Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310313
Type: TESE
Title: Purificação e caracterização bioquimica e farmacologica de uma fosfolipase A2 neurotoxica presente no veneno de Bothrops alternatus
Title Alternative: Isolation and characterization biochemistry and pharmacological of a neurotoxic phospholisade A2 from Bothrops alternatus venom
Author: Barros, Josiane Cristina
Advisor: Simioni, Lea Rodrigues, 1942-
Abstract: Resumo: O veneno total de Botrhops alternatus (10 mg) foi fracionado por meio de coluna m-Bondapack C18 e HPLC de fase reversa resultando em um pico ativo denominado BT II 2. Em SDS-PAGE, a toxina originou uma banda única, isolada de 14 KDa. A fração BT II 2 (0,1, 0,5, 1,0, 5,0, 10,0 e 20,0 mg/mL n=7) induziu um bloqueio irreversível da resposta contrátil, em preparações músculo biventer cervicis de pintainho, sendo esse dose-dependente. As respostas contraturantes a adição exógena de acetilcolina e cloreto de potássio não foram significativamente diferentes do controle.Os tempos necessários para se obter bloqueio neuromuscular de 50 e 90% foram de 66 _+10 para 0,1mg/mL,44_+3 para 0,5mg/mL ,para 1 mg/mL foi de 38 _+4, 54_+5 para 5mg/mL o tempo foi de 24_+1, 34_+1, para 10mg/mL foi de 22_+2, 35_+2 e para 20mg/mL foi de 24_+5,33_+6 respectivamente. Fig. 9. Alterações morfológicas foram observadas nas fibras musculares. Entretanto, a concentração da fração BTII2, 1 µg/mL, foi mais potente para induzir a hipercontração e desorganização fibrilar que o veneno bruto (100 mg/ml). Isto se deve provavelmente ao fato de que a fração está totalmente desprovida de algumas impurezas ( elementos) que pudessem eventualmente inibir este efeito no veneno total. Estes resultados sugerem que a fração BT II 2 do veneno de B. altenatus tem um importante fator neurotóxico e uma ação predominantemente pré-sináptica

Abstract: Crude venom from Bothrops alternatus (10 mg) was fractionated by reverse-phase HPLC by a C-18 m-bondapack column resulting in an active peak called BT II 2. In SDS-PAGE, the toxin migrates as a single band with a 14 kDa. In the chick biventer cervicis preparation, BT II 2 (0.1, 0.5, 1.0, 5.0, 10.0 and 20.0 mg/mL, n=7) induced a concentration-dependent and irreversible twitch-tension blockade without causing any effect on the muscle responses to ACh and KCl. The time (in min) required for producing 50% neuromuscular blockade was 65 ± 0.9; 41 ± 0.4; 35 ± 0.6; 24 ± 0.3; 22 ± 0.4 and 20 ± 0.8 respectively after a 120 min incubation. Morphological alterations was seen in muscle fibers. However, BT II 2 ( 1 mg/ml) was more potent in inducing hyprecontraction and myofibril desorganization than was the crude venom (100 mg/ml) in the same experimental conditions. Taking together, these results suggest that BT II 2 is a neurotoxic factor of the venom of B. alternatus with a preponderant presynaptic action
Subject: Fostolipase A2
Junção neuromuscular
Camundongo
Ave
Eletrofisiologia
Histologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barros_JosianeCristina_M.pdf4.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.