Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310534
Type: TESE
Title: Avaliação neuromuscular e neuropsicologica na distrofia miotonica congenita infantil e juvenil
Author: Villaça, Ana Teresa Vieira
Advisor: Nucci, Anamarli, 1947-
Abstract: Resumo: A distrofia miotônica tipo 1 (DM-1) é doença de múltiplos sistemas devido a expansão instável dos tripletos CTG, no cromossomo 19. Tem sido classificada segundo o quadro clínico e a idade de aparecimento dos sintomas como: DM-1 congênita; DM-1 infantil (início abaixo de 10 anos); DM-1 juvenil e do adulto (início entre 10 e 50 anos); DM-1 com mínimos sintomas (início acima dos 50 anos). A DM-1 em adultos é conhecida sob vários aspectos e através de grandes casuísticas, enquanto que limitado número de artigos, com pequena série de casos, explicitam as peculiaridades da DM-1 de início na infância e na adolescência. Objetivando conhecer aspectos neuromusculares clínico-laboratoriais e neuropsicológicos na DM-1, em uma população pediátrica, foram selecionados pacientes na faixa etária de 0 a 17 anos e 11 meses, através do Banco de Dados do setor de Doenças Neuromusculares da FCM-UNICAMP. Dez pacientes tiveram consentimento escrito para participar da pesquisa. Os pacientes foram reexaminados clinicamente e dentre os exames complementares estavam incluídos: creatinaquinase (CK); eletroneuromiografia (ENMG); análise de DNA para expansão de tripletos CTG; e, neuroimagem de crânio, tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM). A avaliação neuropsicológica foi realizada prospectivamente, através dos testes de escala de inteligência de Wechsler para crianças, versão III (WISC-III), escala de inteligência de Wechsler para adultos, revisada (WAIS-R), teste de Bender e escala de comportamento adaptativo de Vineland (VABS), em função da idade do paciente. A Escala de Sonolência de Epworth (ESS) foi usada para quantificar a sonolência excessiva diurna. Os pacientes com DM-1 congênita se submeteram apenas ao VABS, por apresentarem idade inferior a 6 anos. Resultados e conclusões: o estudo referiu-se a dois casos de DM-1 congênita, 7 de DM-1 infantil e um de DM-1 juvenil. Os pacientes com DM-1 congênita apresentaram-se como bebês hipotônicos, e um deles, com insuficiência respiratória e malformações. Nos pacientes com DM-1 infantil a queixa principal foi de dificuldade de aprendizagem. O paciente com DM-1 juvenil apresentava distúrbios mastigatórios, como prioridade. Dos exames laboratoriais, a CK esteve anormal em 6 pacientes, com aumento máximo de 4,5 vezes o limite superior da normalidade. A ENMG sugeriu o diagnóstico em 60% dos doentes. Em um paciente a TC foi anormal e em outro a RM; três tiveram TC e dois RM, normais. A expansão de CTG, analisada em 80% dos doentes, variou de 100 a 250 tripletos. Observou-se desempenho cognitivo abaixo da média em 100% dos pacientes, sendo dois classificados com deficientes mentais leves. O coeficiente de inteligência verbal (QIV) foi melhor que o coeficiente executivo (QIE). O teste de Bender resultou em escores abaixo do esperado para idade em 100% dos casos, significando prejuízo nas funções visuo-espaciais e visuo-construcionais. Detectou-se baixo desempenho no comportamento adaptativo do grupo, especialmente nos domínios da comunicação e das AVDs. A sonolência excessiva diurna foi comprovada em 75% dos oito testados

Abstract: Myotonic dystrophy (DM-1) is a multisystemic disease due to unstable expansion of CTG in chromosome 19. The disease has been classified according to the age at onset and clinical features as: congenital DM-1; infantile DM-1 (onset under 10 years); juvenile DM-1 or adult (onset between 10 and 50 years); DM-1 with minimal symptoms (onset after 50 years). DM-1 in adults is well known and several aspects of the disease has been studied, based in large series of cases. On the other hand, the literature about DM-1 in childhood is poor and the theme has received few attention. Only a limited number of articles and small series of cases could be encountered. The aim of this study is to contribute to the knowledge of neuromuscular (clinical and laboratory) and neuropsychological aspects of a pediatric population (0 to 17 years and 11 months) with DM-1, followed-up at Unicamp University Hospital, Neuromuscular Unit. Ten patients had written consent to participated. Patients were reexamined clinically and had laboratory examination including: creatinekinase (CK); electroneuromyography (ENMG); DNA analyses to identified CTG expansion; and cranial computed tomography (CT) or magnetic resonance (MR). A prospective neuropsychological evaluation was performed using Wechsler intelligence tests for children, III version (WISC-III), Wechsler intelligence tests for adult, revised (WAIS-R), Bender; Vineland adaptive behavior scale (VABS) and Epworth sleepiness scale (ESS). Two patients with congenital DM-1 had only VABS. Results and conclusions: this series included two cases of congenital DM-1, 7 infantile DM-1 and one juvenile DM-1. Congenital DM-1 presented as hypotonic child, and one of them had respiratory insufficiency and malformations. Patients with infantile DM-1 (100%) complained of learning difficulties. A single case of juvenile DM-1 had mastigatory dysfunction, as main problem. Laboratory disclosed elevated CK levels, up to 4.5 the upper normal limits in 6 patients; one normal EMG and 6 with myopathy and myotonia; one CT and one MR with abnormalities, versus three CT and two MR with normal results. Cognitive deficit was defined in 100% of the cases. Two patients were classified as mild mentally retard. Verbal intelligence coefficient (VIQ) presented better scores than executive coefficient (EIQ). Bender tests gave inferior scores in reference to normal values for patient's age in 100% of cases, indicating significant deficit of visio-spatial and visio-constructive functions. VABS showed lower scores in the entire group, especially in the domains of communication and daily life activities. Eight patients were assessed by ESS and excessive daily sleepiness occurred in 75 %
Subject: Doenças neuromusculares
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Villaca_AnaTeresaVieira_M.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.