Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310144
Type: TESE
Title: Utilização de marcadores imuno-histoquimicos de valor prognostico em tumores de mama : analise de uma população de Campinas, São Paulo
Author: Salome, Luciana Gusmão de Andrade Lima
Advisor: Vassallo, Jose, 1957-
Abstract: Resumo: o presente trabalho é um estudo retrospectivo, que tem como objetivo avaliar a expressão de alguns marcadores imuno-histoquímicos- ER, CEA , vimentina, p53, cerbB-2 e bcl-2 - em casos de carcinoma mamário em relação ao seguimento clínico observado nas pacientes que compõem o grupo estudado, visando estabelecer o valor prognóstico de cada um destes marcadores, bem como uma possível relação entre suas expressões. Foram estudados 40 casos de carcinoma mamário, nos quais foi feita uma revisão do diagnóstico histopatológico e em seguida o estudo imuno-histoquímico, com classificação da reação segundo o percentual de células positivas. Para a análise estatística foram utilizados os testes Qui- quadrado, Kaplan- Meyer, regressão Cox e Cox- Mantel. Não houve relação estatisticamente significativa isolada de nenhum marcador com o prognóstico, apenas o C-erb-B2 mostrou uma tendência de associação entre sua expressão e melhor prognóstico (p= 0,09). Não houve em nosso estudo nenhuma associação significativa entre a expressão dos marcadores estudados, porém observou-se uma tendência de relação inversa entre a expressão de vimentina e ER (p=0,05). Observamos ainda, embora não tenha sido estatisticamente significativa, uma tendência de associação da expressão do p53 corri pior prognóstico, o que está em concordância com as conclusões observadas por outros autores

Abstract: The current work is a retrospective study, having as a goal to evaluate some immuno-histochemical markers' expression- ER, CEA, vimentin, p53, cerbB-2 and bcl-2 - in mammary carcinoma cases regarding the clinical follow-up observed in patients forming the studied group, aiming to establish the prognostic value of each one of these markers, as well as a possible connection between their expressions. 40 mammary carcinoma cases were studied, in which a review of the histopathologic diagnosis was made followed by the immuno-histochemical study, classifying the reactions according to the percentage of positive cells. For statistical analysis the Chi- square test, Kaplan- Meyer, Cox regression and Cox- Mantel were used. No statistical association was observed between immuno-histochemical markers and prognosis.Only the C-erb-b2 marker showed tendency to associate its positiveness to better prognosis (p= 0,09). There was no meaningful connection between the studied markers' expression in our study, however it was noticed an inverse correlation tendency between the expression of vimentin and ER (p=0,05). We have also observed, though it was not statistically meaningful, a trend for connection between p53 's expression and worse prognosis, what is according to the findings of other authors
Subject: Cancer
Patologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Salome_LucianaGusmaodeAndradeLima_M.pdf13.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.