuídos assimetricamente ao longo do ano. Houve predomínio de espécies de Rubiaceae, Bromeliaceae e Fabaceae. Pólen do tipo Inga esteve presente em quase todos os meses amostrados e em grande número de espécies de esfingídeos. Tipos polínicos relativos a famílias que não apresentam atributos morfológicos adaptativos ao uso por Sphingidae foram responsáveis pela maior parte das amostras, o que demonstra forte aspecto generalista no comportamento de forrageamento deste grupo de lepidópteros. Este estudo reforça a utilidade do uso da palinologia no entendimento de padrões de interações inseto-planta em ambientes tropicais.
Subject: comportamento generalista
comunidade de mariposas
Inga
Rubiaceae
generalist foraging
hawkmoth community
Inga
Rubiaceae
Editor: Sociedade Botânica de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0100-84042010000300005
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042010000300005
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000300005
Date Issue: 1-Sep-2010
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0100-84042010000300005.pdf4.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.