Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310060
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Os efeitos de um programa global de auto-alongamentos musculares na prevenção dos disturbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT)
Title Alternative: Effect of a global muscle-stretching program on the prevention of work-related musculoskeletal disorders
Author: Ferreira, Jefferson Aparecido
Advisor: Oliveira, José Inácio de, 1951-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa avaliou os efeitos de um programa global de alongamentos, baseado no concerto de cadeias musculares, na prevenção dos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) em trabalhadores de uma empresa de massas alimentícias. Foram utilizados dois grupos nesta pesquisa: o grupo experimental que contou com um número inicial de 22 voluntários e um grupo controle, com 12 voluntários de uma outra empresa do mesmo setor, com processo de produção similar. Todos os trabalhadores voluntários eram do setor de empacotamento das empresas participantes, pois esse setor da empresa, na qual foi realizado o grupo experimental, foi descrito por uma pesquisa ergonômica realizada anteriormente por alunos da politécnica da USP como o de maior risco de desenvolvimento de DORT. A aplicação do programa de exercícios proposto durou seis meses. Nesse período foram realizadas, no grupo controle e no experimental, uma avaliação inicial e outra final para as seguintes variáveis: avaliação postural, teste de flexibilidade, número de áreas corporais com dor referida e testes indicadores de tendinites. As avaliações foram feitas por uma fisioterapeuta contratada, externa ao projeto, para minimizar os riscos de viéses. Os dados das variáveis acima citadas foram analisados utilizando-se os testes de McNemar e Wilcoxon com nível de significância de p<0,05 e os grupos controle e experimental foram comparados utilizando-se o teste de Fisher, também com nível de significância de p< 0,05. Resultados: houve uma redução significativa do número de áreas corporais com dor referida para o grupo experimental e aumento no grupo controle; os testes indicadores de tendinites também sofreram uma redução significativa no grupo experimental e também para uma parcela menor de variáveis no grupo controle. Quanto à postura corporal, embora algumas mudanças percentuais tenham sido observadas no grupo controle e no experimental, essas não foram significativas, de acordo com os testes estatísticos utilizados. Não houve mudanças para a variável flexibilidade em nenhum dos dois grupos avaliados. Apesar de ter ocorrido uma perda significativa do número de voluntários do grupo controle durante o período avaliado e ter-se um grupo experimental considerado pequeno, o que reduz o poder dos testes estatísticos empregados, esta pesquisa encontrou indicativos de eficácia no programa de alongamento global utilizando conceito de cadeias musculares na prevenção dos DORT. Sugere-se que novos estudos sejam realizados com um número maior de voluntários, para confirmação ou não dos resultados encontrados

Abstract: Effect of a global muscle-stretching program on the prevention of Work-Related Musculoskeletal Disorders. This research analyses the effect of a global muscle-stretching program on the prevention of Work-Related Musculoskeletal Disorders in a group of workers in a food factory that produces pasta. Twenty-two workers of both genders (the experimental group) in the packing section of the plant were evaluated and compared to a second group of employees (the control group) with the same task at another pasta factory that has a similar industrial process. Four individual parameters were analyzed: body posture, flexibility, number of body areas with reported pain and indicative tests for tendinitis. Six months after the onset of the program there was a reduction in the size of the control group that greatly hindered the statistical analysis. This study found no significant changes in body posture and flexibility on workers in the experimental group, but there was a significant difference in the indicative tests for tendinitis, using MacNemar and Wilcoxon tests (p<0,05), and differences in the frequency of the number of body areas with reported pain. These results indicate a positive effect of this global muscle-stretching program on the prevention of Work-Related Musculoskeletal Disorders and here remains a suggestion for a sequel of this study with a larger sample to confirm these results
Subject: Transtornos traumáticos cumulativos
Modalidades de fisioterapia
Saúde e trabalho
Exercícios físicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_JeffersonAparecido_M.pdf20.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.