Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310007
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeitos da etnicidade sobre a distribuição de polimorfismos geneticos e haplotipos do fator de crescimento endotelial vascular
Title Alternative: Effects of ethnicity on the distribution of genetic polymorphisms and haplotypes in vascular endothelial growth factor
Author: Muniz, Jaqueline Joice, 1985-
Advisor: Santos, José Eduardo Tanus dos
Abstract: Resumo: O Fator de Crescimento Endotelial Vascular (VEGF, ou também conhecido como VEGF-A), é uma glicoproteína homodimérica de 45KDa que é produzida principalmente em células endoteliais em condições de hipóxia. VEGF leva a proliferação, migração e sobrevivência de células endoteliais; desenvolve um papel importante na regulação da permeabilidade vascular e angiogênese, tanto fisiológica como fisiopatológica, além de outras atividades biológicas, como vasodilatação, vasculogênese e homeostase vascular. Enquanto muitos SNPs (polimorfismos de base única) estão presentes no gene do VEGF, três SNPs clinicamente significantes localizados na região promotora do gene (C-2578A, G-1154A e G-634C) têm sido associados a várias doenças cardiovasculares. Porém associações inconsistentes entre esses polimorfismos e doenças cardiovasculares têm sido encontradas. Essas diferenças podem ser uma conseqüência da diversidade étnica, que leva a uma distribuição desproporcional dos variantes do gene do VEGF entre grupos étnicos. Embora alguns estudos sugiram que haja uma diferença na distribuição destes SNPs, nenhum estudo prévio analisou esta hipótese em populações miscigenadas. Nós analisamos a distribuição destes três SNPs em 175 brancos e 185 negros brasileiros, avaliamos também a distribuição haplotípica e a associação entre as variantes desses SNPs. O alelo C-2578 e o alelo G-1154 foram mais comuns em indivíduos negros do que brancos (71% e 61%, respectivamente), enquanto para o SNP G-634C não houve diferença quanto a frequência alélica e genotípica entre os dois grupos étnicos. O haplótipo contendo os alelos C-2578/G-1154/G-634 foi o mais comum em ambos grupos étnicos e também o mais freqüente em negros comparados a brancos. O haplótipo contendo os alelos C-2578/A-1154/C-634 e o haplótipo contendo os alelos C-2578/A-1154/G-634 foram mais frequentes em indivíduos brancos do que em negros. Estes resultados mostraram diferenças na distribuição de variantes genéticas e haplótipos do gene do VEGF relevantes clinicamente quando brancos e negros são comparados. Estas diferenças podem explicar, no mínimo em parte, os resultados inconsistentes em estudos de associação desses SNPs com doenças cardiovasculares e, as diferenças interétnicas na suscetibilidade a doenças cardiovasculares

Abstract: Vascular Endothelial Growth Factor (VEGF, or also known as VEGF-A) is a homodimeric glycoprotein of 45kDa produced mostly in endothelial cells in hypoxic conditions. VEGF leads to proliferation, migration and survival of endothelial cells, plays an important role in regulating vascular permeability and angiogenesis, both physiological and pathophysiological and other biological characteristics such as vasodilation, vasculogenesis and vascular homeostasis. While many Single Nucleotides Polimporphisms (SNPs) are present in the VEGF gene, three clinically significant SNPs in the promoter region of the gene (C-2578A, G-1154A and G-634C) have been associated with cardiovascular diseases, however inconsistent associations have been found between these polymorphisms and cardiovascular diseases. These differences may be a consequence of ethnic diversity, which leads to a distinct distribution of VEGF gene variants between ethnic groups. Although some studies suggest difference in the distribution of these SNPs, no previous study has examined this hypothesis in admixed populations. We examined the distribution of these three SNPs in 175 white and 185 black Brazilian subjects, we have also evaluated haplotype distribution and the association between variants of these SNPs. The C-2578 and G-1154 alleles were more frequent in black subjects than in white (71% and 61% respectively), while for the G-634C SNP no differences in allele and genotype frequencies were found between the two ethnic groups. The haplotype containing the alleles C-2578/G-1154/ G-634 was the most common in both ethnic groups and was more common in blacks compared to whites. The haplotype containing the alleles C-2578/A-1154/C-634 and the haplotype containing the alleles C-2578/A-1154/G-634 were more frequent in whites compared to blacks. These results showed differences in the distribution of clinically relevant genetic variants and haplotypes of VEGF gene when whites and blacks are compared. These differences may explain, at least in part, the inconsistent results in studies of association of these SNPs with cardiovascular disease, and ethnic disparities in susceptibility to cardiovascular disease
Subject: VEGF
Haplótipos
Grupos étnicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MUNIZ, Jaqueline Joice. Efeitos da etnicidade sobre a distribuição de polimorfismos geneticos e haplotipos do fator de crescimento endotelial vascular. 2009. 54f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310007>. Acesso em: 14 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Muniz_JaquelineJoice_M.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.