Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310089
Type: TESE
Title: Estudo de validação do aparelho automático para medida de pressão arterial dixtal DX 2020 em unidade de terapia intensiva adulto = Validation study of automatic apparatus for measuring blood pressure dixtal DX 2020 in adult intensive care unit
Title Alternative: Validation study of automatic apparatus for measuring blood pressure dixtal DX 2020 in adult intensive care unit
Author: Gothardo, Ana Carolina Lopes Ottoni, 1979-
Advisor: Lamas, Jose Luiz Tatagiba, 1959-
Lamas, José Luiz Taragiba
Abstract: Resumo: A medição da pressão arterial em setores de emergência e cuidados intensivos é um procedimento utilizado para avaliar com rapidez a condição do paciente e direcionar a conduta terapêutica. Devido aos cuidados peculiares existentes na Unidade de Terapia Intensiva, a monitorização hemodinâmica desses pacientes é realizada por monitores automáticos multiparamétricos o que torna esse procedimento mais fácil e rápido. Esse tipo de monitorização consiste no controle de parâmetros como eletrocardiograma, pressão arterial (direta ou indireta), saturação de oxigênio, frequência cardíaca, temperatura, frequência respiratória, capnografia e débito cardíaco. Para garantir a precisão e o desempenho desses aparelhos automáticos, estes devem passar por testes rigorosos a fim de validá-los para seu uso clinico. Assim torna-se necessário aferir sua confiabilidade usando protocolos adequados, reconhecidos por sociedades cientificas. Este estudo tem como objetivo avaliar a confiabilidade do monitor multiparamétrico Dixtal® DX 2020 na medida da pressão arterial em adultos de acordo com o Protocolo Internacional, proposto pela European Society of Hypertension (ESH). Para o desenvolvimento desse estudo foram realizadas medidas de pressão arterial em 33 sujeitos, com uso do esfigmomanômetro de coluna de mercúrio, da marca Unitec e o aparelho automático Dixtal® DX 2020 com número de série 81303876. Nove medidas sequenciais foram realizadas no braço, alternando entre o esfigmomanômetro de mercúrio e o automático em teste, conforme Protocolo Internacional, além da obtenção do eletrocardiograma. O protocolo estabelece a necessidade de atender duas exigências. Na primeira exigência o aparelho foi reprovado na PAS em todas as faixas. Das 99 diferenças obtidas, apenas 43 se situaram na faixa de 0 a 5 mmHg (de 73 exigidas), 69 medidas na faixa de 0 a 10 mmHg (de 87 exigidas) e 81 entre 0 e 15 mmHg (de 96 exigidas). Na PAD também foi reprovado em todas as faixas, obtendo 29 diferenças entre 0 e 5 mmHg, 56 entre 0 e 10 mmHg e 71 entre 0 e 15 mmHg, sendo exigidas 65, 81 e 93, respectivamente. Na segunda exigência pelo menos 24 sujeitos deveriam ter duas de suas três comparações na faixa de 0 a 5 mmHg, o que aconteceu somente com 16 sujeitos na sistólica e 9 na diastólica. Além disso, no máximo três poderiam ter todas suas comparações acima de 5 mmHg e isso aconteceu com 10 sujeitos na sistólica e 17 na diastólica. O aparelho não atendeu os critérios estabelecidos para a pressão sistólica (PAS) e pressão diastólica (PAD) em nenhuma das duas exigências, não sendo recomendado para o uso clínico de acordo com este protocolo. Cuidados com a validação dos aparelhos deveriam ocorrer com maior frequência no sentido de garantir às pessoas em cuidados intensivos valores fidedignos. É importante ressaltar que este estudo refere-se especificamente ao módulo de verificação da PA do monitor em estudo, não sendo possível tirar a mesma conclusão para suas outras funções

Abstract: The measurement of blood pressure in emergency departments and intensive care is a procedure used to quickly assess the patient's condition and direct the therapeutic approach. Due to the peculiar care existing in the intensive care unit, hemodynamic monitoring of patients is performed by automated multiparameter monitors which makes this procedure easier and faster. This type of monitoring controls parameters such as electrocardiogram, blood pressure (direct or indirect), oxygen saturation, heart rate, temperature, respiratory rate, capnography and cardiac output. To ensure accuracy and performance of these automated devices, they must undergo rigorous testing to validate them for clinical use. So it becomes necessary to assess its reliability using appropriate protocols, recognized by scientific societies. This study aims to evaluate the reliability of the multiparameter monitor Dixtal® DX 2020 on blood pressure determination in adults according to the International Protocol, proposed by the European Society of Hypertension (ESH). For the development of this study blood pressure was measured in 33 subjects, using a Unitec® mercury sphygmomanometer, and the automatic drive Dixtal® DX 2020, serial number 81303876. Nine sequential measurements were performed in the arm, alternating between the mercury sphygmomanometer and the automatic unit in test, as determined by the International Protocol, and the electrocardiogram. The protocol establishes the need to meet two requirements. In the first requirement, the device failed SBP measurements in all ranges. Among the 99 obtained differences, only 43 were located in the range 0-5 mm Hg (73 required), 69 in the range 0-10 mm Hg (87 required) and 81 between 0 and 15 mmHg (96 required). Regarding DBP, the device also failed in all ranges, obtaining 29 differences between 0 and 5 mmHg, 56 from 0 to 10 and 71 between 0 and 15 mmHg( 65, 81 and 93 required respectively). To pass in the second requirement at least 24 subjects should have two of their three comparisons in the range 0-5 mmHg, which happened with only 16 subjects in systolic and 9 in diastolic. Furthermore, at most three could have all their comparisons over 5 mmHg and this happened to 10 subjects in the systolic and 17 diastolic. The unit did not meet the criteria for systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) in any of the two requirements and it is not recommended for clinical use in accordance with this protocol. Importantly, this study specifically refers to the BP scanning module of the monitor in study, it is not possible to draw the same conclusion for its other functions
Subject: Estudos de validação
Monitores de pressão arterial
Pressão arterial
Enfermagem
Unidades de terapia intensiva
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gothardo_AnaCarolinaLopesOttoni_M.pdf3.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.