Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310576
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Aspectos epidemiologicos da Pediculosis capitis : estudo entre pre-escolares de Paulinia, SP
Author: Madureira, Paulo Roberto de, 1952-
Advisor: Silva, Luiz Jacintho da, 1949-2013
Abstract: Resumo: Analisa- se a biologia, epidemiologia e tratamento da infestação pelo Pediculus capitis,. discutindo a recrudecência rnundial, ocorrida a partir dos anos sessenta, suas possíveis causas e consequências. Para dimensionar sua ocorrência e estudar variáveis epidemioógicas: entre crianças brasileiras, examInaram-se 1596 pré-escolares da cidade de Paulínia, SP, no período de rmarço a julho de 1989. o coeficiente de prevalência da amostra foi de 35,75%, sendo de 27, 50 % entre as crianças do sexo masculino e de 43, 13% no sexo feminino (p<O,001). A taxa de' infestação não foi estatisticamente diferente entre as diversas origens raciais das crianças, sendo de 35, 70% entre os de origem branca, de 37,28% entre os de origem negra e de 25,08 % entre os de descendência asiática (p>0, 57) . A taxa de infestação não foi estatisticamente diferente entre os diversos comprimentos de cabelo, sendo de 33,30% nos: curtos, 39,44% nos médios e de 40,53 % nos longos (p > 0,03). Baseado na literatura e dados da investigação, conclui-se que a pediculosis capitis é um problema de saúde pública no Brasil, semelhante ao que ocorre em muitos outros países. Enfatiza-se a necessidade de se ter uma visão epidemológica da infestação, incorporando conceitos da interação parasita-hospedeiro, e se investir em tratamentos coletivos nas comunidades afetadas, para que possamos conseguir seu controle.

Abstract: The biology, epidemiology and treatment of Pediculus capitis infestation is reviewed, as well as the consequences and possible causes of its worldwide increase recognized in the sixties. A survey of 1696 preschool children was done in Paulínia, SP, Brazil, from March to July 1989. The prevalence coeficient of the sample 'was 35, 75% - 27,60% in boys and 43,13% in girls (p<O,001). The difference of the infestation rate between different racial groups was not statistically significant 35,70% in caucasian, 37,28% in blacks and 26,08% in asians (P>O,57). There are no significant difference in regard to hair length - 33,30% among those, with long hair, 39,44% with median and 40,53% w'ith short hair (p>O,03) . The results of the survey and a review of current and past literature, lead to the conclusion that pediculosis capitis as a public health problem In Brazil is similar to other countries, industrialized or not. Emphasis 1S given to an epidemiological understanding of the infestation and the need of colletive approaches to treatment as the only way to attain its control.
Subject: Piolho
Epidemiologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MADUREIRA, Paulo Roberto de. Aspectos epidemiologicos da Pediculosis capitis: estudo entre pre-escolares de Paulinia, SP. 1992. 135f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310576>. Acesso em: 15 jul. 2018.
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Madureira_PauloRobertode_D.pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.