Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310487
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeitos da suplementação dietetica com monossacarideos sobre o perfil lipidico de ratos e camundongos
Author: Barbosa, Claudia Regina, 1974-
Advisor: Castilho, Lucia Nassi, 1953-
Abstract: Resumo: A dieta é um dos fatores externos mais importantes que atuam sobre os lipídeos plasmáticos e que pode ser facilmente modificada. Vários estudos na literatura mostram que dieta rica em carboidratos especialmente em sacarose, aumentam as concentrações. séricas de triacilgliceróis e diminuem o colesterol presente nas lipoproteínas de alta densidade, contribuindo assim para o aumento do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares em seres humanos. o objetivo do presente trabalho foi comparar o efeito da suplementação dietética com monossacarídeos (glicose e fiutose) sobre o perfillipídico, a glicemia, a insulinemia e a resistência à insulina em ratos e camundongos, comparando a eficiência destes carboidratos em alterar esses parâmetros bioquímicos séricos e comparar as respostas metabólicas dentro da familia Muridae. Ratos Wistar e camundongos C57BL/6 adultos, machos foram submetidos à suplementação dietética por 21 dias com solução de glicose ou fiutose 500.10a,dministrada diariamente por gavagem. Amostras de sangue dos animais foram coletadas, em jejum de 12 horas, antes e após o tratamento com carboidratos para quantificação dos parâmetros bioquímicos séricos, por métodos enzimáticos colorimétricos ou imunoenzimáticos. A porcentagem de colesterol e triacilgliceróis nas lipoproteínas séricas foi determin~da após seu isolamento por cromatografia líquida rápida de proteínas (FPLC). Em ratos, a glicemia e a colesterolemia não sofreram alterações significativas após o tratamento com glicose, porém diferenças significativas (aumento da glicemia e diminuição da colesterolemia) foram encontradas nestes parâmetros quando o carboidrato suplementado era a frutose. A frutose também foi responsável por aumento importante, porém não estatisticamente significativo, nas concentrações séricas de insulina (54%), quando comparada à suplementação com glicose (26%) e o índice que avalia a resistência à insulina (ROMA) também foi aumentado em média 1,2 vezes após os tratamentos. O tratamento com glicose ou frutose promoveu variações significativas importantes na triacilglicerolemia dos ratos (aumento de 62% x 41%, respectivamente para tratamento com glicose e fiutose).Camundongos apresentaram, em média, um aumento de 45% na glicemia de jejum após o tratamento com carboidratos e uma diminuição significativa (somente para os camundongos tratados com glicose) na insulina sérica (33%). O índice que avalia a resistência à insulina (ROMA) não foi aherado pelo tratamento com monossacarídeos. Em relação ao perfil lipídico, os camundongos após tratamento com carboidratos apresentaram diminuição significativa (p<O,O5)nas concentrações séricas de colesterol total, colesterol nas lipoproteínas de alta e baixa densidades, triacilgliceróis e ácidos graxos livres. Comparando-se o efeito produzido pelos monossacarideos nos parâmetros séricos, não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre os tratamentos. Ratos e camundongos apresentaram diferentes respostas metabólicas quando submetidos à suplementação dietética com carboidratos por curto período de tempo: ratos são mais resistentes à insulina, desenvolvendo hipertriacilglicerolemia e hiperinsulinemia diferentemente dos camundongos que apresentaram diminuição destes parâmetros. Além disso, nos camundongos houve uma redução nas concentrações séricas de colesterol total e no colesterol presente em HDL, VLDL e LDL

Abstract: The diet is one ofthe most important external factors that acts on serum lipids and that can be easily modified. Some studies in literature show that diet rich in carbohydrates especially sucrose, increase the triacylglycerol levels and diminish the cholesterol in high density lipoproteins, thus contributing for the increased risk of development of cardiovascular diseases in humans. The objective of the present work was to compare the effect of the dietary supplementation with monossacharides (glucose or fructose) on the lipid profile, the glycemia, the insulinemia and the insulin resistance index of rats and mice, comparing the efficiency of these carbohydrates in modifying these serum parameters and. also compare the metabolic responses ofthe Muridae family. Adult, male Wistar rats and mice C57BL/6 were submitted to a dietary supplementation for 21 days with 50% glucose or fructose solution, administrated daily by oral gavage. Blood samples were collected, after 12 hours fusting, before and after the treatment with carbohydrates for biochemical parameter quantifications by colorimetric or imunoenzymatic methods. The percentage of cholesterol and triacylglycerol in lipoproteins was determined afier plasma fractionation by fast protein liquid chromatography (FPLC). In rats, the glycemia and the cholesterolemia were not altered significantly after the glucose treatment, however significant differences (increase in glycemia and decrease in cholesterolemia) were found in these parameters when the supplemented carbohydrate was fructose. Fructose also induced increase in insulin levels (54%), when compared with glucose supplementation (26%). The index that evaluate the insulin resistance (ROMA) was increased in average 1.2 times after the treatments. The treatment with glucose or fructose promoted significant elevations in the triacylglycerolemia in rats (62% x 41%, respectively for glucose or fructose treatments). Mice presented, in average, an increase of 45% in fasting glycemia afier the carbohydrate treatments and a significant reduction (only for glucose treated mice) in serum insulin (33%). The HOMA index was not modified by the monossacharide treatments. Regarding the lipid profile, the carbohydrate treated mice presented a significant reduction (p<O,O5) in serum concentrations of total cholesterol, cholesterol in high and low density lipoproteins, triacylglycerol and ftee futty acids. Comparing the effect produced by the two monossacharides on the serum parameters, no significant differences were found in the treated animaIs. Rats and mice presented different metabolic responses when submitted to a short period of dietary supplementation with carbohydrate: rats are susceptible to insulin resistance by developing hypertriacylglycerolemia and hyperinsulinemia, while mice presented reduction in these parameters. On the other hand, the mice presented greater variations (reduction) in the total cholesterollevels and in the cholesterol in HDL, VLDL and LDL
Subject: Camundongo
Ratos Wistar
Triglicérides
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_ClaudiaRegina_M.pdf3.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.