Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310282
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Impacto do perfil alimentar e genotipico do sistema glutationa S-transferase na susceptibilidade ao cancer
Title Alternative: Impact of diet and glutathione s-transferase system genotype in the susceptibility to cancer
Author: Sampaio, Aline Castaldi
Advisor: Ward, Laura Sterian, 1956-
Abstract: Resumo: Idade, sexo, perfil alimentar e perfil de genes relacionados à interação com o meio ambiente são reconhecidos fatores de predisposição ao câncer. Assim, a dieta é considerada um fator importante em 20 a 50% de todos os casos de câncer, atuando ao lado de outros fatores como idade, predisposição genética, hábitos de vida, tabagismo, sedentarismo e agressores ambientais. Os genes da família da Glutationa S- Transferase constituem um dos mais primitivos mecanismos de defesa de todos os seres vivos contra as agressões ambientais, mas pouco se sabe acerca de sua interação com outros fatores de risco. O objetivo deste estudo foi correlacionar os polimorfismos dos genes GSTM1, GSTT1 e GSTP1, em pacientes com câncer de tireóide, ovário e próstata, com os hábitos alimentares da população de Campinas. A elevada miscigenação da população brasileira provê um modelo único para este tipo de estudo já que diminui o viés da etnicidade na distribuição de polimorfismos populacionais. Foram genotipados 883 indivíduos - controle e 395 pacientes com câncer de tireóide, próstata e ovário para GSTM1, GSTT1 e GSTP1. Os pacientes foram submetidos a um questionário de avaliação de seus hábitos alimentares, exercício físico, fumo e condições de saúde. A avaliação do perfil alimentar mostrou que ambos os grupos, de pacientes e de controles, possuíam alimentação rica em gorduras e açúcares, com conteúdo insuficiente de fibras, frutas e vegetais. Ambos os grupos apresentavam insuficiente atividade física, mas não houve diferença entre pacientes e controles em relação ao perfil alimentar ou ao exercício físico. Já o hábito de fumar era mais freqüente entre pacientes com câncer (30.89%) do que nos controles (23.99% - X2; p<0.027). Os polimorfismos de GSTP1 foram relacionados a câncer no sexo masculino (p<0.001). Homens que apresentavam o polimorfismo do gene GSTP1 apresentavam 2.58 vezes maior risco para desenvolver neoplasias do que a população - controle (OR=2.58; 95% CI: 1.63-4.06). A análise de regressão logística multivariada demonstra que a combinação da herança de GSTM1 e GSTT1 nulos aumenta em 88% as chances de desenvolver câncer em homens acima de 45 anos (p=0.035; OR=1.88; 95% CI:1.05-3.39). Em conclusão, este estudo sugere que o perfil alimentar altera o risco para câncer e o perfil de GST modifica o risco individual para aparecimento do câncer e está relacionado com idade e sexo

Abstract: Background: Glutathione-S-Transferase gene family has an important role in the biotransformation and detoxification of different xenobiotics and endogenous compounds. The high admixture of the Brazilian population may represent a unique model in which the types and frequency of genetic polymorphisms of GST enzymes are less influenced by ethnicity. Objective: In order to evaluate the influence of GST profile in different age and gender groups regarding the risk to develop câncer, we studied GSTT1, GSTM1, GSTP1 in 1278 Brazilian individuals comparing 395 individuals with confirmed diagnosis of ovarian, prostate or thyroid câncer to 883 câncer-free control subjects. We used a polymerase chain reaction-based assay for genotyping. Results: GSTP1 polymorphism was related to câncer in males (p<0.001). Indeed, men that presented a polymorphic GSTP1 gene were 2.58 times more susceptible to develop malignancies (OR=2.58; 95% CI: 1.63-4.06). Multivariate analysis of GSTT1 and GSTM1 in the stratified groups demonstrated that GSTT1 and GSTM1 combined null inheritance in men over 45 years old increased by 88% their chance to develop a malignancy (p=0.035; OR=1.88; 95% CI:1.05-3.39). Conclusions: Our data support previous case-control studies suggesting that GST genotypes and nutrition modify individual risk of environmentally-induced cancers
Subject: Câncer
Nutrição
Genes
Ovários
Prostata
Tireóide
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sampaio_AlineCastaldi_M.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.