Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310506
Type: TESE
Title: Associação entre dor pélvica crônica e constipação funcional em mulheres em idade reprodutiva
Title Alternative: The relationship between chronic pelvic pain and functional constipation in women of reproductive age
Author: Modesto, Waleska Oliveira, 1980-
Advisor: Bahamondes, Luis Guillermo, 1946-
Abstract: Resumo : O objetivo do estudo foi avaliar a influência da constipação funcional em mulheres com dor pélvica crônica (DPC). No período de julho de 2009 a junho de 2010 foram avaliadas 100 mulheres com idade de 18 a 50 anos no Ambulatório de Ginecologia do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Em uma análise prospectiva, as mulheres foram divididas em três grupos: grupo A - mulheres sem o diagnóstico de DPC -, Grupo B - mulheres com o diagnóstico de DPC e sem constipação funcional - e grupo C - mulheres com diagnóstico de DPC e com constipação funcional, de acordo com os critérios de ROMA III. Todas as mulheres participantes tiverem um seguimento de três meses, preenchendo o diário da dor e constipação. A DPC foi avaliada diariamente segundo a escala análoga visual (EAV). Os resultados mostraram que no grupo A, 13 (41,9%) apresentaram os sintomas de constipação funcional, incluindo 16 (51,6%) mulheres que relataram fezes endurecidas ou fragmentadas. No grupo B, 4 mulheres (21,1%) apresentaram fezes endurecidas ou fragmentadas. No grupo C, 46 mulheres (92%) relataram esforço ao evacuar e a sensação de evacuação incompleta, 49 mulheres referiram fezes endurecidas ou fragmentadas. O estudo mostrou que os grupos B e C não apresentaram diferença significante na dor, não existiu relação na EAV durante as 12 semanas de acompanhamento. Os diagnósticos mais comuns associados à DPC foram: idiopática (44,9%), endometriose (23,2%) e aderência pélvica (17,4%). Os resultados mostraram que a constipação funcional não exerce influência sobre o aumento da dor das pacientes com DPC
Abstract : This study evaluated the effect of functional constipation on women with and without chronic pelvic pain (CPP). During the period of July 2009 through June 2010 a total of 100 women aged 18-50 years at the CAISM/UNICAMP were divided into 3 groups: A) women without CPP; B) women diagnosed with CPP but without functional constipation; and C) women diagnosed with CPP with functional constipation diagnosed according to the Rome III criteria. All participants were followed over 3 months, completing a daily questionnaire on pain and constipation. CPP was evaluated using a visual analogue scale (VAS). The result showed that in the Group A, 16/31 women (51.6%) complained of lumpy or hard stools, while 13 (41.9%) had symptoms of functional constipation. In Group B, 4/19 women (21.1%) had lumpy or hard stools. In Group C, 46/50 women (92%) reported straining or incomplete bowel movements, while 49 reported lumpy or hard stools. Regarding CPP, no significant differences were found in VAS pain score between Groups B and C and no changes were found in VAS pain score throughout the 12-week evaluation period. The most common diagnoses associated with CPP were idiopathic pain (44.9%), endometriosis (23.2%) and pelvic adhesions (17.4%). These results showed that functional constipation does not affect pain score in women with CPP
Subject: Dor pélvica
Constipação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Modesto_WaleskaOliveira_M.pdf774.73 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.