Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310111
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Detecção e análise dos padrões genotípicos de cepas do Helicobacter pylori em amostras de tecido gástrico obtidas de pacientes com adenocarcinoma gástrico distal do tipo intestinal nos estágios precoce e avançado
Title Alternative: Detection and analysis of of different genotypes of Helicobacter pylori strains obtained from patients with early and advanced distal type intestinal gastric adenocarcinoma
Author: Roesler, Bruna Maria
Advisor: Zeitune, José Murilo Robilotta, 1943-2015
Abstract: Resumo: O entendimento acerca da carcinogênese gástrica, que é um processo multifatorial, avançou consideravelmente nas últimas décadas, especialmente no que diz respeito ao papel do Helicobacter pylori no desenvolvimento das lesões pré-cancerosas e na neoplasia propriamente dita, tanto em seu estágio precoce quanto avançado. O H. pylori é uma bactéria gram-negativa, classificada como carcinógeno tipo I pela IARC e que possui um alto grau de diversidade genética, assim como importantes fatores de virulência, o que pode ser verificado através das diferentes cepas encontradas nas doenças do trato gastrointestinal. A determinação, portanto, das cepas mais virulentas, responsáveis, pelo menos teoricamente, pelo desenvolvimento das doenças gástricas mais graves, é de vital importância tanto para estudos epidemiológicos quanto para a determinação de quais são os pacientes com maior probabilidade de desenvolvimento do câncer gástrico, que permanece como um grave problema de saúde pública. No presente estudo foram comparadas cepas da bactéria prevalentes em amostras de tecido gástrico provenientes de pacientes com diagnóstico de adenocarcinoma gástrico distal do tipo intestinal precoce e avançado através do uso de técnicas de biologia molecular para avaliar diferentes regiões genômicas da bactéria: genes ureaseC, vacA (regiões s e m), cagA, cagT e dupA (regiões jhp0917 e jhp0918). Os resultados obtidos foram semelhantes tanto para os casos precoces quanto avançados da doença, porém, uma relação estatisticamente significativa foi encontrada entre o gene cagA e o adenocarcinoma avançado. Em geral, as cepas foram classificadas como vacA s1m1, cagA positivas, cagT positivas e dupA negativas, concluindo-se que cepas com o genótipo vacA s1m1 cagA positivo e cagT positivas podem ser consideradas mais virulentas. Além disso, conclui-se que o gene dupA, apesar de pouco presente nas amostras de câncer gástrico estudadas, não pode ser considerado um marcador exclusivo da úlcera duodenal, como descrito inicialmente

Abstract: The understanding of gastric carcinogenesis, that is a multifactorial process, has advanced considerably in recent decades, especially with regard to the role of Helicobacter pylori in the development of precancerous lesions and cancer, both in its early or advanced stage. H. pylori is a gram-negative bacteria, classified as a group I carcinogen by the IARC and it has a high degree of genetic diversity, as well as important virulence factors, which can be verified through the different strains present in gastrointestinal diseases. Therefore, determination of the most virulent strains, responsible, at least theoretically, for the development of the most severe diseases, as gastric adenocarcinoma, is of fundamental importance for epidemiological studies and for determination of the patients with high probability for development of the disease, which remains as a serious public health problem. In the present study they were compared strains of the bacteria prevalent in early and advanced gastric distal type intestinal adenocarcinoma through molecular biology techniques to evaluate different regions of bacterium genoma: urease C, vacA (regions s and m), cagA, cagT and dupA (jhp0917 and jhp0918 regions) genes. The results were similar for both early and advanced cases of the disease, however, a statistically significant relationship was found between the cagA gene and advanced adenocarcinoma. In general, the strains were classified as vacA s1m1, cagA positive, cagT positive and dupA negative, conducting that strains with the genotype vacA s1m1, cagA positive and cagT positive may be considered more virulent. Moreover, it is concluded that the dupA gene, although found in a little proportion of the gastric cancer H. pylori strains, can not be considered an exclusive marker for duodenal ulcer, as described earlier
Subject: Helicobacter pylori
Carcinogênese
Fatores de virulência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ROESLER, Bruna Maria. Detecção e análise dos padrões genotípicos de cepas do Helicobacter pylori em amostras de tecido gástrico obtidas de pacientes com adenocarcinoma gástrico distal do tipo intestinal nos estágios precoce e avançado. 2011. 244 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310111>. Acesso em: 18 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Roesler_BrunaMaria_D.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.