Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310065
Type: TESE
Title: Avaliação dos resultados obtidos através dos tratamentos fisioterápicos convencional e isostretching em 60 pacientes com síndrome do impacto na articulação do ombro
Title Alternative: Evaluation of results obtained through conventional physiotherapy and isostretching treatments in 60 patients with impingement syndrome in the shoulder joint
Author: Peres, Claudia Maria 1966-
Advisor: Oliveira, José Inácio de, 1951-
Abstract: Resumo: A Síndrome do Impacto (SI) e a doença ocupacional possuem necessidades de diagnóstico e de tratamento onde a reabilitação possui papel importante no controle da dor e no retorno às atividades laborais e de recreação. No presente estudo buscaram-se investigar quais foram às alterações existentes em indivíduos que apresentavam SI: qual o domínio da Qualidade de Vida (QV) estava alterado, qual a incapacidade, os sintomas e a Amplitude de Movimento (ADM) dos membros superiores (MMSS) e quais as diferenças entre os tratamentos fisioterápicos convencional e "Isostreching". Após as análises estatísticas, verificou-se que 50% dos voluntários estudados eram do gênero masculino nos dois grupos e que o ombro dominante era o direito. A SI foi referida bilateralmente em 56,67% dos indivíduos do Grupo I e em 46,66% do Grupo II somente no ombro direito. Quanto à aderência aos tratamentos foi alta nos 2 grupos. Após os tratamentos, os resultados mostraram que em relação aos 8 domínios da QV, obteve-se melhora na Capacidade funcional, Vitalidade, Aspectos Sociais e Saúde Mental, sendo o Grupo I apresentou melhores resultados. Quanto aos domínios: Estado Geral de Saúde e Aspecto Emocional obteve-se pouca melhora nos dois grupos. A melhora do domínio Dor destacou-se no Grupo I em relação ao tratamento convencional do Grupo II. O Questionário de Incapacidade do Braço, Ombro e Mão (DASH), auxiliou na análise dos resultados dos sintomas e da incapacidade nos indivíduos com SI. As respostas deste questionário mostraram que os sintomas e a incapacidade obtiveram melhores resultados com o Grupo I em relação ao Grupo II. Quanto à Goniometria, não houve diferença estatística no ganho da ADM entre os 2 grupos, mas houve ganho percentual importante com os dois tratamentos, onde o ombro direito obteve ganho maior do que o lado esquerdo mesmo com a bilateralidade do lado acometido sendo alta no Grupo I. Conclusão: de acordo com os resultados obtidos nesta pesquisa, que mostrou melhora na reabilitação dos pacientes com SI do ombro por meio do tratamento de "Isostreching", a utilização desta técnica pareceu por suas aplicações sinérgicas e lógicas ser mais uma ferramenta importante para o arsenal terapêutico desta síndrome dolorosa

Abstract: Impact Syndrome (IS) and occupational diseases have diagnosis and treatment needs where rehabilitation has an important role for pain management and return to work and to normal physical activities. With this study sought to identify changes in people suffering IS: what domain of Quality of Life (QOL) was altered, which disabilities, symptoms and Range of Motion (ROM) of the upper limbs and, also, the differences between conventional physiotherapy and "Isostreching". After statistical analysis, it was found that 50% of subjects studied were male in both groups and the dominant shoulder was right. The IS was reported bilaterally in 56.67% of patients in Group I and and only on the right shoulder in 46.66% of cases in Group II. Adherence to treatment was high in two groups. After treatments, the results showed that in relation to the 8 domains of QOL, obtained an improvement in Functional Capacity, Vitality, Social Functioning, and Mental Health, with best results in Group I. For the domains: General Health and Emotional Aspect obtained little improvement in both groups. The improved in the domain Pain stood out in Group I compared to Group II with conventional treatment. The Questionnaire Disability of the Arm, Shoulder and Hand (DASH), supported the analysis of the results of symptoms and disability in individuals with IS. The answers to this questionnaire indicated that symptoms and disability fared better in Group I than in Group II. As for goniometry, there was no statistical difference in the gain of ROM comparing the groups, but there were important percentage gain with both treatments, which had earned the right shoulder higher than the left one, even with the bilaterality of the affected side being high in Group I. Conclusion: according to the results obtained in this study, which showed improvement in the rehabilitation of patients with IS shoulder through treatment "Isostreching". The use of this technique seemed by their synergetic and logic applications to be more an important tool for the therapeutic armamentarium of this painful syndrome
Subject: Reabilitação
Extremidade superior
Tenossinovite
Incapacidade - Avaliação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Peres_ClaudiaMaria1966-_D.pdf2.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.