Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310192
Type: TESE
Title: Qualidade de vida em idosos com baixa visão adquirida : pré e pós intervenção terapêutica
Title Alternative: Quality of life in the elderly with acquired low vision : pre and post therapeutic intervention
Author: Monteiro, Mayla Myrina Bianchim, 1985-
Advisor: Carvalho, Keila Miriam Monteiro de, 1949-
Abstract: Resumo: Estudos sobre o envelhecimento e sobre qualidade de vida vêm ganhando espaço nas ultimas décadas, devido ao aumento da expectativa de vida da população, não sendo diferente na Oftalmologia. Esta pesquisa procurou conhecer e avaliar a qualidade de vida de idosos deficientes visuais após participarem de uma Intervenção Terapêutica. Foi realizado um estudo longitudinal, através de dois questionários de qualidade de vida para doenças oculares: Low Vision Quality of Live e Vision Function Questionaire- 25. A população deste estudo foi constituída por sujeitos idosos, portadores de baixa visão adquirida, atendidos no Ambulatório de Visão Subnormal/HC/UNICAMP no período de fevereiro de 2011 a junho de 2012. Os dois questionários eram aplicados pela pesquisadora, e após, os sujeitos foram convidados a participarem da Intervenção Terapêutica que foi realizada em três encontros mensais e consecutivos, abordando os seguintes temas: atividades do dia a dia, auxílios ópticos e não ópticos e leitura e escrita. Após participarem dos três encontros, os sujeitos respondiam novamente aos questionários. Análises estatísticas foram utilizadas na análise dos dados. Cinquenta e dois sujeitos participaram da pesquisa. A faixa de idade participante do estudo deu-se entre 60 e 91 anos. As degenerações maculares foram as principais causas da perda visual (38%). A maioria dos sujeitos (80%) tem o primário como grau de escolaridade. Estatisticamente, não houve melhora significativa no grau de dificuldade na realização de atividades do dia a dia após Intervenção Terapêutica nos dois questionários (VEM=3.2 pré intervenção e VEM=3.1 pós Intervenção). Houve aumento do uso de auxílios ópticos pós intervenção (de 37 (61%) para 45 (86%) sujeitos fazendo uso do auxílio óptico) devido à abordagem da necessidade do uso do mesmo e também explanações acerca de seu funcionamento. As dificuldades na realização de tarefas do dia a dia pode influenciar diretamente a qualidade de vida das pessoas com baixa visão, ponto este que deve ser abordado amplamente nos serviços de reabilitação

Abstract: Studies on elderly and quality of life have been gaining ground in recent decades, due to increased life expectancy of the population, not being different in Ophthalmology. This research sought to understand and evaluate the quality of life of low vision elderly after participating in a Therapeutic Intervention. A longitudinal study, using two questionnaires on quality of life for eye diseases was conducted: Low Vision Quality of Live and Vision Function Questionnaire - 25. The study population consisted of elderly subjects, with acquired low vision at the Outpatient Low Vision / HC / UNICAMP from February 2011 to June 2012. The subjects responded to both questionnaires, and after, were invited to participate in the Therapeutic Intervention which was carried out in three consecutive monthly meetings, addressing the following topics: activities of daily life, optical and non-optical aids and reading and writing. After participating in the three meetings, the subjects answered the questionnaires again. Statistical analyzes were used to analyze the data. Fifty-two subjects participated in the study. The age of the study participants was between 60 and 91 years. Macular degeneration was the main causes of visual loss (38 %). Most subjects (80 %) has the primary as schooling. Statistically, there was significant improvement in the degree of difficulty in performing activities of daily life after Therapeutic Intervention in the two questionnaires (VEM=3.2 pre intervention e VEM=3.1 post Intervention). There was increased use of optical aids post-intervention (37 (61 %) to 45 (86 %) subjects making use of optical aids) because of the need to use it and also explanations about their operation approach. The difficulties in carrying out everyday tasks can directly influence the quality of life for people with low vision, a point that should be addressed extensively in rehabilitation services
Subject: Qualidade de vida
Reabilitação
Idosos
Baixa visão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Monteiro_MaylaMyrinaBianchim_D.pdf5.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.