Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310070
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A ocorrência de sintomas osteomusculares em coletores de lixo e varredores de rua de um município da região metropolitana de Campinas
Title Alternative: The occurrence of musculoskeletal symptoms in garbage collectors and street sweepers in a city of metropolitan region of Campinas
Author: Nava, Vinicius Sigrist, 1980-
Advisor: Oliveira, José Inácio de, 1951-
Abstract: Resumo: O lixo é uma produção diária e crescente na população mundial. Em diversos países, a coleta do lixo ocorre de maneiras diversificadas. No Brasil, a coleta do lixo é feita pelos coletores de lixo, que passam de casa em casa acompanhados do caminhão, recolhendo o que nos é imprestável. Já nas ruas, avenidas e praças, o lixo é retirado do chão pelos varredores de rua. Nas duas profissões supracitadas há um fator comum, a insalubridade. Não somente devido ao contato direto com o lixo e com todos os seus microorganismos, fontes de doenças, mas as sobrecargas musculares, articulares e ósseas de tais profissões têm grande peso sobre esses trabalhadores, que também estão expostos a alterações de temperaturas e outros riscos de se trabalhar na rua. Além disso, destaca-se o descaso da sociedade para com esses indivíduos, percebido no mau acondicionamento do lixo e pelo desinteresse sobre a saúde deles, evidenciado na extrema escassez de pesquisas sobre o tema. Devido à grande importância dos coletores e dos varredores em nossa sociedade e devido às pesquisas inversamente proporcionais, surge a necessidade de investigar a saúde desses "trabalhadores do lixo". A presente pesquisa teve como objetivo a avaliação dos coletores de lixo e dos varredores de rua de um município da RMC para saber se têm queixas osteomusculares e se essas queixas têm relação com variáveis como: tipo de profissão, índice de massa corporal (IMC), idade, tempo de profissão, nível de escolaridade e tabagismo. Para isso, esses trabalhadores foram submetidos a dois instrumentos de coleta de dados: o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e um questionário sócio-demográfico-laboral. Após coletadas as informações, a análise descritiva dos dados demonstrou que 56% dos coletores relataram sentir dores musculoesqueléticas nos últimos 12 meses e a mesma proporção disseram sentir esses sintomas nos últimos 7 dias. Os varredores, quanto às queixas osteomusculares, disseram apresentar os sintomas nos últimos 12 meses e nos últimos 7 dias em diferentes proporções: 33% e 29%, respectivamente

Abstract: The garbage is a daily and growing production on world population. In several countries, the garbage collection occurs in diverse ways. In Brazil, the garbage collection is done by the garbage collectors, who go from house to house accompanied by the truck, picking up what is worthless for us. In the streets, avenues and squares, trash is removed from the ground by street sweepers. In both professions there is a common factor, the unhealthiness. Not only because of the direct contact with the trash and all its microorganisms, sources of disease, but the physical aspect of these works have a greater impact on these workers, who are exposed to temperature changes and other risks of working on the street. In addition, there is the indifference of society towards those individuals noticed by the poor packaging waste and the lack of interest about their health, noticed in the little amount of research about such professionals. Because the importance of garbage collectors and street sweepers in our society and because of the researches are inversely proportional, there is a need to investigate the health of these "garbage workers". This study aims to evaluate if the garbage collectors and street sweepers in a municipality of Campinas Metropolitan Region have musculoskeletal complaints and if these complaints are related to variables like: type of occupation, body mass index (BMI), age, time of profession, education level and smoking. For this reason, these workers will be subjected to two data collection instruments: the Nordic Questionnaire of Musculoskeletal Symptoms and a socio-demographic and employment questionnaire. After gathering information, a descriptive analysis of data showed that 56% of respondents reported musculoskeletal pains in the last 12 months and the same proportion said they felt these symptoms in the last 7 days. The street sweepers, about musculoskeletal complaints, had symptoms in the last 12 months and in the last 7 days in different proportions: 33% and 29%, respectively
Subject: Lixeiros
Saúde do trabalhador
Transtornos traumáticos cumulativos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Nava_ViniciusSigrist_M.pdf2.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.